O Procon-SP informou hoje que multou a B2W em 1,74 milhão de reais devido, dentre outras coisas, à grande quantidade de reclamações de clientes no estado de São Paulo. Como consequência, os sites controlados pela empresa, Americanas.com, Submarino e Shoptime, devem ser suspensos a partir de amanhã (15) para todo o estado. Para quem não lembra, essa possibilidade já existia desde novembro do ano passado quando a empresa foi informada pela primeira vez das irregularidades.

Agora deixa de ser uma hipótese

A B2W tentou recorrer pouco depois, ainda em novembro, mas a justiça ficou do lado do Procon-SP dessa vez. Segundo o aviso no site da entidade, a decisão da justiça “determina suspensão das atividades de e-commerce por 72 horas, a partir do dia 15 em todo o Estado de São Paulo”, o que indica que clientes de outros estados não serão afetados.

Quem acessar o site a partir de amanhã e for de São Paulo vai receber a mensagem “O Grupo B2W, em virtude de decisão proferida pela Fundação PROCON – SP, em processo administrativo de n° 2573/2010, está com as atividades de e-commerce suspensas em todo o Estado de São Paulo, por 72 (setenta e duas) horas, a partir de 15 de março de 2012”.

A B2W foi procurada pelo TB mas ainda não retornou nosso pedido de uma posição oficial da empresa sobre o assunto.

Ainda segundo o Procon-SP, a maioria das reclamações feitas pelos clientes eram de falta de entrega de produtos ou defeitos. Ao todo, foram 6.233 atendimentos registrados pela entidade em 2011, um aumento de 180% em relação aos 2.224 atendimentos em 2010.

A multa e suspensão vão causar um considerável rombo nos lucros da B2W, mas resta saber se esse rombo vai ser algo que deve fazer a empresa se mexer ou se vai ser prontamente ignorado.

Atualização às 17:13 | A B2W disse que trabalhou para resolver as reclamações no final de 2010 e fez o mesmo em 2011, de acordo com dados divulgados pelo SINDEC. Dr. Sergio Bermudes, advogado da empresa, disse que a B2W vai recorrer tanto da decisão quanto da multa por ser uma “agressão virulenta e infundada, violadora da garantia constitucional do livre comércio pela desproporcionalidade entre a multa, a pena e a alegada falta”.

Ele diz ainda que o atraso na entrega é um “fato que acontece em absolutamente todo o mundo e sempre decorrente de causas distintas. Comprovado o atraso das encomendas neste percentual, não é razoável a retirada dos sites da B2W do ar, nem a multa de quase 2 milhões de reais”.

Atualização às 09:10, dia 15/03
| Segundo a empresa o juiz Evandro Carlos de Oliveira, da 7ª Vara de Fazenda Pública de São Paulo, emitiu uma liminar que efetivamente suspende os efeitos da decisão do Procon que determinava a suspensão das vendas nos sites.

