Início » Legislação » Apple critica proposta da Europa de padronizar carregadores de celular

Apple critica proposta da Europa de padronizar carregadores de celular

União Europeia quer regulamentação para padrão único de porta para carregadores, mas Apple é contra

Emerson Alecrim Por

Os esforços da União Europeia para regulamentar um padrão único de conector para recarga de celulares, tablets e afins estão encontrando oposição: a Apple, que já havia se manifestado contra essa padronização, voltou a atacar a ideia. Para a companhia, a proposta limita a capacidade de inovação no setor.

USB-C (imagem: Pixabay)

Esse posicionamento tem uma só explicação: o conector Lightning. Enquanto a indústria como um todo migra do micro-USB para o USB-C, a Apple equipa iPhones e iPads com o seu próprio padrão de conexão. Até os fones de ouvido Beats Solo Pro já contam com porta Lightning (a Beats pertence à Apple desde 2014, vale relembrar).

Se a padronização entrar em vigor, a Apple vai ser obrigada a deixar o Lightning de lado e a adotar o mesmo tipo de conexão usado pelos demais fabricantes, pelo menos nos produtos comercializados na Europa.

Para a União Europeia, a padronização deve facilitar a interoperabilidade entre dispositivos de diferentes marcas. Você poderá, por exemplo, aproveitar o carregador de um celular antigo caso perca o atual (coisa que muita gente já faz). Com efeito, esse tipo de comportamento pode reduzir o lixo eletrônico: estima-se que mais de 51 mil toneladas de carregadores vão para o lixo anualmente.

Mas, para a turma de Cupertino, esses benefícios são questionáveis. Um estudo da Copenhagen Economics encomendado pela Apple indica que a regulamentação para um padrão único de conexão gerará custos para os consumidores na ordem de € 1,5 bilhão.

Cabo USB-C para Lightning

Isso porque o Lightning já é bem disseminado: "mais de um bilhão de dispositivos Apple já foram produzidos com conector Lightning, além de um ecossistema inteiro de fabricantes de acessórios que usam o conector", explica a companhia.

Na mesma nota, a Apple argumenta que uma regulamentação específica para isso não é necessária porque a indústria já está adotando o conector USB-C e lembra que isso vale inclusive para os seus produtos — a Apple vende cabos USB-C para Lightning.

A empresa defende essa abordagem dizendo que ela "é mais acessível e conveniente para os consumidores, pois permite cobrir uma ampla gama de produtos eletrônicos portáteis, incentiva os usuários a reutilizarem o carregador e dá abertura para a inovação".

"Esperamos que a Comissão Europeia continue buscando uma solução que não limite a capacidade da indústria de inovar e trazer novas tecnologias interessantes para os clientes", finaliza a Apple.

Com informações: Reuters.

Comentários da Comunidade

23 usuários participando

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Leandro Alves

Autoritarismo moderno vai acabar com a Europa. Podem anotar hehehe.

Higo Ferreira

Coitada da Apple. Se isso for aprovado, como ela vai vender seus carregadores e cabos exclusivos a preço de diamante?

Lucas Santos

“Inovação” ainda usando o lightning padrão, que é mais lento que o tipo C. De qualquer forma a Apple vai tirar qualquer entrada de cabos daqui poucas versões pra vender o carregamento wireless…

Kira

Só estão esquecendo que nem todos carregadores / baterias usam a mesma amperagem…

Eu como técnica, vejo muitos problemas relacionado a bateria por conta disso! usar outros carregadores afeta o ciclo da bateria, como tbm carregadores de má qualidade… padrozinar seria um erro, a não ser q todas baterias e carregadores fossem iguais, coisa q é impossível de acontecer.

Agora, o título correto seria, padronizar apenas o cabo / conector, mas de qualquer modo, como disse, isso não é saudável para a vida útil da bateria, como do aparelho, pois cada modelo pode ter CI de voltagem diferente de outros modelos.

Maaaas como não pensam na vida útil dos aparelhos isso geraria mais lixo eletrônico… nada pra nada --’ zzZ

OM M

Padronizar o tipo de conectores, e vc poderia usar o mesmo cabo de diferente fabricantes no seu carregador que tem a amperagem correta para o seu equipamento.

