iPhone 12: Apple entrega novo software para autoridades da França

Órgão regulador das telecomunicações diz que iPhone 12 emite radiação além do limite permitido. Empresa provavelmente vai reduzir a potência do modem.

Thássius Veloso
Por
iPhone 12 (Imagem: Darlan Helder/Tecnoblog)
iPhone 12 chegou ao mercado em 2020 (Imagem: Darlan Helder/Tecnoblog)

A Apple entregou uma nova versão do software do iPhone 12 para as autoridades da França, em meio às críticas de que o celular emite radiação além do limite permitido. O trâmite ocorreu hoje, dia 26. Os franceses terão a palavra final sobre a conformidade do sistema antes que a empresa o libere para os usuários naquele país.

De acordo com a agência Reuters, os funcionários da Apple cumpriram o prazo estabelecido pela França. A venda do iPhone 12 está proibida no país desde que o assunto veio à tona, em 15 de setembro.

Cabe explicar que a medida vale especificamente para o iPhone 12 tradicional. Ela não impacta o iPhone 12 Mini, o iPhone 12 Pro e o iPhone 12 Pro Max. Desde o início do caso, a Apple assumiu a postura de conversar com as autoridades para decidir os próximos passos.

Os limites de radiação

Antes de chegar a este resultado, a Apple forneceu documentos de conformidade com os níveis de radiação em diversas partes do planeta. Na própria União Europeia, por exemplo, o limite é de 2 W/kg em 10 gramas de tecido. O teste tenta simular o celular próximo ao ouvido do usuário.

A questão é que a França utiliza uma metodologia diferente, levando em consideração a proximidade dos vários membros do corpo, como no bolso da calça. Por lá, o limite é de 4W/kg e o iPhone 12 bateu a marca de 5,74 W/kg.

iPhone 12 (Imagem: Darlan Helder/Tecnoblog)
iPhone 12 (Imagem: Darlan Helder/Tecnoblog)

Impacto no modem

Por enquanto não sabemos os detalhes sobre as mudanças no software que a Apple deverá liberar para iPhones na França. O site especializado AppleInsider levanta a hipótese de que o modem será impactado com uma performance pior. Este componente – essencial para captar redes 5G etc – não conseguiria, a partir de agora, encontrar as conexões em áreas com sinal fraco, pois isso exige mais energia e mais radiação.

A expectativa é de que o update de software resolva o caso. Além da França, o tema ganhou interesse de diversos países. Aqui mesmo, no Brasil, temos a confirmação de que a Secretaria Nacional do Consumidor (vinculada ao Ministério da Justiça) e a Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) acompanham o caso.

Relembre o review do iPhone 12: “fino, poderoso e eficiente em quase tudo”

Com informações: Reuters e AppleInsider

Receba mais sobre Apple na sua caixa de entrada

* ao se inscrever você aceita a nossa política de privacidade
Newsletter
Thássius Veloso

Thássius Veloso

Editor

Thássius Veloso é jornalista especializado em tecnologia e editor do Tecnoblog. Desde 2008, participa das principais feiras de eletrônicos, TI e inovação. Na mídia, também atua como comentarista da GloboNews e da CBN, além de ser palestrante, mediador e apresentador de eventos. Já apareceu no Jornal Nacional, da TV Globo, e publicou artigos na revista Galileu e no jornal O Globo. Ganhou o Prêmio Especialistas em duas ocasiões e foi indicado diversas vezes ao Prêmio Comunique-se.

Canal Exclusivo

Relacionados