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

anonimus
concordo, nunca tive problemas, ou sou muito sortudo ou vc´s é que são de má sorte !!!
junior
eu nunca tive problemas eu compro em dois site submarinho e amerianas e precisa escolhe para nao ser enrolados
rafael procopio
ja mais somos a mais competent eequipe da america latina pois somos a melhor entao veja bem antes de critica a empresa pois a logistica de la e umas das melhores do mundo eu trabalha faz anos e sempre somos o campeao de venda
Tio Z
Impedidos nunca foram, agora entregar mesmo...ai é mais complicado...
Livs
Que bom! deixei de comprar nesses sites depois de problemas de não entregarem os produtos! E não tenho intenção de comprar nunca mais! B2W nunca mais! Que fechem e afundem!
Vinicius
Com o Submarino eu nunca tive problemas, mas em compensação com a Americanas praticamente toda vez que comprei, e jurei nunca mais comprar mais nada por lá.
@Mateus__RC
Na boa, já é 15/3, 1 da manhã e os 3 sites continuam no ar e sem nenhum aviso. Sou do estado de SP.
@rockdanx
Só pra confirmar, recebi minha TV em menos de 24 horas após a compra, estou escrevendo isso usando ela como monitor. Moro no grande ABC.
Leodemelo
Vão funcionar normalmente amanhã! Parece que não foi dessa vez rs. Mas prevejo uma leve queda de vendas amanhã nesses sites só pelas notícias.
Greg
eu ja comprei mta coisa e só deu merda uma vez e msm assim eu me dei bem.. eu comprei um LCD e veio trincado.. eu mandei de volta e na hr de mandar um novo n tinha o msm modelo.. então eu pedi pra me mandar um com valor menor e me passar o troco em vale troca.. mandaram o monitor certo.. e me deram um valo troca no valor cheio do monitor..! um vale troca no valor de 700 pila de graça[era pra ser só 50]..
@leozacche
Ao que parece, e para nosso desespero, o respeito ao consumidor não é a chave para o sucesso. O que eu presenciei desde o início: antes da B2W, quando eram apenas Submarino e Americanas separadas, ambas funcionavam muito bem. Tinham lá um episódio ou outro de vacilo, mas em geral eram boas. O Submarino tinha quase sempre o melhor preço do país, muitas vezes incluindo o frete. O Shoptime não, este sempre foi uma porcaria, desde o início. Daí então o Submarino juntou com a Americanas.com, incorporou o Shoptime (a primeira laranja azeda) e o Ingresso.com (com sua maravilhosa taxa de inconveniência). Nessa hora alguém deve ter visto que o Shoptime fazia mais dinheiro simplesmente contratando fornecedores muito baratos mas sem muito compromisso (quem quer saber de qualidade?). E a moda pegou no grupo todo. Funcionários baratos, com menor grau de instrução, com menor grau de profissionalização e com menos interesse em fazer um bom trabalho. Alta rotatividade. Treinar direito gente que entra e sai muito depressa é caro, então damos uma explicaçãozinha bem mais ou menos sobre os processos. Então ninguém sabe MESMO como as coisas funcionam. Não importa, é mais barato. Alguém teve a infeliz idéia de incorporar também a Blockbuster - sempre nos mesmos moldes. Talvez a competição da pirataria tenha ajudado a afundar a Block, mas o que antes era uma locadora fora-de-série, se tornou um lixo. Hoje as lojas híbridas de Americanas com Block são o caos total. Produtos amontoados pelos cantos, literalmente jogados. Me lembra lojas de material de construção. Filmes? Os atendentes não conhecem mais. E não se acham na obrigação de conhecer! Nessa junção, perderam meu cadastro, meus dependentes, me colocaram como dependente de uma mulher que nunca vi na vida e que tinha uma MEGA conta pendurada. Eu não ia pagar isso mesmo e não paguei. Foi quando eu percebi que eu podia alugar filme sem que eles achassem meu cadastro. Bastava apresentar minha antiga carteirinha que o código de barras nunca batia. Depois de tentar 3 vezes, eles me cobravam e liberavam o filme SEM REGISTRAR NO SISTEMA! Eu sempre devolvi os filmes, juro! Depois de tudo isso, eu vejo (bem) mais lojas da Americanas+Block na rua do que tinha antes. O Submarino vende mais, Americanas.com idem. O Ingresso.com agora está na Argentina, Chile e México. Sei não, mas embora me entristeça muito reconhecer, parece que a chave para o sucesso é não respeitar o consumidor. A concorrência? Globex (Ponto-Frio) vai pelo mesmo caminho agora no Grupo Pão de Açucar (Extra e outros, fora as marcas canibalizadas)...
@leozacche
Procon: A1! Empresa: água! Procon: B2! Empresa: água! Procon: B2...W! Empresa: Acertou um Submarino... um Shoptime e uma Americanas! Aí é hat trick!
@estefano_souza
"Ele diz ainda que o atraso na entrega é um 'fato que acontece em absolutamente todo o mundo e sempre decorrente de causas distintas. Comprovado o atraso das encomendas neste percentual, não é razoável a retirada dos sites da B2W do ar, nem a multa de quase 2 milhões de reais'." A maior loja de e-commerce do mundo, a Amazon, que entrega em todo o mundo, não possui um registro de uma taxa de atrasos e/ou problemas nas entregas nem próxima da taxa da B2W. Então, esse argumento do Sr. Sergio Bermudes já se esvazia por aí. O atestado da incompetência do e-commerce brasileiro começa quando se quer comparar ao resto do mundo. O Procon faz muito bem em defender os direitos da população a todo custo. Será que as empresas do e-commerce não se deram conta de que o respeito ao consumidor é a chave para o sucesso das vendas on-line?
ViictorHugo
Sorte sua² Já tive e meus amigos tbm ¬¬'
@AntonioVeras
Creio que tenha sido o Submarino, mas isso não é exatamente um problemas deles, mas sim de quem manuseia a entrega. Bobo é aquele que recebe uma encomenda sem verificar a integridade da embalagem.
Exibir mais comentários