Início » Aplicativos e Software » Apple TV+ estende período grátis em até 3 meses para assinantes

Apple TV+ estende período grátis em até 3 meses para assinantes

Apple TV+ dará acesso sem custo adicional até fevereiro de 2021, mesmo a quem ganhou assinatura com iPhone, iPad ou Mac novo

Felipe Ventura Por

O Apple TV+, que tenta rivalizar com a Netflix, vai estender a assinatura de clientes para até fevereiro de 2021, sem custo adicional. Isso inclui usuários pagantes e os que ganharam um ano de assinatura ao comprarem um iPhone, iPad ou Mac novo. O serviço de streaming oferece séries como The Morning Show e Mythic Quest: Raven’s Banquet.

LG com Apple TV+

Desde o ano passado, quem comprou um novo iPhone, iPad, Mac ou Apple TV recebeu um ano de Apple TV+ grátis. E deve haver alguém pagando por esse serviço no plano mensal ou anual. Como o serviço foi lançado em 1º de novembro de 2019, a Apple iria cobrar assinaturas a partir de novembro deste ano — mas não é o que vai acontecer.

Apple TV+ não cobrará até fevereiro de 2021

Resumindo, a Apple vai fazer o seguinte:

  • se você obteve um ano grátis por comprar um iDevice e o prazo termina em novembro de 2020, dezembro ou janeiro de 2021, você continuará tendo acesso sem custo adicional até fevereiro de 2021;
  • se você pagou pelo plano anual e o prazo termina em novembro, dezembro ou janeiro de 2021, vale a mesma coisa — o acesso continuará disponível sem custo adicional até fevereiro de 2021;
  • se você está pagando pelo plano mensal, a Apple dará um crédito de R$ 9,90 por mês (valor da assinatura) em novembro, dezembro e janeiro de 2021; isso vale para quem começar a assinar até 1º de novembro deste ano.

Pode parecer meio confuso, mas basicamente a Apple quer segurar os usuários do TV+ até fevereiro do ano que vem. Como nota o TechCrunch, é uma forma de manter estável o total de assinantes em um quarto trimestre de um ano difícil por causa da pandemia.

As séries e os filmes originais da Apple tiveram 114 indicações a prêmios, vencendo 35 deles. The Morning Show, por exemplo, levou o Emmy de melhor ator coadjuvante em série dramática (Billy Crudup). Ainda assim, pode ser difícil convencer usuários a assinarem um serviço de streaming com um catálogo bem menor que o oferecido por concorrentes como Netflix, Disney+ e Amazon Prime Video.

A Apple não divulga o número de usuários do TV+; a Bloomberg estima que 10 milhões de pessoas tinham acesso em fevereiro, mas só metade realmente assistia. Para comparar, a Netflix fechou o mês de março com 183 milhões de assinantes.

Comentários da Comunidade

Participe da discussão
4 usuários participando

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Matheus Motta (@Matheus_Motta)

O desespero…

Isaquiel M. (@isaquiel)

Realmente. Vão falir até dezembro 2020. Pode printar.

Caleb Enyawbruce (@Enyawbruce)

Rapaz, tá feia a coisa hein… Imaginem quando o Disney+ chegar aqui.