Início » Carro » Carro da Apple que dirige sozinho deve vir sem volante e sem pedais

Carro da Apple que dirige sozinho deve vir sem volante e sem pedais

Apple está perto de fechar acordo com Hyundai; primeiro carro autônomo da marca pode não ter posto para condutor

Emerson AlecrimPor

Via de regra, os projetos de carros autônomos existentes atualmente preservam o posto do motorista. Mas o Apple Car, como vem sendo chamado, poderá ser diferente: o primeiro veículo elétrico autônomo da marca pode chegar ao mercado sem volante e pedais. No lugar dos instrumentos para condução, o veículo terá um assento convencional para passageiro.

Apple Central World, Tailândia (imagem: divulgação/Apple)

Apple Central World, Tailândia (imagem: divulgação/Apple)

Pelo menos é o que uma fonte próxima ao projeto contou à CNBC. “Serão veículos elétricos autônomos projetados para operar sem condutor e com foco na última milha”, afirma. O último detalhe sugere que o carro poderá ser usado em entregas ou operar como robotáxi, por exemplo.

Isso não quer dizer que a Apple descarta a ideia de lançar um carro elétrico autônomo voltado para consumidores finais e que, como tal, trazem posto de motorista.

Mas preparar o Apple Car para atuar inicialmente como um robô autônomo poderia deixar a companhia mais bem preparada para enfrentar a Tesla, que também já considera adotar uma estratégia do tipo: robotáxis e afins tendem a rodar mais horas por dia, o que, em tese, permitiria à Tesla aumentar a sua receita.

Apple prepara investimento bilionário na Kia

Os rumores sobre o Apple Car sem posto para motorista surgiram junto com um relatório que aponta que a Apple está muito perto de fechar um acordo com a Hyundai para a produção dos veículos autônomos. Como parte da parceria, a Apple estaria preparando um investimento equivalente a US$ 3,6 bilhões na Kia, montadora que faz parte do Hyundai Motor Group.

De acordo com os burburinhos, a Apple pode assinar um contrato com a Kia no próximo dia 17. Tudo indica que o objetivo da parceria é permitir que 100.000 unidades do Apple Car sejam produzidas por ano na fábrica da Kia na Geórgia, Estados Unidos.

Fábrica da Kia na Geórgia (imagem: divulgação/Kia)

Fábrica da Kia na Geórgia (imagem: divulgação/Kia)

A produção deve começar em 2024. Em uma fase posterior, o volume de fabricação pode chegar a 400.000 carros por ano na mesma planta, o que justifica um investimento tão alto por parte da Apple.

Existe a possibilidade de a companhia fechar acordos com outras montadoras. Mas tudo indica que a parceria com a Hyundai / Kia vai mesmo ser estabelecida. Aparentemente, um dos fatores que pesam para essa decisão é a disposição da Hyundai de permitir que a Apple controle todo o projeto do carro, não só o software.

Se o acordo for confirmado, a Hyundai irá produzir o Apple Car e poderá até contribuir para o seu desenvolvimento, mas, no fim das contas, o modelo não será um automóvel Kia com sistema da Apple, mas um projeto inteiramente pertencente a esta última.

Apple contrata alto executivo da Porsche

À medida que os planos para o carro autônomo avançam, a Apple reforça as equipes responsáveis pelo projeto (originalmente chamado de Project Titan). Esses reforços incluem nomes de peso: um dos mais recentes é o de Manfred Harrer, especialista em chassis que, até recentemente, trabalhava na Porsche.

Antes de liderar o desenvolvimento de chassis na Porsche, Harrer trabalhou em companhias como BMW e Audi.

Nos últimos meses, Harrer comandou o desenvolvimento da série Cayenne, mas essa promoção parece não ter sido suficiente para segurá-lo na empresa: o projetista saiu da Porsche no fim de 2020, sem dizer para onde iria.

Somente agora é que veio à tona a informação de sua contratação pela Apple, embora nenhuma das partes comente o assunto.

Com informações: Bloomberg, Business Insider, MacRumors.

Comentários da Comunidade

Participe da discussão
3 usuários participando