Presidente da França diz que “web não é um universo paralelo”

João Brunelli Moreno
Por
Carla Bruni: esposa de Sarkozy, modelo e cantora

Carla Bruni: modelo e cantora que ilustra esse post por ser esposa de Sarkozy

Em seu discurso durante a abertura do encontro dos países do G8 em Paris, na França, o presidente Nicolas Sarkozy levantou alguns questionamentos em relação a neutralidade na web e o impacto da rede sobre a produção de conteúdo protegido por direitos autorais.

Ao ser indagado por um jornalista norte-americano se aceitaria assinar um tratado se comprometendo a “não machucar a internet”, o presidente francês disse que “A revolução global que estamos vendo é pacífica e não acontece em campos de batalha, mas sim nas universidades” disse a uma plateia que era composta por famosos nomes do mundo da tecnologia, como Erich Schmidt (ex-CEO do Google), Jimmy Wales (guru-fundador da Wikipedia) e Mark Zuckerberg (do Facebook).

“Mas este mundo que vocês representam não é um universo paralelo em que regras legais e morais que regem nossa sociedade democrática não são aplicáveis”, completou. “A partir do momento em que a internet se tornou uma peça cotidiana da vida da maioria das pessoas, seria um contradição manter os governos longe deste imenso fórum” disse, finalizando defendendo que “controles sobre atividades ilegais na rede jamais poderiam ser considerados prejudiciais”.

Desde 2009 a França tem em vigor uma das leis anti pirataria mais rigorosas da Europa, em que os navegantes têm sua movimentação na rede constantemente moderada, à procura dos usuários que fazem downloads de arquivos ilegais de conteúdo protegido por direitos autorais.

Com informações: BBC