Início » Aplicativos e Software » Mercado Livre e PayPal começam a integrar pagamentos no Brasil

Mercado Livre e PayPal começam a integrar pagamentos no Brasil

Parceria entre as empresas foi anunciada em 2019 e começa a ganhar forma agora, com foco na América Latina

Darlan Helder Por

O Mercado Livre e o PayPal oficializaram nesta quinta-feira (30) as primeiras etapas da integração dos serviços de pagamentos no Brasil e no México, apresentadas, inicialmente, no ano passado. Agora, brasileiros e mexicanos que estiverem em outros países poderão usar o PayPal como meio de pagamento na hora de realizar uma compra no Mercado Livre.

O mesmo vale para estrangeiros que comprarem produtos no marketplace do Mercado Livre com entrega para ambos os países. Por enquanto, a novidade estará disponível para transações via web (celular e computador). O Mercado Livre informou que deve disponibilizar a transação via aplicativo até o final deste ano.

Mercado Livre - coronavírus

Já os vendedores que trabalham com Mercado Pago também poderão contar com o PayPal para transações por check-out on-line no Brasil e no México. “Um residente no Brasil poderá usar o PayPal em vendedores locais acessando esses websites dentro ou fora do Brasil”, explica o Mercado Livre. A companhia informou que todos os vendedores terão o PayPal disponível até o final de agosto.

Ao Tecnoblog, Paula Pasqual, diretora-geral do PayPal, informa que o acordo anunciado em 2019 começa a ganhar forma a partir de agora.

paypal / reprodução

Vale lembrar que em dezembro do ano passado, Dan Schulman, CEO do PayPal, havia anunciado que ambas as companhias estavam fortalecendo a parceria com foco no crescimento na América Latina.

Schulman informou que Mercado Pago seria disponibilizado como método de pagamento em estabelecimentos que aceitam PayPal, “permitindo que mais de 48 milhões de usuários do Mercado Pago no Brasil e no México paguem com o método que amam e confiam”, escreveu.

O executivo também adiantou que o PayPal seria aceito no Mercado Livre tanto no Brasil como no México para compras internacionais. “Este é apenas o começo das grandes coisas que podemos fazer juntos”.

O Mercado Livre e o PayPal não anunciaram números para a nova fase da parceria, alegando que as estratégias foram desenhadas no fim do ano passado.

No entanto, as empresas disseram que vão estender os trabalhos: com ampliação das experiências na América Latina, pensando em novas opções de integração que visam fomentar a economia digital, adiantou Tulio Oliveira, presidente do Mercado Pago, em conversa com o Tecnoblog.

Comentários da Comunidade

Participe da discussão
4 usuários participando

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

² (@centauro)

E no longo prazo, MP e PP vão se fundir e pronto. Uma linda história de amor onde o PP abandona o Ebay pra poder se juntar ao Mercado Livre e voltar a ter um marketplace para chamar de seu.

Ficou meio confuso isso aqui pra mim.
Brasileiros e mexicanos em outros países, mas quais outros países? O importante é a nacionalidade?

O que importa é o local de entrega?

@wellerstz

será que um dia o PayPal vai decolar no Brasil? vejo mais pra compras internacionais e em aplicativos de transporte, mas no dia a dia não vejo muita usabilidade

² (@centauro)

Sei lá.
Eu gostava quando podia manter saldo em outra moeda no Paypal.
Agora que eles são forçados a seguir a legislação local, não tem mais como e isso me deixa triste.

Darlan Helder (@darlanhelder)

Outros países = qualquer lugar do mundo, disse o Mercado Livre. E as entregas serão feitas no Brasil e no México. O foco são os dois países, por enquanto.

Renan Rufino (@RufinoRJ)

transferwise !!