Tecnoblog
Início » Aplicativos e Software » Google Chrome poderá usar menos memória no Windows 10

Google Chrome poderá usar menos memória no Windows 10

Novo recurso do Windows 10 promete reduzir o consumo de memória RAM em softwares como o Google Chrome

O Google Chrome poderá consumir menos memória RAM no Windows 10. Ao menos, é o que se espera: um novo recurso da Microsoft, disponibilizado recentemente no sistema operacional, deve amenizar o uso de recursos utilizados por aplicativos, como o navegador do Google e o Microsoft Edge baseado em Chromium.

 

As melhorias no consumo de recursos foram disponibilizadas aos usuários no Windows 10 2004 (May 2020 Update). Com a atualização, o sistema operacional passa a contar com um novo “heap de segmento” que tende a reduzir a utilização de memória RAM em softwares instalados no Windows 10.

As melhorias já foram testadas internamente no Microsoft Edge. Segundo a Microsoft, “o Microsoft Edge aproveitou as melhorias de memória de heap de segmento do Windows, agora disponíveis para aplicativos Win32 para gerenciar a memória com mais eficiência”, o que resultou em uma economia de até 27% no uso de recursos ao utilizar o navegador.

Outro browser que pode garantir melhor desempenho com o novo recurso é o Google Chrome. Segundo um commit aberto por um desenvolvedor no Chromium Gerrit nesta terça-feira (16), consumo de memória RAM pode ser reduzir consideravelmente caso o “heap de segmento” seja implementado no navegador.

Não há previsão de inclusão do novo recurso no Google Chrome.

Com informações: XDA-Developers, Chromium Gerrit e Microsoft (Windows Blog)

Comentários da Comunidade

Participe da discussão

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação