Início » Celular » Donos do Motorola Razr se queixam de ruído na tela dobrável

Donos do Motorola Razr se queixam de ruído na tela dobrável

Motorola Razr causa estranheza devido a um rangido ao ser aberto e fechado; celular dobrável custa R$ 8.999 no Brasil

Felipe Ventura Por

O Motorola Razr chegou às lojas físicas dos EUA na quinta-feira (6) e foi entregue para quem participou da pré-venda: o celular dobrável aposta na nostalgia do antigo V3, mas vem causando estranheza em alguns usuários por conta de um rangido ao ser aberto e fechado.

Motorola Razr

Max Weinbach, do XDA Developers, diz que a dobradiça do Motorola Razr "não soa bem" ao abrir e fechar o aparelho. Ela "também parece frágil e barata para um celular de US$ 1.500", ele afirma.

Nirave Gondhia, diretor editorial da Mobile Nations, mostra no Twitter que tem o mesmo problema no Razr dele. Em nosso hands-on com uma unidade de pré-produção, a dobradiça não fazia esse rangido.

Chris Fox, da BBC, demonstra em vídeo que o Razr dele também faz um barulho ao ser aberto ou fechado. Além disso, ele aponta que a tela não fica totalmente presa ao celular: o display é solto perto da dobradiça para se curvar de forma suave e evitar vincos.

Motorola Razr

A Lenovo não diz quantas vezes a tela aguentará ser dobrada e desdobrada, mas espera que ela será capaz de durar "ao longo da vida útil do celular". O Galaxy Fold pode ser dobrado até 100 mil vezes, assim como o Huawei Mate X.

Em um teste da CNET, o Razr aguentou ser dobrado 27 mil vezes continuamente por uma máquina até quebrar. A Motorola contestou o resultado, dizendo que isso "não reflete a durabilidade" do aparelho.

Motorola Razr quebrou em algumas lojas

O dono da conta Dark Matter no YouTube publicou um vídeo de um Razr em exposição numa loja: a tela tem duas linhas cruzando na vertical, talvez devido a mau uso, e a dobradiça também faz um rangido.

Em outra loja, o Motorola Razr foi bastante danificado: a tela está preta ao redor da área da dobradiça, e fica piscando na parte inferior. Novamente, pode ser um problema de mau uso: quem comprou este celular não encontrou falhas na tela dobrável — ainda é uma situação diferente do Galaxy Fold.

O novo Razr está em pré-venda no Brasil por R$ 8.999, podendo ser adquirido nos canais da Motorola e nas lojas físicas da TIM, Claro e Vivo.

Com informações: Ars Technica.

Mais sobre: ,

Comentários da Comunidade

9 usuários participando

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

@ksio89

Early adopter só se ferra kkkk.

Lucas Santos

Isso que eu chamo de teste prático, não aqueles testes milimetricamente calculados.

Fábio Laurindo

Só um óleo de máquina de costura e blz kkk

Alexandre

ta mais para beta testers pagantes do q early adopters

Manug

Não sei, mas sou de uma época em que beta tester não pagava tão caro pra testar os produtos…

Tiago Freitas

Provavelmente eu vou morrer sem saber como alguém tem coragem de gastar R$ 8.999 num smartphone.

Participe da discussão