Início » Aplicativos e Software » True Tone ou Night Shift; qual a diferença?

True Tone ou Night Shift; qual a diferença?

Saiba quais são as características do True Tone e Night Shift e como podem melhorar o uso dos dispositivos móveis por muito tempo

Ricardo Fraga Por
TB Responde

Com as pessoas cada vez mais conectadas, passar horas por dia com o celular nas mãos acaba fazendo parte da rotina, e ajustar o brilho e cores da tela podem fazer toda a diferença em como os nossos olhos estarão ao final do dia. Neste comparativo, mostraremos as características do True Tone e Night Shift nos dispositivos móveis da Apple.

Comparativo: True Tone ou Night Shift, qual o melhor?

Comparativo: True Tone ou Night Shift, qual o melhor?

True Tone e Night Shift são recursos disponíveis em dispositivos móveis da Apple que permitem que os usuários configurem o brilho e a cor da tela para uma melhor experiência, seja sob o forte brilho do Sol ou a penumbra da noite.

Abaixo, abordaremos as características de cada um dos recursos e, ao final, tentaremos sugerir qual é o melhor para cada uma das situações.

True Tone

A tecnologia True Tone, lançada em 2016 junto com o iPad Pro de 9,7”, utiliza quatro sensores localizados na tela do dispositivo para ajustar, de forma dinâmica, o balanço de branco da tela. O objetivo é tentar, ao “enxergar” a cor luz do ambiente (seja a luz do Sol, lâmpada fluorescente ou de LED, por exemplo) e processá-la, deixar a cor da tela a mais precisa e natural possível.

Assim, quando o aparelho é usado em um ambiente no qual a iluminação é mais quente (geralmente, com tons mais amarelados ou avermelhados), os sensores vão identificar o “calor” e modificar o tom da tela para uma temperatura semelhante. O mesmo vale para quando a iluminação do ambiente for mais fria (mais azuladas), quando a calibração de cor de acordo com a luz deixará a tela mais clara.

Comparativo: True Tone ou Night Shift, qual o melhor?

Night Shift

O Night Shift, por sua vez, é uma opção adicionada ao iOS 9.3 que modifica as cores da tela para deixar o uso do dispositivo mais agradável à noite, reduzindo a exposição do usuário à luz azul. O recurso pode ser ativado de forma automática (usando a hora e a localização geográfica do aparelho) ou manual pelo usuário.

O objetivo da redução da emissão de luz azul é ajudar na produção de melatonina, o hormônio responsável por controlar o sono, fazendo com que o corpo humano “entenda” que já está de noite e que está chegando o momento de dormir.

Tal função é muito importante porque, apesar de os médicos sugerirem que as pessoas não utilizem dispositivos eletrônicos entre uma e duas horas antes de dormirem, a rotina corrida, por vezes, não permite.

É somente pouco antes de dormir que muitas pessoas têm tempo para darem aquela olhada no e-mail pessoal, rolarem o feed do Instagram ou Facebook, ou a timeline do Twitter. E é exatamente aí que o Night Shift faz muita diferença.

Comparativo: True Tone ou Night Shift, qual o melhor? / Ricardo Fraga / Tecnoblog

Comparativo: True Tone ou Night Shift, qual o melhor? / Ricardo Fraga / Tecnoblog

Comparação

Enquanto o True Tone cuida de calibrar a temperatura da cor da tela de acordo com a luz ambiente, deixando a luminosidade emitida pelo aparelho mais “harmônico” com o ambiente no qual o usuário está, o Night Shift busca reduzir a emissão de luz azul para ajudar o organismo do usuário a entender que já está de noite e que é o momento de começar a produzir melatonina.

Veja a lista de dispositivos compatíveis com os recursos:

Dispositivo True Tone Night Shift
iPhone 5s ao iPhone 7 Plus X
iPhone 8 ou posterior X X
iPad de 5ª geração ou posterior X
iPad mini de 2ª geração ou posterior X
iPad mini de 5ª geração X X
iPad Air de 1ª e 2ª gerações X
iPad Air de 3ª geração X X
iPad Pro de 12,9” de 1ª geração X
iPad Pro de 9,7” X X
iPad Pro de 12,9” de 2ª geração ou posterior X X
iPad Pro de 10,5” X X
iPad Pro de 11” de 1ª geração ou posterior X X

Conclusão

Tanto o True Tone quanto o Night Shift são recursos dos dispositivos com iOS que procuram melhorar a experiência de uso. Eles buscam dar mais conforto ao usuário na utilização dos aparelhos, principalmente quando usados por muitas horas ao dia. Por serem complementares um ao outro, podem ser ativados ao mesmo tempo.

Comentários da Comunidade

Participe da discussão
2 usuários participando

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Paulo Maciel (@pymaciel)

Sinceramente, não gostava de usar o True Tone no iPhone. Na minha opinião ele altera a fidelidade das cores da tela, e as vezes ela ficava extremamente amarelada, como se tivesse com o night shift ativado. Preferia manter essa opção desligada.