Pesquisadores da Universidade de Standford divulgaram ontem um estudo que sugere que as baterias do futuro terão uma duração incrivelmente maior do que atualmente podemos conceber. De acordo com a pesquisa da universidade, tais baterias vão ser capazes de serem usadas por até 30 anos sem apresentar quedas significativas em sua capacidade de armazenamento de energia.

De acordo com os autores Colin Wessells, Robert Huggins e Yi Cui, o segredo está em uma nova tecnologia de construção desenvolvida a partir de nano engenharia, que usa uma liga de cobre e ferro carregada com íons de potássio. “O potássio é capaz de se carregar de maneira positiva e negativa sem se degradar, permitindo a construção de uma bateria de alta potência”, afirmou o pesquisador Yi Cui em um artigo publicado na última edição da revista Nature.

Segundo os estudiosos o novo modelo é capaz de suportar até 40 mil ciclos de carga e descarga sem apresentar grande desgaste. Em comparação com os atuais modelos de íons de lítio, que não costumam suportar mais do que 500 ciclos sem perder boa parte da sua capacidade, isso representa uma melhora de até 80 vezes mais ciclos.

Assim como todo o desenvolvimento na área de baterias, ainda deverá levar um bom tempo até que elas apareçam em telefones e computadores, já que o custo e a tecnologia necessária para a a produção de sua liga de cobre e ferro ainda está bem longe do alcance das grandes companhias.

Com informações: CNET.

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Rodrigo Cardoso

7 anos depois, Dilma saiu do governo, temer assumiu, gasolina batendo 5 conto o litro, caminhoneiros em greve, Brasil um caos e a bateria do meu celular não dura nem 5 horas, talvez daqui mais tres anos as coisas melhorem

Felipe Augusto
3 anos depois, vim cobrar essa bateria.
jrpr2016
A forma de energia eólica também é interessante! Você além de perder uns quilos para movimentar a hélice, você pode manter seu celular carregado. Só não pode parar de correr. Vida Longa e Próspera.
harukinha
A maioria das baterias, em desenvolvimento, dificilmente vao para o consumidor, 95% ficam apenas na teoria, isto envolve custo na producao, seguranca aos usuarios, materiais utilizados, quantidades de cargas etc. Creio que o litio pode ser substituido sim, o custo do litio laminar, esta em volta de 400000 ~500000$ a tonelada no mercado internacional, devido a escassez do produto, e mais o litio da Bolivia, ate o momento, ninguem conseguiu extrair com sucesso, pois, estao encontrando barreiras tecnologicas, para a sua extracao. Uma das solucoes encontradas foi o silicio, que e o segundo maior em abundancia na face da terra (28%) depois do oxigenio. A empresa firacsss internacional (http://firacsss.hamazo.tv/e2893492.html), situado no arquipelago japones, desenvolveu uma bateria, 3 vezes mais eficiente, sem utilizar o litio, ou sodio; custo de material 10 vezes menor que o atual baterias de litio, carrega 10 vezes mais rapido, e, acima de 10000 cargas e recargas, 95% da capacidade de carga apos 11000 ciclos, no momento esta em fase de testes, para poder lancar ja no inicio de 2014. Este e apenas uma baterias atuais em desenvolvimento.
@LBKatan
Isso unido àquela bateria de 10x a capacidade das atuais, pronto. Sem problemas, meu jovens nerds. =D
@alexsfagundes
Espero sinceramente que logo esteja no comércio. Por que vou confessar a vocês, meu LG Optimus Black aguenta no máximo 4/5 horas de uso intensivo.
@amsalau
Isso se você considerar o uso da tecnologia apenas para aparelhos de consumo. Que tal se for usado para armazenar energia captada por painéis solares, turbinas eólicas, geradores piezoelétricos, turbinas marinhas ou ainda módulos padronizados para carros que poderiam passar de um modelo para outro? Tente não limitar a imaginação.
Breno Caldeira
Vou enriquecer a fonte de alimentação da minha bateria com banana :]
Camilo
Desnecessário, em 10 anos os aparelhos já terão sido substituido
Rodrigo Fante
Eu tenho um celular aqui que dura 14 dias com uma carga, o iPhone dura cm 3G ligado e navegando 1 dia e meio, não mais.
@amsalau
Carregadores estão sendo padronizados, mas as baterias não podem ser padronizadas porque elas encaixam nos aparelhos, que não são todos iguais. A tendência é que as baterias sejam cada vez mais personalizadas ainda, assumindo a forma dos aparelhos em que elas serão usadas.
@amsalau
Aguarde 3 anos e terá uma que vai durar mais do que isto e vai carregar muito mais rápido.
j2k
Por enquanto é só sonho...
Lucas
podia estar usando meu startac até hoje!
Jack Jones
Eu ficaria feliz se padronizassem as baterias e carregadores, pq pra cada aparelho vai uma bateria e carregador diferente...
Exibir mais comentários