E hoje em dia se carrega muito através do USB do computador, que tem amperagem geralmente menor que a maioria dos carregadores de celular/tablet.

Kira

O maior dos problemas seria usar carregador de maior amperagem em aparelhos que não foram projetados para isso.

Em questão menor afeta tbm pois a bateria fica descalibrada… mas nao afeta o circuito. Mas quem nunca? se não gerar defeitos não há assistência, como tbm atrapalharia na venda de novos. c:

Nota, q para recalibrar a bateria é só voltar a usar o carregador original… oq afeta é o uso contínuo.

Luis Cesar

Essa comissão deveria se empenhar em acabar de vez com o micro USB, isso sim. O pessoal foca em smartphones mas a quantidade de cabos micro usb que surgem no mercado em outros tipos de gadgets, é absurda.

Ficariam apenas dois padrões no mercado, não vejo problema. Eu ainda uso cabo lightning do meu iPad comprado em 2014. Além disso, essa birra com o lightning é meio sem lógica. Fisicamente, não vejo problema algum nele.

O argumento de que cabo e carregador de aparelhos anteriores poderiam ser usados, pra reduzir lixo eletrônico, não se sustenta. No outro post eu havia comentado que o USB-C ainda está bagunçado, são inúmeras especificações. As empresas que fabricam aparelhos Android, nessa corridinha por números, mudam toda hora suas specs. O usuário que agora carrega seu aparelho em 45W vai se limitar aos 15W do cabo antigo? Uhum, senta lá.

 • 令和 • Ward'z de Souza 🇯🇵🎌🦊🔥 - Risonho e Límpido

Por que a Europa não se preocupa em padronizar a poop do pino de tomadas?

bcayres

Mas a Europa tem um padrão… Se os imóveis não atualizam, fazer o quê?

Lucas Santos

O erro tá no título da matéria. O assunto se trata dos cabos, não do carregador.

Victor Serrão

A padronização te ajuda no máximo como quebra-galho. Migrei de um Motorola com MicroUSB para USB-C e pra usar o carregador antigo e ficar com um em casa e um na empresa precisei comprar na própria Motorola um cabo novo. Nenhum outro cabo permitia que o carregador antigo fizesse carregamento rápido.

Rafael César Neves

Nesse caso era só comprar um cabo usb-c que comporte o carregamento rápido, se não me engano eles devem suportar 3 amperes… Esses normalmente são mais grossos… Eu comprei um cabo desse e não tenho nenhum problema com carregamento rápido no meu motorola…

Rafael César Neves

A Apple não adora adaptadores? Manda na caixa um adaptador usb-c para lightning, e quem quiser utilizar o carregador antigo não vai ter problema nenhum…

Sérgio

Eles não aprenderam com as 2 guerras que dizimaram o continente. Tão caçando sarna pra se coçar mais um pouco. Pelo menos a Inglaterra é esperta e pulou fora do barco antes que ele afunde de vez.

Sérgio

Os boatos sinalizam que a Apple vai abandonar o Lightning e vai pro USB-C. E carregamento wireless só quando a Apple conseguir criar um padrão melhor ou abocanhar alguma startup que crie algum produto nesse sentido. O padrão Qi ainda é limitadíssimo, ainda mais em tempos de baterias de 4.000mah ou mais e que precisam ser carregadas em pequenos intervalos de tempo.

Lucca

Isto não acontece em parte de propósito, para que os clientes comprem as peças originais?

Juliano Machado Olivetti

A Apple já devia ter migrado a linha toda para Micro USB…mas entra justamente na questão de talvez pagar licença ao padrão, e mais a comercialização de acessórios que ficaria mais aberta, e por consequência menos lucrativa a empresa. O padrão lightning também é mais frágil, fica com os contatos expostos ao desgaste, e os cabos costumam dar mais problemas…Vamos ver o que acontece.

Douglas Knevitz

São contra monopólio, mas estão impondo um :thinking:. Vai entender esse povo, hipocrisia nas alturas.

