Comparador revela plano de celular mais barato

Associação lança ferramenta que compara preços praticados por operadoras.

Thássius Veloso
Por

São Paulo — A associação de defesa do consumidor Proteste lançou uma ferramenta que tem tudo para ajudar o consumidor em busca de bons planos de telefonia celular, considerando os variados perfis de uso. Reportagem do jornal O Globo aponta que a diferença de preço entre os planos para celular pode acarretar economia de cerca de R$ 4 mil por ano para quem mora no Rio e R$ 5 mil para quem mora em São Paulo.

Não é um valor desprezível, em absoluto. Com esse dinheiro dá para realizar pequenos acertos em casa (quem não tem uma breve reforma para fazer?), viajar para o exterior ou ainda comprar um pacote completo com o melhor videogame, a melhor televisão e um par de bons games — acho que essa opção é a que mais vai agradar os leitores do Tecnoblog.

Acesse o simulador da Proteste (nota: a Proteste aparentemente desativou o link depois da enxurrada de acessos).

O Tecnoblog publicou comparativo com pacotes de dados nas principais operadoras em novembro do ano passado.

Ajuda para consumidor

O comparativo da associação foi feito baseando-se em três perfis de consumidor: simples (fala até cem minutos por mês), casal (900 minutos por mês) e família (combinado com quatro linhas telefônicas, 600 minutos para falar entre si e 800 para outros telefones). Há vários detalhes para cada tipo de perfil que O Globo evidencia e o site da Proteste também explica.

Em São Paulo a CTBC tem os planos mais em conta para os perfis moderado e frequente. Para o perfil de grupo figura a Oi com o plano Oi Família À Vontade por R$ 209 mensais. A Oi é a operadora que oferece os melhores preços para clientes do Rio de Janeiro, não importa o perfil. Nada mais justo, tendo em vista que a Oi é uma empresa baseada no Rio que sempre se posicionou de forma agressiva lá na minha terra.

A Proteste também oferece ferramenta para personalizar o perfil de consumo e, assim, ter a melhor oferta considerando informações como quantidade de ligações DDD, envio de torpedos ou os períodos em que mais fala.

Os dados da associação foram colhidos em janeiro, com informações de quase 3 mil planos de seis operadoras de telefonia móvel em 19 estados. Não consideraram internet móvel. Claro que, de lá para cá, os valores podem ter mudado. É sempre um desafio fazer esse tipo de levantamento devido à rapidez com que o setor de telecom se move — desabafo de quem cobre o mercado.

A iniciativa da Proteste é mais do que bem-vinda. Serve de norte para quem procura uma operadora de celular e não sabe quais planos verificar. Casos à parte, porém, devem ser estudados com cautela. No meu uso cotidiano do celular, por exemplo, falo demais com familiares que estão em outra cidade. Devido a isso fico preso numa operadora que oferece chamadas “ilimitadas” intra-rede, ainda que para outro estado, por valor fixo mensal.

Atualizado às 12h27.

Thássius Veloso

Ex-editor-executivo

Thássius Veloso foi editor e editor-executivo do Tecnoblog de 2008 a 2014. Liderou o noticiário e cobriu de perto os maiores acontecimentos do mercado de eletrônicos de consumo, games e serviços. É jornalista, palestrante e apresentador de tecnologia na rádio CBN e no canal de TV por assinatura GloboNews.

Relacionados

Relacionados