Início » Aplicativos e Software » Microsoft ajuda a criar app de refeições grátis para moradores de rua em SP

Microsoft ajuda a criar app de refeições grátis para moradores de rua em SP

Parceria entre a Microsoft e o programa Bom Prato vai fornecer 24 mil refeições diárias para moradores de rua, sem custos

André Fogaça Por

O governo de São Paulo firmou parceria com a Microsoft e a Best Projects para a criação de um aplicativo que ajuda na identificação de moradores de rua, para que possam receber três refeições por dia no programa Bom Prato. O app cadastra a pessoa, que recebe um código QR e que ajuda na hora de controlar a entrega da marmita.

bom prato cartao pvc microsoft

Com a pandemia de COVID-19, o governo de São Paulo alterou o programa Bom Prato, que oferece refeição completa por R$ 1 em diversas cidades, para que deixe de receber as pessoas nas mesas dos restaurantes e passe a entregar marmitas. O programa neste momento oferece café da manhã, almoço e jantar, com o foco em pessoas em situação de rua e que não precisam pagar pela marmita.

Para controlar quem já recebeu e dar prioridade aos moradores de rua, já que o Bom Prato é aberto para qualquer pessoa, um aplicativo foi desenvolvido pela Prodesp (Companhia de Processamento de Dados do Estado de São Paulo), com ajuda da Microsoft.

Agentes de campo da Prefeitura de São Paulo utilizam o app para cadastrar os moradores de rua em três pontos do centro cidade, junto do CREAS (Centro de Referência Especializado de Assistência Social) e o POP (Centro de Referência Especializado para População em Situação de Rua). São coletados o nome, localidade e data de nascimento, que são armazenados em nuvem e gerenciados pelo Dynamics 365, da Microsoft.

Com os dados em mãos, um código QR é gerado e impresso em um cartão de PVC que é entregue ao beneficiário. Este código é lido no momento da entrega da marmita, que acontece em qualquer uma das 22 unidades do Bom Prato na capital paulista.

O projeto piloto acontece na cidade de São Paulo e a previsão do governo é de expandir a gratuidade e os cartões para outras cidades do estado.

Com informações: Microsoft.

Comentários da Comunidade

Participe da discussão
1 usuário participando

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação