Início » Aplicativos e Software » Windows 11: o que esperar do evento da Microsoft nesta quinta (24)

Windows 11: o que esperar do evento da Microsoft nesta quinta (24)

Evento da Microsoft deve apresentar o Windows 11 e a nova Microsoft Store, com mais atrativos para desenvolvedores

Ana Marques Por

O grande dia se aproxima: a Microsoft marcou um evento para apresentar a nova geração do Windows no dia 24 de junho. Desde então, um grande vazamento parece ter revelado muito sobre o que nos aguarda – o Windows 11 deve chegar como uma grande mudança visual para o sistema operacional, inicialmente esperada como parte do Windows 10 (Sun Valley).

Mas é possível que a empresa também reserve outras surpresas, como novidades para a Microsoft Store e até mesmo para o Office. A seguir, saiba quais as principais apostas para o evento desta quinta-feira.

Windows 11 é revelado em vazamento (Imagem: Reprodução/The Verge)

Windows 11 é revelado em vazamento (Imagem: Reprodução/The Verge)

Windows 11: um “rostinho bonito” para o Windows 10?

Ao longo dos últimos dias noticiamos os desdobramentos do vazamento do Windows 11. A build provavelmente não retrata exatamente o que veremos na versão final do sistema (ou mesmo o que será apresentado no beta durante o evento do dia 24), mas dá diversas pistas sobre o que vem por aí. E, com base no esforço da Microsoft para remover links de download para a ISO vazada, é bastante provável que tudo seja realmente confirmado.

A principal novidade está no menu Iniciar, que foi completamente reformulado (com algumas inspirações no Windows 10X), e agora aparece flutuante, com visual limpo e mais favorável ao toque (para notebooks com touchscreen e tablets). Os Live Tiles se foram, e você poderá fixar seus programas favoritos no topo, enquanto o sistema recomenda alguns outros aplicativos na parte inferior.

Windows 11 (Imagem: Reprodução)

Windows 11 (Imagem: Reprodução)

A barra de tarefas do Windows 11 aparece centralizada por padrão – ainda que seja possível alterar seu posicionamento, caso você prefira o modo antigo. O logo do Windows está diferente, sem a perspectiva distorcida de antes, e as janelas têm cantos sutilmente arredondados. Os papéis de parede estão elegantes, e roubam a cena – eles chegaram a ser confirmados em um teaser recente da Microsoft. Ah, e os widgets devem voltar – com direito a apps de terceiros.

Alguns elementos do sistema ainda herdam o design datado do Windows 3.1, mas é possível que a Microsoft tenha reservado mais mudanças para a apresentação oficial, incluindo novos ícones.

Caixas de diálogo no Windows 11 (Imagem: Reprodução/Microsoft)

Caixas de diálogo no Windows 11 (Imagem: Reprodução/Microsoft)

Uma build do Windows 10 para membros do canal Dev (no programa Insiders) chegou a revelar uma nova variante da fonte Segoe UI, que promete funcionar bem em todos os tamanhos, dos menores aos maiores. Resta saber se ela estará presente na próxima versão do sistema.

Além das mudanças em design, espera-se uma melhoria no desempenho. Um usuário que experimentou a build vazada afirmou que o Windows 11 tem tempo de inicialização de 13 segundos, em vez de 16. Ele também conduziu alguns testes de performance, incluindo um no Geekbench, no qual o single-core aumentou de 1.138 para 1.251, e no multi-core foi de 6.284 a 7.444.

O Windows também deve ganhar melhorias no menu de seleção de áudio e suporte ao codec AAC, usado por padrão nos AirPods, o que deve agradar usuários de Windows que usam os fones da Apple.

A atualização para o Windows 11 deve ser gratuita para quem está no Windows 10, 7 e 8.1.

Uma Microsoft Store mais atraente para devs

A Microsoft sabe bem o que acontece quando desenvolvedores simplesmente não vêem atrativos para criar aplicativos para o seu ecossistema. Portanto, um dos planos para o futuro próximo é tornar a sua loja interessante para essa comunidade.

Logo após o evento do Windows 11, a empresa tem um outro encontro – desta vez com os desenvolvedores –, no qual deve apresentar novidades para a Microsoft Store, incluindo políticas mais flexíveis para a submissão de aplicativos, o que deve abrir as portas para navegadores como o Chrome e programas do Adobe Creative Cloud.

Microsoft Store no Windows 11 (Imagem: Reprodução/The Verge)

Microsoft Store no Windows 11 (Imagem: Reprodução/The Verge)

Espera-se que a loja permita o envio de apps Win32 sem compactação MSIX e a hospedagem de atualizações na CDN de sua escolha, além de liberar o uso de plataformas de terceiros para transações dentro de aplicativos.

Um redesenho também seria bem-vindo, à medida que a empresa se desfaz de características visuais do Windows 8.

Windows 11 SE

Além do Windows 11 convencional, a Microsoft pode lançar uma versão limitada do sistema, voltada para uso empresarial e educacional. O SKU Windows 11 SE foi descoberto após o vazamento da prévia do Windows 11, na última semana, e traz algumas restrições no app Configurações.

O suposto Windows 11 SE também não permite criação de contas offline – o que pode ser apenas devido ao estágio de desenvolvimento, e não necessariamente um bloqueio esperado para a versão final.

Windows 11 SE (Imagem: Reprodução/XDA Developers)

Windows 11 SE (Imagem: Reprodução/XDA Developers)

Microsoft Office

Com a nova “cara” do Windows 11, é provável que a Microsoft também esteja pensando em reformulação para os aplicativos do Office.

A começar pela fonte – a empresa anunciou uma votação para que os usuários escolhessem uma substituta para a Calibri. Esse processo deve demorar um pouco mais, com previsão de anúncio da vencedora somente em 2022.

Entretanto, é possível que a companhia tenha algumas previsões e promessas sobre o Office para compartilhar durante o anúncio do rejuvenescimento do Windows.

Microsoft tem cinco opções para nova fonte padrão do Office (Imagem: Divulgação)

Microsoft tem cinco opções para nova fonte padrão do Office (Imagem: Divulgação)

Jogos

Por fim, também são esperados os refrescos para quem usa o app do Xbox no Windows, com a possibilidade de acessar rapidamente jogos do Xbox Game Pass e a loja da plataforma.

A Microsoft não parece ter mexido na barra de jogos do Xbox, ao menos na prévia vazada, mas é possível que algumas novidades neste sentido apareçam no evento do dia 24.

Xbox no Windows 11 (Imagem: Reprodução/The Verge)

Xbox no Windows 11 (Imagem: Reprodução/The Verge)

Como assistir ao evento da Microsoft no dia 24 de junho

O primeiro evento do dia, que deve apresentar o Windows 11, está marcado para às 12h (horário de Brasília) e pode ser acompanhado pelo site oficial da Microsoft.

Logo em seguida, a companhia realiza uma conferência voltada a desenvolvedores, às 16h, você pode acompanhar pelo canal do Windows Developer, e a cobertura completa você encontra aqui, no Tecnoblog.

Comentários da Comunidade

Participe da discussão
3 usuários participando