Esse discurso de reduzir lixo é uma piada. São bilhões de dispositivos cm iOS alimentados por lightning, uma troca pra USB-C significaria que toda a base viria a migrar pra outro padrão e consumir mais cabos novos (geralmente cada usuário tem uns 3 cabos) gerando mais lixo, já que não poderia mais usar sua coleção de lightning ( incluindo cabos, acessórios …).

Fabio Torelli Júnior

Se for aprovado isso ai a Apple vai sofrer hein, vai ter umas noites bem mal dormidas, hahaha não vão poder enfiar a faca no cabo e no carregador juntos.

Kira

Só que querem padronizar justamente para “reaproveitarem” carregadores antigos que temos em casa ou usarem qualquer um em qualquer lugar, com objetivo de reduzir lixo eletrônico, que no caso seria, carregadores e cabos…

Tirando o fato em afetar a vida útil como mencionei, porém pode servir como quebra galho em alguns casos… mas por outro lado não tem muita lógica, pois a Apple já apontou uma solução usando USB-C em um ponta e na outra a sua própria conexão.

Mas por outro, reduziria a vida útil da bateria e do aparelho, como aponta a propria Apple, relatando que afetaria no desenvolvimento de sua tecnologia… (trazendo dores de cabeça)
pois a bateria fica totalmente descalibrada oq causa um descarregamento mais rápido ou até mesmo o inchaço delas.

Isso acontece com a gente tbm, como por exemplo, se não tivermos uma alimentação regulada o nosso sistema fica desregulado causando varios problemas para saúde, como imunidade baixa…

Então resumindo, teríamos outros tipos de lixo eletrônico, e na minha opinião, não ajuda em nada, pelo menos no momento.

A solução seria uma conexão wireless para carregamento e transferência de dados… que ainda é uma tecnologia em desenvolvimento, pelo menos em parte, como carregamento rápido.

Na verdade isso virou uma bagunça, hoje temos USB-A padrão em varias portas… USB-C ainda está se expandindo… principalmente em computadores e locais públicos, os carregadores e todas as portas devem migrar para USB-C e tudo está resolvido.

A porta do dispositivo eu acho que é um direito da fabricante escolher qual é a mais apropriada para a mesma, em resultado forçaria os usuários a adquirirem carregadores originais ou compatíveis.

Lugi lanzii

Imagina as empresas que produziam acessorios pro lighting vão ter que jogar fora.

Lugi lanzii

Ela ja faz isso na China.

Lugi lanzii

Tem dezenas de fabricantes que fazem carregadores e cabos até melhores que da apple, não sei pq o choro.

NENHUM

Não,os celulares tem internamente mecanismo para carregamento da bateria,que incluir limitação corrente,temperatura e tensão,não tem problema usar carregadores com maior capacidade de corrente e tensão um pouco diferente.Um carregador de 5A,ele pode fornecer qualquer corrente entre 0A e 5A,se celular seu for de 2A,não tem problema nenhuma,agora se você tiver um carregador de 1A,provavelmente ele vai esquentar,e devera aciona mecanismo controle,provavelmente reduzindo a tensão da saída,a não ser que for muito porcaria,ai vai explodir.Só que isso é dificil,praticamente pessoal utilizam circuito integrado pronto ,que já tem todas as proteções integradas.

Kira

Modelos turbo contam com esse mecanismo de 5A, tenta usar em aparelhos não compatíveis por tempo prolongado e você verá a consequência. Agora se você me disser que carregadores de qualidade limitam a sua taxa eu concordo, mas o CI de cada aparelho são diferentes, ou você acha q o carregamento turbo está interligado com processador atoa? o processador tem a sua função em regular a tensão, pois imagina ligar um carregador de 45W (já disponível modelos de 65W) diretamente sem um regulador de voltagem, na certa que ou explode ou pega fogo…

Outro ponto é o mesmo q fazer overclock, funcionar funciona, mas a vida útil vai pra casa do *aralho…

Kira

Aparelhos de última geração não apresentam tais problemas (a maioria), mas nem todo mundo troca de aparelho assim, e a referência é o lixo eletrônico, que deveria evitar descarte dos mesmos, então tem muitos poréns aí… afirmar tal coisa pode comprometer ou levar a mal entendimento para outras pessoas.

