Foi uma surpresa quando a Microsoft anunciou, no ano passado, o lançamento de um aplicativo do Bing para o iPhone. Naquela época ainda não se falava no Windows Phone 7 como possível concorrente do iPhone OS iOS, mas foi um passo curioso da empresa liderada por Steve Ballmer.

Dessa vez a empresa de Redmond parte para cima do Google.

Na segunda-feira (30), o grupo responsável pelo Bing anunciou a liberação de um aplicativo do buscador para o Google Android, a plataforma móvel desenvolvida pelo gigante das buscas (e pela Open Handset Alliance, mas quem se importa?) que hoje em dia é considerada o principal arqui-inimigo da Apple com seu iOS. Entre os recursos oferecidos, está a busca por textos, imagens, notícias, mapas e instruções de direção.

Assim como acontece na página inicial do Bing.com, o aplicativo do Bing para Google Android terá uma nova imagem todos os dias. Essa é uma forma que o buscador da MS encontrou de se destacar dos demais, tanto que mais tarde o Google implementou papeis de parede na home do Google.com.

Inicialmente o Bing para Android pode ser baixado gratuitamente por clientes da operadora Verizon Wireless (nos Estados Unidos). Ele está disponível no Android Market.

O interessante é ver a mudança no pensamento da Microsoft. A empresa sabe que concorre com Apple e Google no mercado de plataformas para dispositivos móveis e vai lutar até o fim contra seus concorrentes, mas também reconhece que não pode ignorar essas plataformas no que diz respeito ao mercado de buscadores. Uma decisão inteligente.

Receba mais notícias do Tecnoblog na sua caixa de entrada

* ao se inscrever você aceita a nossa política de privacidade
Newsletter
Thássius Veloso

Thássius Veloso

Editor

Thássius Veloso é jornalista especializado em tecnologia e editor do Tecnoblog. Desde 2008, participa das principais feiras de eletrônicos, TI e inovação. Na mídia, também atua como comentarista da GloboNews e da CBN, além de ser palestrante, mediador e apresentador de eventos. Já apareceu no Jornal Nacional, da TV Globo, e publicou artigos na revista Galileu e no jornal O Globo. Ganhou o Prêmio Especialistas em duas ocasiões e foi indicado diversas vezes ao Prêmio Comunique-se.

Canal Exclusivo

Relacionados