Início » Computador » Apple lança novo iMac colorido, mais fino e com chip M1

Apple lança novo iMac colorido, mais fino e com chip M1

Novo iMac também traz câmera FaceTime 1080p, tela Retina 4,5K de 24 polegadas e teclado Magic Keyboard com Touch ID

Emerson AlecrimPor

Os MacBooks e o Mac Mini anunciados em 2020 já não são os únicos Macs com Apple Silicon. Nesta terça-feira (20), a Apple anunciou o novo iMac com chip M1. E esse não é o único atrativo: a novidade também traz design totalmente renovado, sete opções de cores, webcam de 1080p e um sistema de áudio que promete ser o mais envolvente já disponibilizado na linha.

Novo iMac com chip M1 e várias cores (imagem: divulgação/Apple)

Novo iMac com chip M1 e várias cores (imagem: divulgação/Apple)

O iMac volta a ser colorido

Se as gerações anteriores já tinham design minimalista, o novo iMac conseguiu ir mais longe nesse aspecto. Você pode até ter a impressão de estar olhando para um iPhone gigante por conta da finura da tela — são apenas 11,5 mm —, o logotipo em destaque na traseira e a superfície reta das bordas.

As sete opções de cores também aproximam o iMac do iPhone. O tradicional cinza metálico está lá, mas agora o usuário também tem mais opções:

  • cinza (prateado)
  • azul
  • roxo
  • rosa
  • laranja
  • amarelo
  • verde claro

É impossível não lembrar dos icônicos iMacs coloridos com tela de tubo.

Novos iMacs roxo e rosa (imagem: divulgação/Apple)

Novos iMacs roxo e rosa (imagem: divulgação/Apple)

Câmera full HD e som com graves

Talvez o novo design, por si só, seria suficiente para convencer alguém a comprar o novo iMac. Mas é óbvio que a Apple se preocupou em incrementar os recursos do modelo. Começa pela câmera FaceTime HD, que agora traz resolução 1080p e três microfones com qualidade de estúdio.

O quesito mídia é complementado com um sistema de som com seis alto-falantes. Há dois pares de woofers que trabalham com cancelamento de força para possibilitar reprodução de graves ao mesmo tempo em que reduzem vibrações indesejadas.

Os woofers são complementados com dois tweeters de alto desempenho. Juntos, os seis alto-falantes podem gerar áudio com equilíbrio de graves, médios e agudos para uma experiência digna de palco, nas palavras da Apple.

Tela Retina de 24 polegadas

11,3 milhões. Esse é o número de pixels que a tela Retina do novo iMac é capaz de exibir. O componente tem 24 polegadas de tamanho, resolução 4,5K, brilho de 500 nits, revestimento antirreflexo e suporte a mais de 1 bilhão de cores.

A Apple também chama atenção para a tecnologia True Tone, que ajusta automaticamente a temperatura das cores da tela de acordo com as condições de iluminação do ambiente.

Novo iMac tem tela Retina 4,5K (imagem: divulgação/Apple)

Novo iMac tem tela Retina 4,5K (imagem: divulgação/Apple)

É óbvio que o M1 está presente

O novo iMac é tão fino que, na primeira olhada, pode se passar por um monitor de vídeo. Mas, sim, existe um computador poderoso por trás da tela. A própria Apple explicou que isso foi possível, em parte, graças ao módulo do M1, que reúne CPU, GPU, RAM e outros recursos no mesmo lugar, reduzindo a necessidade de espaço físico.

É claro que o desempenho do M1 é o principal atributo. A Apple diz que o chip permite ao iMac “despertar” instantaneamente e realizar tarefas de modo bastante fluido — nossa análise do MacBook Pro com M1 não nos faz duvidar disso.

O M1 também dá conta de funções complementares. Por exemplo, o processador de sinal de imagem do chip pode reduzir ruídos e ajustar o balanço de branco para melhorar a qualidade de imagem da câmera.

Magic Keyboard com Touch ID

A Apple não deixou os acessórios de lado. O novo iMac também é acompanhado de uma nova versão do teclado Magic Keyboard. O acessório traz duas novidades interessantes: a primeira é a cor, a mesma do iMac escolhido; a segunda é a existência de um sensor Touch ID no canto superior direito.

Graças a isso, múltiplos usuários podem fazer login rapidamente no iMac, basta a cada um ter uma impressão digital associada à sua conta. O Magic Keyboard conta ainda com recursos como emojis e botão Não Perturbe.

Para o iMac de entrada, a Apple oferece uma versão do teclado sem o Touch ID. A versão com o recurso é padrão nos iMacs mais caros.

Vale destacar ainda que a Apple também disponibiliza o Magic Mouse e o Magic Trackpad na cor do iMac escolhido.

Magic Keyboard com Touch ID (imagem: divulgação/Apple)

Magic Keyboard com Touch ID (imagem: divulgação/Apple)

Conectividade

No quesito conectividade, o novo iMac conta, na traseira, com duas portas USB4 (USB-C) com Thunderbolt. Além destas, as versões mais caras trazem duas portas USB 3 (também no padrão USB-C) e conexão Ethernet.

Portas USB-C do novo iMac (imagem: divulgação/Apple)

Portas USB-C do novo iMac (imagem: divulgação/Apple)

A traseira também traz conexão para a fonte de energia. O cabo do acessório é fixado ao iMac por ímã e, olha só, também vem na cor do modelo.

Uma característica curiosa é que o iMac tem conexão Ethernet, mas de modo indireto: em vez do computador em si, o componente foi acoplado à fonte.

A fonte de alimentação vem com Ethernet (imagem: divulgação/Apple)

A fonte de alimentação vem com Ethernet (imagem: divulgação/Apple)

As especificações de conectividade incluem ainda Bluetooth 5.0 e Wi-Fi 6.

Novo iMac: disponibilidade e preços

Nos Estados Unidos, o novo iMac de 24 polegadas estará disponível a partir de 30 abril. No Brasil, a Apple ainda não divulgou a data de início das vendas, mas já liberou os preços:

  • 8 GB de RAM, 256 GB de armazenamento, M1 com GPU de 7 núcleos: R$ 17.599 (US$ 1.299 nos EUA)
  • 8 GB de RAM, 256 GB de armazenamento, M1 com GPU de 8 núcleos: R$ 20.099 (US$ 1.499 nos EUA)
  • 8 GB de RAM, 512 GB de armazenamento, M1 com GPU de 8 núcleos: R$ 22.599 (US$ 1.699 nos EUA)

Comentários da Comunidade

Participe da discussão
12 usuários participando

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Caleb Enyawbruce (@Enyawbruce)

eu fiquei com uma vontade enorme de ter um desses. Achei incriveis a tela e o sistema de som. Mas obviamente com esses preços eu já perdi a vontade

Ramiz (@Ramiz)

Bom, passado calor do anúncio, as novidades são ótimas para quem não quer ter dor de cabeça e precisa de um All in One de verdade.

Mas racionalmente, ainda acho mais vantajoso investir num Mac Mini.

Você pode comprar um monitor 27" 4K PremierColor por 4.000, uma webcam 4K, teclado e mouse XM Logitech por 2.000, monitor de audio 40w por 600 e um microfone profissional por 900 e o Mac Mini por 8.000. Preço da fatura: R$ 15.500 sem contar o desconto à vista.

O iMac de entrada sai por 15.200 à vista na Apple com alguns itens bem integrados mas de desempenho abaixo destes.