Na dúvida utilizem sempre, originais e compatíveis de boa qualidade!

Kira

é só você pegar esses carregadores paralelos e medir a tensão, ele sempre vai dar ao seu máximo, fica difícil saber qual é qual. Na teoria era pra ser assim mas, na prática não é… ja cansei de trocar vários componentes que integra esse circuito, o celular começa a medir a porcentagem errada, as vezes aparece carregando sem ter nada conectado e assim vai… tudo por conta em usar vários tipos de carregadores diferentes.

E se não fosse verdade a Samsung não teria se defendido de vários casos em que seus aparelhos teriam pegado fogo por conta de carregadores não originais, na época em que lançaram o carregamento turbo. Caso que aconteceu tbm com carregadores originais…

Agora quem acredita em conto de fadas fiquem a vontade, eu me encerro por aqui! abraço! :kissing_closed_eyes:

Eu

A Apple tá certa! Que cliente não gosta de ter de comprar os cabos ultra frágeis e carissimos deles?

Douglas Knevitz

Existem opções melhores de marcas diferentes, mais baratas e até mais caras, cada um escolhe a que melhor atende. Os cabos originais nem são tão frágeis assim, o que acontece é que a galera flexiona eles quando está usando.

Eu

eita… /s

Lugi lanzii

estranho que só acontece com os da apple né? até quem cuida direito os cabos arrebentam.

Rodolfo Cassorillo

Por um lado é excelente padronizar, como já temos o USB-A que é amplamente difundido, porém concordo com a Apple quando ela se opõe a isso, pois realmente como teremos um cabo com velocidades mais altas, mais segurança e uma infinidade de coisas se tivermos sempre que trabalhar em cima de um único padrão ? É uma questão a ser analisada com cautela, que pode trazer sim, muitos benefícios, mas também pode fazer com que paremos de ter inovações.

A

Não percebi o ponto da Apple. Padronizar carregadores é ótimo, e acontece o mesmo com tomadas. Imagina se cada aparelho tivesse um plug diferente num mesmo país ou região? Padronizar é até melhor mesmo no sentido de inovação, porque a Apple podia trabalhar com outras companhias para criar carregadores melhor, e beneficiar todxs xs consumidorxs. Mas não… Apple tem que ser exclusiva, mesmo com suas tecnologias ridículas (que não é só o carregador, vocês sabem) que atrapalham xs consumidorxs finais. E mesmo se os carregadores fossem padronizados e a Apple não quisesse trabalhar com outras companhias para criar um novo carregador, ela podia criar um novo tipo de cabo e apresentá-lo à UE, e beneficiar a toda a gente. Não vejo contras neste sentido, e não é como se fosse algo inédito, uma vez que muitas coisas são padronizadas, como plugs (como já mencionei) e até papel!

Tiago Freitas

Vai ter nego vendendo um RIM pra comprar.

Filipe Espósito

E vai padronizar com o que? A porcaria do Micro-USB que a Europa defende? Ou com a bagunça que é o USB-C até hoje? Eu não conheço ninguém além de uns entusiastas de tecnologia que querem outra mudança no carregador do iPhone agora. Se eu comento com algum amigo, eles já ficam “nossa, que ruim, mas será que vai ter que trocar tudo de novo mesmo?”. E até eu que gosto de tecnologia e tenho Mac com USB-C e tudo mais não quero uma mudança no carregador do iPhone agora. Eu facilmente tenho mais de 10 cabos Lightning aqui em casa, e seria um terror ter que trocar tudo isso. Sem contar os acessórios.

Eu não sei como isso vai reduzir lixo eletrônico. Vai é fazer muita gente ter que jogar seus atuais cabos e acessórios Lightning no lixo. Ou devo pendurar esse monte de cabos obsoletos aqui na parede de enfeite?

