Início » Internet » YouTube confere durante upload se vídeo viola direitos autorais

YouTube confere durante upload se vídeo viola direitos autorais

Recurso permite corrigir vídeo antes que ele seja publicado e deve ajudar a reduzir as punições no YouTube

Victor Hugo Silva Por

O YouTube liberou um recurso para ajudar criadores a evitarem punições por violar direitos autorais. Ele analisa durante o upload se o vídeo descumpre regras por utilizar conteúdo de terceiros indevidamente. A ideia é permitir que o criador faça correções antes da publicação e, assim, drible a derrubada do vídeo ou até mesmo do canal.

YouTube busca violações de direitos autorais no upload (Imagem: Reprodução)

YouTube busca violações de direitos autorais no upload (Imagem: Reprodução)

A solução aparece como um recurso opcional no YouTube Studio para revisar o vídeo antes que ele seja publicado. A plataforma usa o chamado Content ID para analisar o conteúdo do vídeo e verificar se algum trecho corresponde a um conteúdo protegido por direitos autorais.

Com o novo recurso, o YouTube também confere no upload se o vídeo segue as diretrizes de conteúdo adequado para receber anúncios. Enquanto a análise em busca de violações de direitos autorais leva cerca de três minutos, a liberação de anúncios leva mais tempo. Nos dois casos, a plataforma indica o tempo estimado para concluir as verificações.

YouTube espera reduzir punições

O YouTube alerta que, mesmo com aprovação durante o upload, os vídeos ainda podem ser penalizados por violarem regras sobre direitos autorais. Isso porque eles podem ser alvos de reivindicações manuais dos detentores de direitos. A expectativa da plataforma, porém, é de que o recurso ajude a diminuir as punições.

Caso uma violação de direito autoral seja encontrada, o serviço vai indicar qual conteúdo foi usado de forma indevida. Além disso, o dono do canal poderá saber o trecho exato em que o material foi usado e como isso afetará o vídeo.

A opção também dispensa a prática de publicar um vídeo privado ou não listado antes de torná-lo público para saber se há alguma violação. Mesmo com o novo recurso, os criadores ainda poderão publicar vídeos sem a verificação. No entanto, o YouTube alerta que eles poderão ter a visibilidade e a monetização afetadas caso descumpram regras.

Com informações: XDA Developers.

Comentários da Comunidade

Participe da discussão
2 usuários participando