Início » Games » Relembrando as lendas urbanas dos videogames

Relembrando as lendas urbanas dos videogames

Por
6 anos atrás
Já conhece a nova extensão do Tecnoblog? Baixe Agora

Todo mundo adora uma boa lenda urbana. Até mesmo eu, que sou extremamente cético com relação a esse tipo de história, gosto de me informar a respeito dos boatos e conspirações que ficam à margem da “história oficial”. Por mais que você duvide da legitimidade dessas narrativas, as histórias costumam ser interessantes de qualquer forma.

E o mundo dos videogames também tem inúmeras lendas urbanas. Por definição, quase todas as lendas urbanas são completamente inventadas, ou no mínimo versões “incrementadas” de casos verídicos, porém relativamente menos interessantes sem as adições fantasiosas. Aqui estão algumas das mais intrigantes.

Killswitch, o jogo que se autodeleta quando você o termina

Não confunda com Kill Switch, um jogo lançado em 2003 para PS2, Xbox e PC. Killswitch, segundo a lenda, é um  jogo para computador lançado em 1989 por uma suposta Karvina Corporation. O jogo era um adventure nos moldes do clássico Myst, e havia dois personagens disponíveis: Porto, uma garota, e Ghast, um demônio com superpoderes. Entretanto, o demônio era completamente invisível, o que complicava o gameplay com o personagem.

O jogo envolvia um mistério a respeito de uma mina de carvão. O que era realmente curioso a respeito do jogo é que, supostamente, ele se autodeletava quando você chegava ao fim. Era, portanto, impossível jogá-lo mais de uma vez ou tentar descobrir o final alternativo com o outro personagem. A tiragem do jogo era extremamente limitada, em torno de 5 mil unidades, o que tornou impossível descobrir mais sobre seu final.

A história de Killswitch é relativamente recente, e tudo indica que foi completamente inventada (não acho nenhuma referência crível para história na internet), mas lendas urbanas são geralmente isso aí mesmo.

A música de Lavender Town, em Pokémon, faz jogadores se suicidarem

Supostamente um número alto de crianças entre 7 e 12 anos de idade se suicidaram por causa do tema musical da cidade de Lavender, no jogo Pokémon. A música, no caso, tratava-se desta:


(YouTube)

De acordo com a lenda, poucos meses após o lançamento do jogo, uma crise notável de doenças e suicídios começou a afligir a juventude japonesa. Ao chegar nesta parte do jogo e ouvir a música, as crianças tinham problemas visuais, enxaquecas, irritabilidade e, em muitos casos, súbitos desejos suicidas.

Uma vez estabelecida a conexão entre as crianças afetadas e o jogo, médicos e pesquisadores começaram a estudar as peculiaridades dessa porção do título. Tratava-se de uma das menores cidades de todo o mapa de Pokémon, não dispunha de um ginásio como a maioria das outras cidades e, talvez mais relevante ao caso, Lavender Town era a cidade onde se encontrava a Torre Pokémon (um mausoléu em que Pokémons mortos são enterrados).

Por mais que eu te diga que a história é completamente inventada — como, novamente, todas as lendas urbanas tendem a ser —, vai ser difícil ouvir a musiquinha da cidade sem sentir um calafrio.

Estações de rádio secretas em Fallout 3

Por volta dos anos 50, começaram a aparecer ao redor do mundo estações de rádio que os gringos entitularam numbers stations (ou “estações numéricas”). Na maior parte do tempo a estação transmite apenas estática, mas num período específico do dia uma voz misteriosa fala uma sequência de números. A teoria mais aceita é que tais rádios serviam para enviar informações confidenciais a espiões (ou para dar a eles as cifras necessárias para traduzir mensagens codificadas que eles recebiam por métodos convencionais).

Em Fallout 3 existem várias estações de rádio que emitem mensagens em código Morse, como esta…


(YouTube)

Mas supostamente há também estações numéricas. A mensagem destas estações, quando traduzidas, revelam futuras datas importantes (como o dia da morte da Rainha da Inglaterra, por exemplo), entre outras coisas.

A lenda começou por causa deste post no fórum do site Snopes. Há um registro detalhado de como alcançar as tais estações, embora muito provavelmente o esforço seja em vão e esta seja mais uma história fictícia. Ou talvez não. Só tem um jeito de descobrir por você mesmo, ?

Polybius, um jogo que era experimento do governo

Segundo a fábula, Polybius era um jogo de arcade similar ao Tempest, da Atari, que apareceu nos Estados Unidos no começo dos anos 80. O jogo se tornou rapidamente uma febre, viciando diversos dos jovens que frequentavam o estabelecimento. De acordo com as versões mais consistentes da lenda, o jogo causava náuseas, tonturas, e — assim como a canção de Lavender Town —, comportamentos suicidas. Alguns jogadores supostamente se tornaram completamente contra videogames, tão negativa foi a experiência.

Para tornar a história ainda mais sinistra, há também o fato de que homens misteriosos extraíam informações da máquina diariamente. Dependendo de quem conta a história, tais homens eram agentes governamentais, que estavam retirando da máquina análises que ela fazia sobre os jogadores. Tudo seria um experimento do governo norte-americano a respeito dos gamers (sem seu conhecimento, óbvio).

Faz um tantinho de sentido se você suspender a sua descrença. Games se tornaram uma grande febre nos Estados Unidos no final dos anos 70 e começo dos anos 80. Não seria de todo esquisito que o governo ianque se interessasse em compreender os efeitos dos jogos.

Curioso a respeito do tal game? Bom, se você tiver coragem, aqui está um site que oferece uma versão para PC.

E eis algo que torna a lenda ainda mais misteriosa: em 2002 o canal americano G4 produziu um seriado chamado “Blister“. Os primeiros episódios foram dedicados a explorar a lenda a respeito de Polybius e, se possível, encontrar um arcade funcional. Houve 3 episódios sobre o assunto, e a série foi cancelada abruptamente antes do veiculamento do capítulo final que explicaria todos os mistérios por trás da máquina.

Pé-Grande em Grand Theft Auto: San Andreas

A série GTA sempre teve como característica um mundo aberto digital que dá liberdade de seguir a história original do jogo ou simplesmente zanzar pela cidade digital sem rumo e sem destino, atropelando gente indefesa e tentando fugir da polícia no processo.

E uma coisa que os contadores de lendas de games adoram são jogos com mundo abertos… As possibilidades de alguém explorar completamente o ambiente onde você disse que o fenômeno se manifesta são baixas.

Pé-Grande em GTA San Andreas

Pé-Grande em GTA: verdade ou mentira?

Logo que o jogo foi lançado, começaram a pipocar nos fóruns online relatos de que é possível encontrar o Pé-Grande no jogo, nas área de Back’o Beyond ou Mount Chiliad. Fotos e vídeos foram oferecido como provas, mas todos foram comprovadas como montagens ou mods do jogo original. Até hoje, não foi comprovado definitivamente se o Pé-Grande existe de fato no jogo ou se é fruto da imaginação fértil dos gamers.

Curiosamente, no pacote de expansão Undead Nightmare, para o jogo Red Dead Redemption, há uma missão que envolve matar Pés-Grandes. Ao matar o primeiro, a conquista “Six Years In The Making” é destravada. A frase pode ser traduzida livremente como “Finalmente, após seis anos”. Red Dead Redemption saiu em 2010, enquanto GTA San Andreas foi lançado em 2004, o que mostra que a conquista em questão é uma referência direta ao mito do Pé-Grande em San Andreas.

Mas a furtiva criatura estava lá mesmo ou era tudo uma lenda sem qualquer fundamento? Acho que nunca saberemos.

Mais sobre: , ,
  • Não vou dormir depois de saber dessas coisas!

    #fato

  • Marco Atonio

    Pelo que eu me lembre, eu achei o pé grande sim… td bem que era um jogo pirata, então podia ser um mod… era pro PS2… sei lá né…

  • Lenda urbana foda: Triforce, em Zelda: Ocarina of the Time

  • hahaha pode crer… eu tinha medo da lavander town no pokemom ‘-‘ :X

  • Sério. Olha a description desse vídeo aqui: http://www.youtube.com/watch?v=MK2iLnTR9V8&NR=1

  • Vinicius Kinas

    Li o post ouvindo a música do pokemon, e essa musica realmente dá agonia.

    Quando joguei pokemon, jogava ele no modo acelerado, então não tive essa sensação na cidade.

    Mas ainda bem que eu resisti até o fim de pokemon. hahaha

    Sobre os outros jogos, só conhecia a história do GTA-SA mas nunca dei muita bola pra história.

  • Giovanni

    Só faltou dizer ali que tanto o Red Dead Redemption e GTA são da mesma fabricante, a Rockstar Games, não que seja de total importância.

    Ótimo texto!

  • Belo texto Kid, quando vi no tuínter achei que fosse (mais um) repost daquele texto do HBD, mas ainda bem que eu estava enganado. Bom ver essas lendas diferentes, não conhecia a maioria!

