Início » Celular » Xiaomi supera Huawei em vendas de celular; volume total cai 38%

Xiaomi supera Huawei em vendas de celular; volume total cai 38%

Venda de smartphones sofre maior queda global de todos os tempos devido ao coronavírus (COVID-19); Samsung e Apple lideram

Felipe Ventura Por

A venda de smartphones despencou quase 40% no mês de fevereiro, se comparada ao mesmo período de 2019: esta é a maior queda global de todos os tempos no mercado de celulares inteligentes. O motivo, claro, é a pandemia do COVID-19, causado pelo coronavírus. Samsung e Apple seguem liderando o ranking, enquanto a Xiaomi tirou a Huawei do terceiro lugar.

Xiaomi Mi CC9 Pro

Xiaomi Mi CC9 Pro (Mi Note 10)

As remessas globais de smartphone caíram 38% em fevereiro na comparação anual, segundo a Strategy Analytics: foram 61,8 milhões de unidades este ano, contra 99,2 milhões no ano passado. Todas as fabricantes sentiram a queda, como Samsung (-13%), Apple (-27%) e Xiaomi (-32%), ainda que em intensidades diferentes.

A redução foi ainda mais considerável para a Huawei, cujos envios caíram 69% em um ano — ou cerca de dois terços. A queda foi tão grande que a fabricante desceu para o quarto lugar em vendas globais, ficando atrás da Xiaomi.

A situação da Huawei é um pouco mais delicada devido às sanções comerciais dos EUA: a empresa não pode incluir a Play Store em seus dispositivos Android pois está proibida de fazer negócios com companhias americanas, como o Google.

Vendas de smartphone devem continuar fracas em março

Além disso, a pandemia do coronavírus está afetando o setor inteiro. “Em fevereiro de 2020, ocorreu a maior queda de todos os tempos na história do mercado mundial de smartphones”, diz Neil Mawston, diretor executivo da Strategy Analytics, em comunicado.

Ele completa: “a oferta e a demanda de smartphones despencaram na China, caíram na Ásia e desaceleraram no resto do mundo; é um período que a indústria de smartphones vai querer esquecer”.

O analista sênior Yiwen Wu estima que as remessas globais de smartphones devem continuar fracas ao longo de março: “a indústria terá que trabalhar mais do que nunca para aumentar as vendas nas próximas semanas, como flash sales pela internet ou descontos generosos ao combinar produtos como smartwatches”.

Fabricante Envios em fevereiro de 2020 Variação em relação a fevereiro de 2019
Samsung 18,2 milhões -13%
Apple 10,2 milhões -27%
Xiaomi 6,0 milhões -32%
Huawei 5,5 milhões -69%
Oppo 4,0 milhões -49%
Vivo 3,6 milhões -54%
Outras 14,3 milhões -35%

Com informações: Strategy Analytics, Sina Tech.

Comentários da Comunidade

Participe da discussão
4 usuários participando

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Matheus Aguiar (@Matheus_Aguiar)

E também com o preço que as fabricantes tão colocando, não somente o br mas o planeta inteiro achando caro, as pessoas passando cada vez mais tempos com seus aparelhos, ate mesmo um intermediário bom tem uns 2 anos de uso tranquilo. Pelo que vejo vão lançar o máximo possível pra dar vontade de trocar nas pessoas.

Matheus Motta (@Matheus_Motta)

Xiaomi bota Huawei pra mamar

@teh

Exatamente. Nao vai da mais pra ficar trocando de cel que nem faziamos antes com esses preços sem sentido…