AdMob: Android supera iPhone nos EUA; continua atrás no mundo.

Juarez Lencioni Maccarini
Por

iPhone pela primeira vez é superado pelo Android nos EUA (AdMob)

A empresa especializada em publicidade para dispositivos móveis AdMob (comprada pelo Google em novembro de 2009) divulgou o seu relatório mensal que procura mostrar o panorama do mercado de smartphones mundial baseado na impressão de anúncios da empresa, líder mundial do segmento. O relatório referente ao mês de março de 2010 mostra vários dados interessantes. Veja alguns deles:

  • Em setembro de 2009, apenas dois aparelhos (HTC Dream e HTC Magic) representavam 96% do tráfego do sistema operacional Android. Sete meses depois, onze aparelhos representam 96% do tráfego de Androids;
  • Pelo menos 54% do tráfego de Androids veio de dispositivos com teclado QWERTY;
  • Há uma divisão equilibrada entre as versões do Android gerando o tráfego da AdMob: Android 1.5 (38%), Android 2.0 / 2.1 (35%) e Android 1.6 (26%). (Para uma reflexão sobre isso, leia “A incrível corrida pelos updates do Android,” por Henrique Martin);
  • No iPhone OS, por outro lado, 86% do tráfego vem de dispositivos rodando as duas versões mais recentes do sistema (3.1.3 ou 3.1.2), e apenas 5% vem de dispositivos rodando a versão 2.x ou 1.x;
  • O tráfego do iPhone OS é composto em 61% proveniente de iPhones e 39% de iPod Touches. O iDevice que gera mais tráfego é o iPhone 3GS (39%), seguido pelo iPod Touch de segunda geração (25%). iPhones e iPod Touches de primeira geração representam cada um apenas 2% do tráfego da Admob;
  • A América Latina representa apenas 4,1% das requisições na rede da AdMob;
  • No mundo, 46% do tráfego vem do iPhone OS, 25% do Android e 21% do Symbian;
  • Nos EUA, 46% do tráfego vem do Android (passando o iPhone OS pela primeira vez), 39% vem do iPhone OS e 7% vem dos BlackBerries;
  • No Reino Unido, 70% do tráfego vem do iPhone OS, 13% do Android, 11% do Symbian e 5% do BlackBerry OS;
  • Na Indonésia, Filipinas e Índia o Symbian domina o mercado, sendo responsável por mais de 90% do tráfego da AdMob em cada um desses países — na África do Sul ele é responsável por 80%;

Veja abaixo a galeria com alguns dos gráficos da pesquisa. O relatório na íntegra pode ser acessado por este link.

Relacionados

Relacionados