Início » Web » Office Web Apps tem data para chegar ao Brasil

Office Web Apps tem data para chegar ao Brasil

Por
7 anos atrás
Já conhece a nova extensão do Tecnoblog? Baixe Agora

Clique aqui para baixar o Office 365 agora mesmo direto do site da Microsoft. Essa é a maneira mais rápida de você ter o Office no seu computador, pois é possível baixar e instalar na mesma hora.

Faz tempo que nós não falamos do Office Web Apps por aqui. O serviço segue funcionando muito bem, obrigado, embora não tenha vencido o Google Docs nessa dura batalha. A Microsoft também não lançou nada de realmente novo desde que a versão web do Office foi finalmente liberada. Mas agora temos a data de quando a versão oficial em português chega ao Brasil. Anote na sua agenda: 11 de março. Melhor esperar sentado…

office-365

Uma das vantagens de adquirir o Office 365 pelo site da Microsoft, é que você pode baixar os programas na mesma hora. Além disso você ganha 10% OFF se escolher o plano anual.

Clique aqui para baixar o Office 365 agora mesmo.

  • Antes tarde do que nunca. Mas eu não acho que as pessoas trocarão o google docs por uma série de fatores.

    • Quais? Conte-nos!

      • Matheus Wichman

        É do Google

      • Ramon Melo

        É integrado a minha conta corporativa do Google Apps. Não vou trocar a segurança do servidor do Gmail e a possibilidade de trabalhar remotamente em conjunto com várias pessoas no mesmo documento simultaneamente só porque a Microsoft lançou um produto parecido.

        • Desculpa, mas tirando essa “integração”que você citou ali e não ficou claro, o resto não é desculpa para dizer que as pessoas nunca vão mudar.

          X ou Y pode não mudar por não ver vantagem e decidir ficar onde está por comodidade, mas isso não quer dizer que A e B achem que a plataforma está evoluindo mais rápido que a do Google e decidam mudar.

        • Edmar Felipe

          Eu mudei 🙂

          porem quando preciso trabalhar em equipe, quando todos precisa esta editando o mesmo documento ao mesmo tempo, Eu volto para o Google docs.

    • Eu não trocaria meu Google Docs, além de já ter todos os arquivos lá, eu testei o deles e não gostei muito, só gosto dele do OneNote no iPhone, isso eu adoro dele, mas em troca, eu fico com meu GDocs.

  • Matheus Wichman

    Não obrigado, o Google Docs é pau é queda quando é necessário uma suite de aplicativos para escritórios.

  • Gabriel Silva

    Ainda prefiro o Google Docs.

  • Um dia antes do meu aniverário *-*
    ONTOPIC: Pode ser uma concorrência, mas ainda prefiro o Docs do Google.

  • Eu prefiro Google Docs. E outra, o Google Docs para smartphones parece ser bem mais amigável!

  • Eduardo

    Nossa, acho que sou o único aqui que prefere o Office Web ao docs. srsrsrs

  • Prefiro meu Docs, é do Google, da pra fazer PDF!
    E Muitas coisas, alem de Estreiar um layout legal!

  • fatecano

    Uai, o Excel só salva em xlsX?
    E se o nego for baixar o arquivo e não tiver o Office a partir da versão 2007, como fica?
    Faz gambiarras?
    Pirataria?
    Esse é um dos motivos que eu prefiro o ODF.

    Obs.: acho que o PROCON vai obrigar a eles usarem esse padrão aberto quando tiver a versão em português.

    O Google Docs baixa em vários formatos, incluindo PDF.

    • kkkkkkkkkkkkkkk, desculpa.

      O PROCON vai o que?
      HUSHAUshUAHsuAHSuAhsa

      #FAIL

      O PROCON vai obrigar ninguem a nada. Esse padrão aberto é uma grande piada.

      Se você quer salvar como PDF, mande imprimir como PDF 😉

      Flw.

      • fatecano

        É esse tipo de comentário que desanima. A gente fala uma coisa numa boa e vem alguém ridicularizar.

        Pra começar, eu disse ACHO e agora vou explicar o raciocínio.

        O padrão ODF já era norma internacional ISO, mas agora ele foi adotado como norma brasileira pela ABNT. Por ser norma brasileira, isso significa que qualquer suite de escritório aqui no Brasil tem que dar essa opção aos usuários. É um direito do consumidor! Ou não?

        Obs.: caso eu esteja errado, por favor alguém me mostre. Porém, espero um pouco de educação. 😉

        • Vamos lá.

          Primeiramente, todos os webapp do office salva os arquivos com o final da extenssão ‘x’. Ex.: docx.

          Vamos falar de negocio? Entendendo o lado da Microsoft.
          Qual seria a vantagem de se fazer um software que exporta/salva o arquivo para todos os padrões disponiveis no marquedo? Nenhuma, simplemente funciona assim: a microsoft lança um webapp do Microsoft Office (software de mega nome no mercado) gratis, e com todas as funcionalidades do pago (em versão desk), se isso fosse verdade ela so perderia.

          Porque a Microsoft salva os arquivos em docx? Essa é mais simples, porque ela quê que você compre a versão mais nova do office, ou virse e versa se estivermos falando de uso profissional (a outra pessoa tem que ter também o office mais novo).

          Porque o PROCON não vai fazer nada? Porque o software não é pago.

          Abraços; to com presa

          • Legal você falar das vantagens que isso traz pra Microsoft.
            Só esqueceu das vantagens que traz pra você e pra mim.

            Vamos falar sobre isso?

          • fatecano

            Não sei como funciona porque não entendo de leis. Só acho que esse “gratuito” confunde um pouco, já que a empresa visa o lucro de alguma forma. Um exemplo disso é o Gmail, onde o gratuito custa a nossa privacidade.

            O Kadu tem razão, como fica o interesse comum?

            É nesse sentido que eu vejo a maior vantagem do ODF.

            Agora mudando um pouco de assunto, estou aqui me perguntando: o Office Web Aps não salva em outros formatos porque ele ainda é novo ou por questão de interesses?

            Se for por interesses, mais um ponto para o Google, já que pensou no usuário que usa outros formatos.

          • Pelo o que eu sei, ele não salva por ser a versão gratis, mas a MS vai fazer uma versão que vai funcinar com assinatura, que será/ou/salvará com todos os formatos.

            Será bem proximo do suite em desktop.

            Abraços.

        • fatecano

          Só para completar o raciocínio, copiei um trecho da Wikipedia para ODF:

          “Em 12 de Maio de 2008, o formato ODF foi oficialmente aprovado pela Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT) como a norma NBR ISO/IEC 26300:2008.[2] O fato foi comemorado pelos adeptos do software livre, porque, segundo o Código de Defesa do Consumidor brasileiro, a partir do momento em que uma norma ABNT existe, ela deve passar a ser incorporada nos produtos disponíveis no mercado.[3]”

  • Acho que do Office Web Apps (que só testei uma vez e o peso da página que carregou comparado ao GDocs me deixou já decepcionado de cara) que usaria e uso no iPhone, é o OneNote 😛

  • Os 2 são muito bons, mas preciso contar uma verdade, nunca usei nenhum deles por mais de 2 dias, acho que a falta de costume a usar tal recurso online