Início » Aplicativos e Software » Uber Taxi é lançado em São Paulo com pagamento via app

Uber Taxi é lançado em São Paulo com pagamento via app

Tarifa do Uber Taxi é cobrada no aplicativo, mas segue valor do taxímetro; no Brasil, serviço estreia na capital paulista

Emerson Alecrim Por

No finalzinho de julho, a Uber anunciou a modalidade Uber Taxi para a cidade de São Paulo. Só não havia uma data exata para o serviço começar a funcionar. Até agora: nesta segunda-feira (31), a companhia confirmou que os usuários da plataforma na capital paulista já podem usufruir da novidade.

Táxi

Embora não seja inédita — o Uber Taxi existe há pelo menos cinco anos e está presente em mais de 20 países —, a modalidade causa alguma surpresa pelo fato de a Uber ter sido considerada “inimiga” dos táxis nos seus primeiros anos de atuação.

Mas faz sentido a empresa incluir táxis em sua plataforma. Em grandes cidades, como São Paulo, o número de carros “convencionais” do serviço pode ser insuficiente em determinadas regiões ou sob certas circunstâncias (quando o transporte público é afetado por chuvas fortes, por exemplo).

Além disso, na capital paulista, táxis têm permissão para trafegar nas faixas de ônibus, o que pode ser uma grande vantagem em horários de pico.

As explicações sobre como pedir táxi via Uber estão aqui, mas não há mistério: basta estar dentro da cidade de São Paulo (obviamente) e, no aplicativo, selecionar a opção de táxi. Ela aparece junto às demais modalidades, como UberX e Comfort.

Uber Taxi

Nesta fase inicial, pode acontecer de a oferta de táxis na plataforma ser baixa. Mas a tendência é a de que a disponibilidade aumente à medida que mais taxistas aderirem à plataforma. Os interessados podem se cadastrar a partir do aplicativo Uber Driver, o mesmo que é usado pelos demais motoristas. Somente taxistas credenciados pela prefeitura são aceitos.

Detalhe importante: os preços podem ser diferentes das médias das demais modalidades da Uber por seguirem a tabela de tarifas da prefeitura de São Paulo e, portanto, serem baseados no taxímetro. Ao final da viagem, o taxista deve informar o valor da corrida no aplicativo para a cobrança ser efetuada.

Por enquanto, somente pagamentos digitais são permitidos. O app exibe estimativas de valores quando o usuário define uma viagem. Antes de cada corrida, as regras da modalidade são exibidas, cabendo ao usuário concordar com elas para pedir um táxi.

Ainda não há informação sobre lançamento do Uber Taxi em outras cidades do Brasil.

Comentários da Comunidade

Participe da discussão
7 usuários participando

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Diego Duarte (@Diego_Duarte)

O problema e a area de cobertura hiper-limitada. Fiz umas simulacoes aki, e so tem cobertura na “parte interna” da marginal (do Centro pra Leste). Meu bairro q fica no municipio, mas precisa atravessar a marginal Pinheiros, ja nao é coberto pelo serviço e ele nem aparece nas simulacoes.

Claudio Roberto Cussuol (@Cussuol)

Tudo começa assim, certo?

Eu (@Keaton)

Quero ver do que os taxistas vão chiar dessa vez… mas o 99 já fazia isso… e as tarifas eram cerca de 40% mais altas… :\

Bruno Who? (@brunossn)

Eu dificilmente pegarei táxi novamente. Foram anos de mal serviço, velocímetro desligado, corporativismo, envolvimento com política, venda ilegal de posto, violência aos motoristas de uber… só de pensar o nome “táxi” já me da uma angústia.

imhotep (@imhotep)

Eu já peguei um Uber e veio um táxi (placa vermelha). Até olhei no app se eu não tinha selecionado errado (até pq esse Uber táxi não estava disponível ainda), mas não.

Perguntei pro motorista e ele me disse que era taxista e tb Uber.
Se não pode vencê-los, junte-se a eles.