Início » Aplicativos e Software » Windows 11 tem truque para driblar requisito de módulo TPM em PCs

Windows 11 tem truque para driblar requisito de módulo TPM em PCs

Microsoft abriu exceções para PCs que poderão rodar Windows 11 sem módulo de segurança TPM 2.0; veja como driblar requisito no seu computador

Felipe Ventura Por

A Microsoft deixou vários usuários confusos na semana passada ao revelar que o Windows 11 exigirá TPM (Trusted Platform Module) para funcionar. No entanto, um documento oficial diz que, em alguns casos, ela vai liberar o sistema em PCs sem esse módulo de segurança. E já existem truques para driblar esse requisito.

Lenovo Legion 7 com Windows 11 (Imagem: Divulgação)

Lenovo Legion 7 com Windows 11 (Imagem: Divulgação)

O TPM é usado no Windows para criptografia de disco através do BitLocker, detecção de malware no boot, autenticação via Windows Hello, entre outros. Este criptoprocessador pode ser adicionado à placa-mãe ou pode estar integrado ao firmware (fTPM) de processadores Intel e AMD.

“Após a aprovação da Microsoft, computadores desenvolvidos pela fabricante com fins comerciais específicos, PCs montados sob demanda e sistemas para consumidores feitos com imagens personalizadas não precisam ser vendidos com suporte ativado ao TPM”, explica o documento com as especificações mínimas do Windows 11.

De acordo com o Tom’s Hardware, a Microsoft provavelmente abriu essa exceção para países que proíbem ou não usam os recursos de segurança do TPM. Isso inclui a Rússia e a China – esta última já recebe compilações especiais do Windows há anos. Ambos os países têm suas próprias tecnologias de criptografia.

Para que isso seja possível, a Microsoft deve ter uma imagem ISO especial que não exige TPM, ou um método para contornar essa exigência durante a instalação. Qualquer que seja o caso, a restrição começa a fazer um pouco menos de sentido.

Como instalar Windows 11 em PC sem TPM 2.0

E, como explica o Windows Latest, já é possível driblar a exigência do TPM na primeira prévia do Windows 11. O principal método requer apenas editar o Registro durante o processo de instalação.

Em computadores sem TPM, o instalador da Microsoft exibe este aviso: “este PC não pode rodar o Windows 11; este PC não atende aos requisitos mínimos de sistema necessários para instalar esta versão do Windows”.

Windows 11 impede instalação em PCs sem TPM (Imagem: Reprodução / Windows Latest)

Windows 11 impede instalação em PCs sem TPM (Imagem: Reprodução / Windows Latest)

Para contornar isso, basta fazer o seguinte:

  1. na tela com o aviso de incompatibilidade, pressione Shift + F10 para abrir o prompt de comando;
  2. digite regedit.exe e pressione Enter;
  3. vá até HKEY_LOCAL_MACHINE\SYSTEM\Setup e crie uma nova chave com o nome LabConfig;
  4. na chave LabConfig, crie duas novas entradas:
    • BypassTPMCheck = dword: 00000001
    • BypassSecureBootCheck = dword: 00000001
  5. salve as alterações.

A mensagem com erro de compatibilidade não será mais exibida. Isso também ajuda a evitar a exigência do Secure Boot.

Há uma solução mais complexa, que envolve fazer uma mudança na mídia de instalação do Windows 11. Basicamente, você troca o arquivo appraiserres.dll na pasta Sources pela versão desse arquivo de uma ISO do Windows 10. Feito isso, você recria a imagem ISO usando uma ferramenta como o Rufus ou AnyBurn, e realiza a instalação.

Comentários da Comunidade

Participe da discussão
24 usuários participando

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Willian M. (@willmarq)

O maior problema desses requisitos para mim não é nem o TPM (que muitas máquinas devem ter), mas o corte de gerações mais antigas de processadores. Minhas duas máquinas têm processadores com TPM 2.0 mas provavelmente ficarão de fora unicamente por causa desse capricho de datas aí. Antes exigissem apenas TPM mas deixassem as CPUs mais antigas com suporte…

Mickey (@Mickey)

Minha nossa, algo que era pra ser simples tá ficando cada vez mais complexo.

John Smith (@john)

Eu instalei Windows 10 numa máquina de 10 anos de idade, noutra com 13…
E agora talvez nem a minha atual de 3 anos vai receber essa atualização por causa dessa firulagem?

Era só o que faltava…

Lucas Gasparotto (@TyrMenethil)

Esses requerimentos do Windows logo vão ter um McGiver pra contornar. Eu instalei a ISO vazada no meu PC e foi de boas. Ele tem o TPM 1.2 e o processador é um i7 de 5ª gen e tá rodando super bem. Aliás, o tempo de boot dele é realmente melhor e não notei nenhum problema. Inclusive o certificado digital que uso nele está 100%. Por hora, a MS tá se fazendo de difícil mas no fim, todos irão rodar.
Lembrem-se tbm que esse é o Windows que vai dar errado. O próximo não vai ter nada disso.

Daniel R. Pinheiro (@DiFF7Skyns)

A MS cria as exigências para rodar o Windows, a galera vai lá, burla, usa ativadores e depois choram em fóruns por o sistema estar cheio de problemas e bugs…

A ironia da vida não é linda?