Parece até que a Europa não tem mais com o que se preocupar. Aliás, lembrem-se que o USB-C surgiu justamente após a criação do Lightning — que embora seja proprietário, incentivou a ideia de um cabo único, compacto e que você pode ligar de qualquer lado. Dar liberdade para as empresas é uma ótima forma de incentivar o surgimento de novas ideias. Não é papel do Estado determinar qual cabo a empresa vai usar nos aparelhos dela.

E se daqui algum tempo a Apple ou outra empresa chega com um padrão sem fio de verdade que é melhor e não pode apresentar isso porque a Europa cismou que todo celular tem que usar tal cabo? E se alguém inventar algo melhor que o USB-C no futuro?

Por fim, sobre a bagunça que é o USB-C, vale a pena dar uma olhada em matérias como essa: https://www.androidauthority.com/state-of-usb-c-870996/

É tão padronizado que, no começo, as pessoas estavam literalmente fritando notebooks porque achavam que cabo USB-C é tudo igual e, bem, não são: https://arstechnica.com/gadgets/2016/02/google-engineer-finds-usb-type-c-cable-thats-so-bad-it-fried-his-chromebook-pixel/

Pelo menos, Lightning é Lightning em qualquer cabo ou produto da Apple.

Breno

O problema n tá com o USB-C em si, aí entra outra questão q seria o método de carregamento rápido, por exemplo. Este problema poderia ocorrer muito bem no Lightning, só n ocorre pq só uma marca utiliza este conector e ela determina quais tecnologias utilizar do carregador até o smartphone, aí tá sussa, né?

É como criticar nosso plug de tomada, falar q n funciona direito pq o sistema de distribuição de energia é ruim.

Como cada empresa quer puxar as tecnologias/inovações pro seu lado, aí fica essa bagunça… e tá bem caótico mesmo, viu! Puts! Porém, só n acho justo culpar o USB-C por isto.

O que seria legal pro USB-C é ter umas normas, não necessariamente alguém obrigando em como fazer/quais tecnologias utilizar, mas sim, um guia explicando as melhores práticas pra geral seguir. Tipo as normas do ABNT, ninguém é obrigado a seguir, mas faz bem segui-las :slight_smile:


Em tempo, só pq defendi o USB-C n quer dizer q eu seja a favor da Europa em querer padronizar plugs com leis. Isto literalmente limita os avanços e não deveríamos ir pra este lado.

Filipe Espósito

Sim, exato. O USB-C precisa ser mais normatizado antes de tentarem enfiar em qualquer coisa. O problema é que criou-se essa ideia de “plug único” e aí todo mundo quer que esteja em qualquer lugar pra ontem, o que resulta nisso de cada um fazendo do seu jeito. E a única coisa em comum entre os cabos USB-C acaba sendo o plug.

Você está certo sobre o Lightning, mas eu já vejo como um ponto positivo. Só a Apple ter controle do Lightning faz com que ele seja padronizado facilmente. Que bom que é assim. Imagina só um monte de leigo indo comprar cabo para o iPhone e tendo que se preocupar com especificações. O USB-C também precisa de um controle antes de saírem colocando em tudo.

Que o USB-C evolua e se padronize de verdade, aí sim a coisa fica interessante. Mesmo assim, jamais isso deve se tornar obrigatório.

Breno

Entre um mercado todo zoado com o USB-C ou cada um no seu mundinho “Lightning”. Sinceramente, fico com o caos do USB-C.

Imagina cada fabricante com seu próprio “Lightning”? A gente já viveu isto e era um horror e olha que naquela época carregávamos o telefone 1x por semana e existia poucos periféricos. Aí vc resolve mudar de marca, perde todos os periféricos ou vai precisar de N adaptadores da marca D pra marca H… Nossa! Nem consigo imaginar o caos q seria! :joy:

Penso que o USB-C tá indo num caminho legal, comporta muita coisa, é versátil, não é proprietário e nem caro. Só falhou na falta de criar umas normas. Mas acho q nem é papel do USB-C isso e mais, se bobear eles nem previram que iria ocorrer tanto caos de tecnologias assim. Mas a industria deveria sentar e conversar, assim seria melhor pra todo mundo.

