Início » Aplicativos e Software » Google Chrome quase adotou mudanças que Apple colocou no Safari do iOS 15

Google Chrome quase adotou mudanças que Apple colocou no Safari do iOS 15

Projeto do Google Chrome previa nova interface ao browser para melhorar a experiência em celulares com telas grandes em 2016

Bruno Gall De Blasi Por

A Apple introduziu uma nova interface ao Safari para iOS 15, que leva a barra de endereços para a porção inferior da tela. Mas a fabricante do iPhone não foi a única a pensar nesta mudança para celulares: o novo visual quase foi levado ao Google Chrome também, em 2016, através do projeto Chrome Home. É o que conta Chris Lee, um ex-funcionário do Google, nesta semana.

Foto por Deepanker Verma/Pixabay

Google Chrome (Imagem: Deepanker Verma/Pixabay)

O relato está disponível em uma página pessoal de Lee. O ex-designer do Google revelou que o conceito visava melhorar a usabilidade em celulares com telas grandes e o acesso aos recursos. “O Chrome Home foi um redesign ambicioso da UI [interface do usuário, em inglês] principal do Chrome para dispositivos móveis”, explicou.

Assim como a nova versão do Safari, o projeto de 2016 dava uma cara nova ao browser do Google. A maior diferença ficaria pela área que abriga a barra de endereço e o menu de três pontinhos, que seria movida da parte superior para a parte inferior da tela. O usuário também poderia arrastá-la para cima para ter acesso a outras funções.

Conceito do Google Chrome Home (Imagem: Reprodução/Chris Lee)

Conceito do Google Chrome Home (Imagem: Reprodução/Chris Lee)

Chrome quase adotou mudanças do Safari para iOS 15

Lee ainda explicou que a ideia ganhou força internamente e até chegou a liderar a sua implementação. “A execução no Chrome Home exigiu repensar não apenas a barra de ferramentas, mas quase toda a UI do Chrome: pesquisa, favoritos, guias, prompts, etc”, disse. Mas a iniciativa não foi adiante devido às reações dos usuários do software.

Durante os testes, a “comunidade de tecnologia” aderiu à ideia. Porém, para os usuários convencionais, a mudança foi considerada para este grupo como “desorientadora”. Depois, ainda de acordo com o designer, como o browser atende a bilhões de usuários com conhecimentos diversos de tecnologia, o projeto foi deixado de lado.

“O Chrome Home continua sendo uma lição para mim e para toda a equipe do Chrome sobre a intencionalidade necessária para inovar em um produto em grande escala”, concluiu. “A abordagem que adotei aqui é a que mantenho: tente ousadamente, mas esteja disposto a questionar-se”.

Safari para iOS 15 tem nova interface (Imagem: Divulgação/Apple)

Safari para iOS 15 tem nova interface (Imagem: Divulgação/Apple)

Safari terá interface remodelada no iOS 15

O iOS 15 foi apresentado pela Apple em junho, durante a WWDC 2021. Além das melhorias em notificações, novos recursos do FaceTime e outras novidades do sistema, o navegador nativo do iPhone recebeu uma interface totalmente renovada. É o caso da barra de endereços que, no sucessor do iOS 14, está na parte de baixo da tela.

A atualização ainda leva grupos de abas ao navegador, que são sincronizados com outros dispositivos da Apple. O recurso dá mais opções para organizar as guias abertas no Safari a fim de facilitar a navegação entre sites. Os proprietários do iPhone, iPad e iPod Touch também poderão instalar extensões no browser com a nova versão.

O iOS 15 está em fases de testes e disponível a quem quiser experimentar o sistema através do beta público. A atualização chegará ao iPhone 6S e modelos mais recentes, incluindo as duas gerações do iPhone SE. Proprietários do iPod Touch de 7ª geração também poderão instalar a nova versão do sistema para dispositivos móveis da Apple.

Com informações: 9to5Google

Comentários da Comunidade

Participe da discussão
6 usuários participando

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

@RODRIGO

Todos os navegadores deveriam implementar barra de navegação na parte inferior da tela! Melhoraria a experiência geral dos usuários em relação ao aproveitamento da página!

Quando a mudança chegará?

Juliano Machado Olivetti (@Juliano_Machado_Oliv)

Eu prefiro que continue acima, mas seria muito bom se o usuário (sei que é mais complicado do que parece) pudesse escolher entre ambas as opções.

Bruno Gall De Blasi (@brunogdb)

Se não me engano, o Brave e o Firefox para Android têm opções para escolher. Pessoalmente, penso que essa é a melhor abordagem.

Douglas Knevitz (@Douglas_Knevitz)

Realmente, é o tipo de coisa que em teoria parece ótimo (dar opção), mas na prática só contribui para piorar a experiência. Gera divisão entre as pessoas, que não tentam se adaptar e a comunidade dev que precisa suportar formatos diferentes. Fora que limita melhorias futuras, já que em algum ponto recursos novos não se encaixarão na interface velha.