Início » Aplicativos e Software » “Eletrônicos feitos na China podem causar milhares de mortes nos EUA”, diz ex-conselheiro de segurança

“Eletrônicos feitos na China podem causar milhares de mortes nos EUA”, diz ex-conselheiro de segurança

Por
7 anos atrás

Na humilde opinião de Richard Clarke, ex-conselheiro de segurança e ações de contra-terrorismo durante o governo Bush, a excessiva dependência dos EUA em eletrônicos fabricados na China é um “calcanhar de Aquiles” nas defesas do pais que poderá provocar “milhares de mortes”.

A declaração aconteceu durante uma entrevista dada por Clarke à Smithsonian Magazine, revista de variedades editada pelo Instituto Smithsonian, complexo de pesquisa fundado e administrado pelo governo dos Estados Unidos. “[A dependência em eletrônicos chineses] é uma falha grave em um mundo em que o governo chinês invade sistemas governamentais de outros países em troca de informações”, disse.

Eles podem estar fabricando um iPhone. Ou um vírus para atacar os Estados Unidos.

Em sua opinião, “bombas lógicas” e trojans importados em aparelhos chineses poderão provocar perdas econômicas ou de competitividade. “Pesquisas poderão ser enviadas diretamente para a China (…) ou, pior, esses backdoors podem ser usados para fins militares”, divaga. Em sua opinião, “todas as grandes empresas dos EUA já foram invadidas por hackers chineses”.

Antes de levantarem a voz contra Clarke, bom lembrar que ele sabe o que fala. Em 2010, um vírus criado pelo governo dos EUA conseguiu sabotar o programa nuclear iraniano, fazendo os equipamentos de precisão do país funcionarem de maneira inadequada e, assim, quebrarem. Por outro lado, o site The Verge lembra que atualmente ele dirige uma empresa de consultoria em segurança e que, talvez, esteja provocando algum alarde para promover seu negócio.

Mais sobre: ,