Início » Aplicativos e Software » Twitter abre inscrições para testar Super Follows e Spaces pagos

Twitter abre inscrições para testar Super Follows e Spaces pagos

Twitter ainda vai cobrar taxa de 3% para criadores que faturarem até US$ 50 mil – se o valor arrecadado for maior, a comissão salta em até 20%

Pedro Knoth Por

O Twitter quer recompensar quem atrai grandes audiências e promove debates usando a ferramenta do Twitter Spaces. Agora, a rede social vai permitir a cobrança de ingressos para a entrada na sala de conversas ao vivo, e que usuários premiem contas com o “Super Follows”, o que vai gerar uma receita mensal ao criador de conteúdo. A empresa ainda deu detalhes de como pretende cobrar comissões sobre esse dinheiro.

Super follow e ingressos para o Twitter Spaces (Imagem: Twitter/ Divulgação)

Super follow e ingressos para o Twitter Spaces (Imagem: Twitter/Divulgação)

Criadores terão opções de pacotes de Super Follow

As mudanças representam a estratégia do Twitter de oferecer produtos pagos dentro de sua plataforma; a companhia vem sinalizando que deve seguir essa proposta a partir de agora. Em breve, a rede vai lançar serviço premium Twitter Blue por R$ 15,90 ao mês no Brasil.

O Super Follow de fãs será uma fonte de receita mensal gerada a partir do novo botão. Criadores de conteúdo podem escolher pacotes de conteúdo exclusivo por US$ 2,99, US$ 4,99 e US$ 9,99, a que seguidores terão acesso, como sessões de perguntas e respostas

Super Follow do Twitter (Imagem: Twitter/ Divulgação)

Super Follow do Twitter (Imagem: Twitter/ Divulgação)

Contudo, apenas contas com mais de 10 mil seguidores e pelo menos 25 tweets no último mês podem se candidatar a testar o super follow, que por enquanto está limitado ao iOS.

Twitter Spaces terá cobrança flexível de ingressos

A cobrança de ingressos a salas do Twitter Spaces é flexível: quem administra o bate-papo pode cobrar entrada de US$ 1 a US$ 999. O anfitrião também pode convidar quantas pessoas quiser, com mínimo de 5 usuários e no máximo de 99 ouvintes. Além disso a sala pode ser divulgada na linha do tempo, e o anfitrião pode ativar notificações para quando iniciar a live.

A mudança ao Spaces acirra a competição com o Clubhouse, que também começou a testar a monetização de salas de conversa. Os Espaços Cobrados já começaram a chegar a alguns usuários no Brasil, mas para se inscrever é preciso ter pelo menos 1.000 seguidores, ser maior de 18 anos e ter apresentado pelo menos três espaços nos últimos 30 dias.

Tickets do Twitter Spaces podem variar entre R$ 5 ou acima de R$ 4 mil (Imagem: Twitter/ Divulgação)

Tickets do Twitter Spaces podem variar entre US$ 1 ou US$ 999 (Imagem: Twitter/ Divulgação)

Twitter cobrará até 20% sobre receita acima de US$ 50 mil

Com a abertura dos novos recursos, a rede social também revelou planos de sua cobrança de parte da receita de criadores dentro da plataforma. A companhia disse que deve cobrar 3% dos primeiros US$ 50 mil – aproximadamente R$ 250 mil – arrecadados, com a comissão saltando para 20% após esse valor inicial.

Esther Crawford, gerente sênior de produtos do Twitter, disse ao Engadget que a rede estabeleceu o valor de US$ 50 mil porque mostra aos criadores o “retorno das ferramentas que ajudam na geração de receita do criador”.

Comentários da Comunidade

Participe da discussão
1 usuário participando