Higo Ferreira

Aliás, uma coisa que me incomoda até hoje (desde o USB-A) é a dificuldade de se achar um cabo decente (leia-se “que suporte uma boa corrente para carregar rápido usando meu carregador quick charge”). Toda vez que um cabo quebra sou obrigado a ficar desviando da invasão de cabos de baixa qualidade no mercado, que prometem velocidade de carregamento avassaladoras mas que não aguentam nem 2A…

NENHUM

Um carregador de 45W ele pode entregar até 45W,isso quer dizer que ele pode entregar 1W,5W,10W…45W.Imagina uma estrada com 5 cinco faixa,nela pode passar 5 carros ao mesmo tempo,assim como nenhum,1,2,3,4 carros.Um carregador é mais ou menos isso.O consumo será de acordo com celular,os celulares tem controles internos para carregar a bateria,isso tem até em celular baratos.

Douglas Knevitz

Uma curiosidade, vcs que usam Android usam carregadores dos amigos que são de outra marca?

Lugi lanzii

Assim se só tem um padrão vc não pode criar um padrão novo melhor.

A

Quê? Nada disso. Nada impediria umo novo padrão de carregador ser criado. O novo padrão apenas seria impedido enquanto não fosse aprovado. Veja o caso das tomadas e plugs no Brasil. Antes era um padrão, e hoje é outro. Nada impede haver um outro padrão de plug e tomada futuramente.

Lugi lanzii

Agora tem que pedir permissão pro Estado? Olha fiz um novo padrão por favor me deixa usar ele? pqp

A

Uh, sim? É exatamente isso? É algo super comum no mundo, inclusive no Brasil existe a ABNT que existe literalmente pra isso. Imagina se não tivesse um padrão para plugs e tomadas!

Essa bagunça que tem para tantos carregadores tem que acabar. Se eu não me engano já são 4 tipos diferentes os mais comuns, o que é um absurdo porque é algo tão desnecessário, que atrapalha a vida de muita gente.

ochateador

Normas e padrões a serem seguidos é uma coisa. Geralmente o povo tem tempo para se adequar e sempre tentam chegar na melhor opção para todos envolvidos (governo, empresa, pessoas), é algo que leva anos para ser decidido.

Lei já é outro assunto. Pois impõe uma decisão e se alguém não gostar que se vire (basta ver as excelentes leis que temos no brasil).

Rafael Calderon

Creio que o mercado está maduro quanto a isso, pois está caminhando para termos 2 padrões, USB-C e Lightning.

Lugi lanzii

Não faz sentido comparar com tomada, o plug vai no celular, se a apple acha melhor usar o lighting nos aparelhos DELA, quem é o governo pra falar que tem que mudar? os padrões usb são feitos por empresas privadas não tem mão do governo por isso funcionam, querer barrar inovação por causa de padronização só vai travar o desenvolvimento de novas tecnologias.

Douglas Knevitz

Eu não acho ruim ela mudar pra USB-C, eu só não concordo com o fato dela ter que ser obrigada a fazer isso. Se não me engano ela até esteve envolvida na criação do padrão USB-C.

Mas aparentemente as pessoas tem tara por decisões totalitaristas ao mesmo tempo que defendem democracia na internet.

Filipe Espósito

Exatamente. Não é papel do Estado ir lá e falar quais componentes o aparelho de uma empresa privada deve ou não ter. Isso abre precedentes pra muitas outras coisas. Afinal, quem decide se está bom ou não é o consumidor, que pode procurar outro aparelho que atenda suas necessidades quando quiser. Eu queria ver só em uma situação muito hipotética, em que o Lightning estivesse sendo forçado repentinamente como um novo padrão, se o pessoal que usa outros telefones ia ficar feliz em ter que jogar todos os cabos e adaptadores fora pra usar outra coisa porque um governo quis assim. Aliás, e se outros governos no futuro também decidirem definir seus próprios padrões que não sejam o da União Europeia? Vai acontecer o que?

Participe da discussão