Arquivo Legislação

FTC fecha cerco a posts pagos e mimos

Thássius Veloso
Por

As melhores ofertas,
sem rabo preso

A FTC (Federal Trade Commission), órgão que regula negociações comerciais nos Estados Unidos, revisou seu guia de recomendações e testemunhais na publicidade. O resultado é que blogueiros independentes que não forem capazes de informar aos leitores sobre resenhas, posts pagos e presentes ganhos poderão pagar até US$ 11 mil em multas (o equivalente a quase R$ 20 mil).

“O post de um blogueiro que recebeu dinheiro ou algum tipo de pagamento para analisar um produto é considerado uma recomendação. Portanto, blogueiros que fazem recomendações devem informar as relações materiais que eles mantém com o vendedor do produto ou serviço”, diz o comunicado da FTC.

bolinho-de-dolarNão são só os blogueiros que estão na mira da FTC. Celebridades também terão que fazer o chamado full disclosure, quando são obrigadas a informar algum tipo de relação estabelecida com o fabricante para obtenção daquele produto ou serviço que está sendo recomendado. No exemplo dado pela FTC, um artista de Hollywood que recomenda um carro através do Twitter deverá avisar caso o veículo tenha sido um presente da montadora.

Desde junho a FTC vem prestando atenção em testemunhais e recomendações feitos por blogueiros. Nos Estados Unidos, assim como no Brasil, tornou-se comum que blogueiros não informem as relações comerciais que mantêm com empresas que contratam posts pagos ou fornecem “mimos”.

Pena que a FTC não tem jurisdição no Brasil. [CNET/Foto(cc)]

Thássius Veloso

Ex-editor-executivo

Thássius Veloso foi editor e editor-executivo do Tecnoblog de 2008 a 2014. Liderou o noticiário e cobriu de perto os maiores acontecimentos do mercado de eletrônicos de consumo, games e serviços. É jornalista, palestrante e apresentador de tecnologia na rádio CBN e no canal de TV por assinatura GloboNews.

Mais Populares

Responde

Relacionados

Em destaque