    Não lembro de quando eu jogava Pokémon, mas era sempre no saudoso No$GMB acelerado, pra andar mais rápido 😛 mas agora, ouvindo a música enquanto lia o texto, me deu uma agonia 🙁

  • É…
    são só lendas urbanas, coisas que as pessoas inventam pra ficar mais tempo jogando pra conseguir achá-las.

  • Cássio

    essa para de estações numéricas rola na série fringe, tem um episódio que fala sobre isso :~

  • Raphael Bonelli

    Muito bacana o post, diversas lendas que eu não conhecia. Uma que eu adicionaria nesta lista é a famosa manha de empatar 10 vezes com o M.Bison (Vega no japonês) em Street Fighter 2 para enfrentar o Sheng Long. Se não me engano, tudo começou com uma brincadeira de primeiro de abril da revista EGM.

    A música de Lavender Town é sinissssstra. Os acordes são meio dissonantes, e a escala parece bem depressiva. Eu não escutaria ela por muito tempo não. :/

    • Denis

      Então, estou tentando ouvir ela aqui mais tá em 01:49 e parece q faz um tempão que você está ouvindo muito sinistra, sem dúvidas quem ouve ela inteira não fica normal.

  • lendas urbanas, o nome jah diz tudo, LENDA!

  • Agora que me lembrei dessa música. Eu já quase quebrei meu Game Boy por causa dela. Do nada ela começa a tocar enquanto ouvia rádio Pokemon no game ‘-‘.

  • Denis

    Música do Lavender Town deixa qualquer um retardado ele parece os sons do I-doser ‘-‘

  • Uma das lendas mais legais do GTA San Andreas é a da Área 69, e perto dessa área, uma caverna com restos humanos jogados! Essas lendas são sinistras!

  • GENTE! HAHAHAHA, a música de Pokémon me deu medo…

  • Darox

    Muito bem , correndo pro Fallout.

  • Ramon Melo

    Vocês vão rir disso, mas eu vou contar mesmo assim: quando eu era criança, morria de medo da cidade de Lavender, por causa dos fantasmas e dessa música. Precisei pagar a um amigo para ele passar dessa parte para mim! hahahahahahahha

  • Cadu

    Tem a lenda urbana do jogo amaldiçoado Zelda: Majora’s Mask, onde aparecem anormalidades no jogo sobre um garoto de nome Ben que era o antigo dono do jogo e morreu afogado. Tem toda uma história e videos (com certeza video editados ou até alguma espécie de mod).

  • LHRS

    A musica do pokemon me deu mais arrepios do que quando eu jogava F.E.A.R., é realmente bem interessante essas lendas que envolvem games em especial do Polybius.

  • Rafael The Mist

    Eu sou da época dos boatos do Atari, nem Lendas Urbanas eram. Tipo o que aconteceria se você chegasse ao final do Enduro (que até onde eu sei, não tem fim).

  • Ah, faltou a lenda urbana mais conhecida do Brasil, do rapaz que fez todo mundo sabe bem o quê em cima da lente do leitor de CD do Dreamcast dele :).

  • Icewings

    Quem nunca ouviu a do super metroid do SNES, se vc zerar em menos de uma hora e meia com 100% a samus ia aparecer pelada no final

  • Thio

    Eu lembro de uma lenda sobre um templo secreto no Zelda: Ocarina of Time. Tinha uma falha no jogo que permitia ver uma fórmula triângular no deserto e rolavam boatos de que aquilo era uma pirâmide que seria um templo secreto com a Triforce ou algo assim. Seria muito legal ver os programadores brincarem com isso no remake para 3DS agora.

  • Cesar

    Se não em engano rolava uma lenda urbana do America’s Army que se vc fosse bom vc seria mandado pra ser soldado do tio sam. Bem lenda urbana mesmo.

  • Luis

    Na época que eu jogava Shadow of the Colossus, falavam que tinha um ultimo Colosso secreto, que não dava pra matar, era só para “ver”… nunca vi. O mapa daquele jogo é enorme, nem dá pra explorar tudo =)

  • A musiquinha de Lavender Town realmente é sinistra!
    Velhos tempos!

    E eu nunca vi esse Pé Grande em GTA:SA… acho que é lenda.
    Ou eu que sou desatento xD

  • Eu tenho quase certeza que o Pé Grande do GTA é real, e também acho que seja verdade que haja essas estações do Fallout, não com previsões, mas só com números. Ambos easter eggs. De resto, eu acho que é tudo abobrinha. Talvez o jogo do governo seja real, mas duvido muito.

    Eu ja conhecia as lendas do Fallout e Pokemon. Ai vai uma dica pra quem quer ver mais. Joga no Google “Medo B” e vai na seção de CreepyPastas que tem mais 🙂