O governo do Amapá anunciou na sexta-feira (23) um novo investimento para o estado. Serão R$ 60 mil investidos em equipamentos para cobrir alguns pontos das cidades de Macapá e Santana. Ainda não se sabe detalhes sobre quais pontos da cidade receberão os access points. O governo do Estado prometeu que a cobertura não ficaria apenas nas duas cidades, expandindo futuramente para os outros 16 municípios do estado. Com um número de cidades tão baixo, não fica difícil cobrir todo o estado com internet grátis.

O projeto visa expandir o acesso à internet para toda a população e, de imediato, beneficiar 30 mil pessoas. Atualmente, apenas 20% da população do Amapá possui acesso a internet — o que faz total sentido: no estado, o Oi Velox de 300 Kbps custa R$ 219,00. Só para fins de comparação, essa velocidade nem é comercializada nos estados do sudeste, onde se paga R$ 84,90 por uma conexão de 15 Mbps. O motivo desse preço absurdo é que o estado não é atendido por fibras ópticas, o que obriga as operadoras utilizarem uma rota que vai pela Bolívia e retorna pelo mar para Fortaleza.

R$ 219,00 por uma conexão de 300 Kbps.

Esse não é o primeiro projeto de cidades digitais: a cidade de Belo Horizonte é agraciada pela prefeitura com hotspots em diversos pontos turísticos da cidade. O mesmo acontece no Rio de Janeiro, mas, dessa vez, com uma cobertura mais significativa: em parceria com a TIM, o governo do Rio de Janeiro levou banda larga via Wi-Fi para toda a orla da cidade, para a favela da Rocinha e o Complexo do Alemão.

Vale ressaltar que, recentemente, o programa de TV Fantástico descobriu uma fraude no projeto Jampa Digital, que levaria o mesmo benefício para a cidade de João Pessoa. A verba explorada pelo governo foi muito maior: foram R$ 27 milhões gastos em um projeto acusado de ser fraudulento.

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Tone Lage II
1 ano e meio atrás e parece que mudou pouco. Será que mudou? Como andam os projetos das cidades digitais no Amapá-AP.
Lucas Leandro Vivan
e eu achando facada 49,90 por 600k e 1mbps
@gabrielcalais
Que isso... No power combo (TV, internet e telefone) da GVT, to pagando pela internet de 15 MB R$59,90... É tão absurdo que chega a ser difícil de acreditar. Eu só acreditei mesmo quando olhei no site da Oi.
@DanielOSilva
pago esse valor em 300Kbps
@ViniciusGhietti
Creeeddooooo que absurdo, eu reclamando do meu 3G 34,90 pelo menos chega e as vezes ate passa de 1 mega. Se na regiao pegar 3G instalem pq e mehlro que isso eu heeim
Vitor
Pra esse pessoal vale mai9s a pena vim morar no sudeste.
Zarohpyel Nefilim (@rodrigorsena)
Mas acho que isso não vai acorrer, o governo do estado do amazonas (Não sei se você mora em Manaus) depois que acabou de construir a ponte Manaus Iranduba pelo Rio negro, agora querem fazer a ponte sobre o rio Amazonas! ai acho que as operadoras passariam os cabos pela ponte!
ricardo
É verdade, mas as empresas só terão boa vontade para fazer isso se tiverem certeza de que o investimento será lucrativo. Caso contrário, a iniciativa teria que partir do poder público, o que exige muita vontade política. De qualquer forma, não custa ter esperança.
Zarohpyel Nefilim (@rodrigorsena)
Isso que eu tava pensando por que não fazer similar aos lançamentos de cabos submarinos? Mas como todos sabemos a boa vontade das empresas de telefonia aqui no Brasil!
ricardo
Para fazer isso seria necessária uma operação similar às de lançamento de cabos submarinos. Provavelmente se tornará viável no futuro.
@IvanildoIII
Já estou até imaginando a Oi falando: "- Já que a gente não pode cobrar R$ 300 no Amapá, nós vamos cobrar R$ 150 de todo mundo. \o/"
Silas Piacenti
A Net me cobrou mais de R$ 150,00 além do que era pra ser cobrado... ou seja... passou dos R$ 225,00... Fera... E era ridículo a velocidade. Speedy nunca trava e quando preciso de suporte é na hora... rapidinho o cara aparece aqui... daí eu não entender quando reclamam da Telefonica... devo ter tido sorte... Bom, o fato é que com menos de R$ 120,00 atualmente e em breve menos de R$ 70,00, pago quase 25Mbps... tá bom pra mim. :) E não preciso ter TV a cabo que não quero ter e meus telefones eu pago só o plano que quero ter... um é R$ 35,00 e o outro R$ 50,00... Ou seja, na faixa de R$ 200,00 tenho duas linhas que me atendem muito bem e uma boa conexão... E o preço se corrige sim todo ano, mas ligo lá e entro no plano novo mais barato, todo ano. Simples.
Silas Piacenti
Eu tenho 2 Speedy de 08Mbps cada. (A navegação é ótima, chega a 10, 12Mbps em cada cone'xão). Um eu pago R$ 69,90 e o outro R$ 49,95 (era R$ 89,90). Em breve pagarei R$ 39,95 em cada um, pois após um certo tempo, é só pedir 50% de desconto e atualização de preços. Venho fazendo isso desde que era R$ 189,90 por 4Mbps. Pena que não tem mais que 8Mbps no Speedy convencional. (Não chega fibra aqui e a NET de 20Mbps, que dizem ser a mais rápida que chega aqui, é compartilhada, era uns 4Mbps só na prática... tem que ter TV a cabo e eles me cobraram errado TODOS os meses, mais de R$ 150,00 por mês. Então, pra eu ter meus 20, 25Mbps, eu uso um roteador Dual Wan da D-Link. Excelente. Netflix nunca engasga em filmes HD... Desktops, Notebooks, Tablets e Smartphones e outros equipamentos on-line, juntos, na boa... Ou seja... é só saber ligar e reclamar. :) (Moro na Zona Norte da Capital de São Paulo).
@diogobuique
Um absurdo essa disparidade de preços... em alguns casos existe até diferença de preços entre regiões... cadê a Anatel para padronizar isso??
Iago
Já existiam os hotspots nas praças em Macapá, foram inaugurados no ultimo dia 23, mas por falta de segurança, roubaram os cabos de conexão.
Exibir mais comentários