Xiaomi 14 é revelado com HyperOS e Snapdragon 8 Gen 3; versão Pro tem titânio

Fabricante chinesa anunciou novos smartphones nesta quinta-feira; Xiaomi 14 continuará parceria com a Leica para lentes das câmeras

Felipe Freitas
Por
• Atualizado há 6 meses
Xiaomi 14 seguirá usando lentes da Leica (Imagem: Divulgação/Xiaomi)
Xiaomi 14 seguirá usando lentes da Leica e terá sensor principal de 50 MP (Imagem: Divulgação/Xiaomi)

A Xiaomi anunciou hoje os aguardados celulares Xiaomi 14 e 14 Pro, que chegam ao mercado com o novo sistema HyperOS e o poderoso chip Snapdragon 8 Gen 3. Os preços ficam em 3.999 yuans e 4.999 yuans, respectivamente. Seria o equivalente a R$ 2.735 e R$ 3.420 em conversão direta e sem impostos.

Os produtos chegam primeiro ao mercado chinês. O lançamento global deve ocorrer somente em 2024, se levarmos em conta o histórico da Xiaomi de esperar alguns meses para levar os smartphones premium a outros países. A empresa lançou também uma versão do Xiaomi 14 Pro com chassi de titânio.

Xiaomi 14 estreia Snapdragon 8 Gen 3

Xiaomi 14 novamente estrearão novos chips Snapdragon 8 (Imagem: Divulgação/Qualcomm)
Xiaomi 14 novamente estrearão novos chips Snapdragon 8 (Imagem: Divulgação/Qualcomm)

Como especulado em diversos rumores, o Xiaomi 14 será o primeiro smartphone do mundo a usar o Snapdragon 8 Gen 3, novo processador da Qualcomm anunciado nesta semana. O smartphone contém ainda versões com 12 GB e 16 GB de memória RAM. As opções de armazenamento são 256 GB, 512 GB e 1 TB. O modelo mais básico terá a configuração 12 GB + 256 GB — todas os outros contarão com 16 GB de RAM.

A parceria entre a Xiaomi e a alemã Leica continua nos novos smartphones. As câmeras do Xiaomi 14 usarão as lentes fabricadas pela Leica, tradicional empresa deste ramo. O sensor principal do Xiaomi 14 possui 50 MP de resolução.

A tela do Xiaomi 14 possui brilho de 3.000 nits, valor maior do que o dos rivais iPhone 15 e Galaxy S23. O display segue a receita dos celulares premium, contando com AMOLED e 120 Hz de taxa de atualização.

Na parte das baterias, o modelo Xiaomi 14 terá carregamento rápido com fio para até 90 W — o valor do 14 Pro é de 120 W. A especificação do carregamento sem fio para o Xiaomi 14 e 14 Pro é de 50 W. Já as baterias dos modelos possuem 4.610 mAh (Xiaomi 14) e 4.860 mAh (Xiaomi 14 Pro).

Xiaomi 14 Pro com chassi de titânio

Detalhes do Xiaomi 14 Pro com chassi de titânio (Imagem: Divulgação/Xiaomi)
Detalhes do Xiaomi 14 Pro com chassi de titânio (Imagem: Divulgação/Xiaomi)

Na parte final do evento, Lei Jun, CEO da Xiaomi, anunciou que o Xiaomi 14 Pro possui uma versão com chassi de titânio. Essa opção de material chegou também no iPhone 15 Pro. O titânio é mais resistente que o alumínio, principalmente em relação aos casos de arranhões. No entanto, a estratégia da Xiaomi é mais marketing — boa parte dos celulares sem o metal já contam com uma alta durabilidade. A versão de titânio custa 6.499 yuans (R$ 4.436,89).

HyperOS é o novo sistema operacional da Xiaomi

Com a chegada do novo sistema operacional HyperOS, o MIUI será gradualmente substituído nos aparelhos compatíveis — sobrevivendo apenas em modelos mais velhos. O Xiaomi 14 trará o HyperOS na caixa. A fabricante não anunciou quando os outros celulares mudarão do MIUI para o novo SO.

Receba mais sobre Xiaomi na sua caixa de entrada

* ao se inscrever você aceita a nossa política de privacidade
Newsletter
Felipe Freitas

Felipe Freitas

Repórter

Felipe Freitas é jornalista graduado pela UFSC, interessado em tecnologia e suas aplicações para um mundo melhor. Na cobertura tech desde 2021 e micreiro desde 1998, quando seu pai trouxe um PC para casa pela primeira vez. Passou pelo Adrenaline/Mundo Conectado. Participou da confecção de reviews de smartphones e outros aparelhos.

Relacionados