Guias Celular

Comparativo: Galaxy S21 ou S21 FE; qual é a diferença?

Samsung Galaxy S21 e S21 FE se assemelham pelo processador Exynos 2100 mas se diferenciam pela versão do Android, memória RAM e mais

Bruno Gall De Blasi
Por

As melhores ofertas,
sem rabo preso

Demorou, mas a Samsung lançou o Galaxy S21 FE em janeiro de 2022. O celular marcou a sua estreia no Brasil com Android 12 de fábrica, ficha técnica avançada, câmera tripla e o mesmo visual do Galaxy S21, smartphone anunciado no começo de 2021. Mas qual é a verdadeira distinção entre os telefones revelados com um ano de diferença? Confira o comparativo a seguir e conheça os detalhes da dupla.

Comparativo: Galaxy S21 ou S21 FE; qual a diferença? (Imagem: Guilherme Reis/Tecnoblog)
Comparativo: Galaxy S21 ou S21 FE; qual é a diferença? (Imagem: Guilherme Reis/Tecnoblog)

O que muda entre o Galaxy S21 e o Galaxy S21 FE?

Galaxy S21Galaxy S21 FE
Sistema operacional (lançamento)Android 11 (One UI 3)Android 12 (One UI 4)
TelaAMOLED Dinâmico 2X de 6,2 polegadas com resolução Full HD+ (2400 x 1080 pixels) e taxa de atualização de 120 HzAMOLED Dinâmico 2X de 6,4 polegadas com resolução Full HD+ (2400 x 1080 pixels) e taxa de atualização de 120 Hz
Câmera– principal: 12 megapixels (f/1,8)
– ultrawide: 12 megapixels (f/2,2)
– teleobjetiva: 64 megapixels (f/2)
– principal: 12 megapixels (f/1,8)
– ultrawide: 12 megapixels (f/2,2)
– teleobjetiva: 8 megapixels (f/2,4)
Memória RAM8 GB6 GB

Android 12 de fábrica

O Android 12 é um dos principais atrativos do Galaxy S21 FE. Ainda que o Galaxy S21 tenha recebido a atualização em dezembro de 2021, é provável que o modelo mais recente seja atualizado por mais tempo. Isto porque a Samsung promete três versões do sistema operacional e mais quatro anos de atualizações de segurança, podendo levá-lo, possivelmente, até o Android 15.

O Galaxy S21 veio ao mundo com o Android 11 e a mesma promessa. Ou seja, é esperado que o telefone da marca sul-coreana seja atualizado somente até o Android 14, quando a nova versão estiver liberada pelo Google a todos os usuários. Já a disponibilização dos pacotes de segurança segue a mesma regra: quatro anos. 

Galaxy S21 FE foi lançado com Android 12 de fábrica (Imagem: Paulo Higa/Tecnoblog)
Galaxy S21 FE foi lançado com Android 12 de fábrica (Imagem: Paulo Higa/Tecnoblog)

Tela maior de 6,4 polegadas

Sim, colocando os celulares lado a lado, chega a ser difícil dizer quem é quem. Mas há uma diferença crucial que pode ser um divisor de águas para algumas pessoas: o Galaxy S21 FE tem tela de 6,4 polegadas enquanto o Galaxy S21 tem painel de 6,2 polegadas. O celular ainda é menor que o Galaxy S21+, que tem 6,7 polegadas.

De resto, as especificações da dupla são similares. Os dois modelos têm painel AMOLED Dinâmico 2X com resolução Full HD+ e taxa de atualização de 120 Hz. As demais características em comum ficam pelas laterais retas e, claro, o furo para abrigar a câmera frontal localizado na porção central do display.

Outra diferença fica pelo leitor de impressões digitais. Enquanto o Galaxy S21 tem o sensor ultrassônico, o Galaxy S21 FE possui o leitor óptico, que é um pouco mais simples. O brilho do novo celular também é menor, conforme pudemos observar em nossos testes preliminares realizados em janeiro de 2022.

Samsung Galaxy S21 tem tela de 6,2 polegadas (Imagem: Paulo Higa/Tecnoblog)
Samsung Galaxy S21 tem tela de 6,2 polegadas (Imagem: Paulo Higa/Tecnoblog)

Câmera tripla de 12 megapixels

O conjunto fotográfico também é parecido. Comecemos pelo visual, já que a base que abriga os sensores é literalmente igual. Ou seja, os dois celulares Samsung Galaxy organizam os componentes em fileira, na vertical. Mas há diferença nos arranjos.

O Galaxy S21 FE veio ao mundo com a câmera principal de 12 megapixels, uma ultrawide de 12 megapixels e outra teleobjetiva de 8 megapixels. Já o Galaxy S21 possui os sensores principal e com a lente ultrawide com as mesmas resoluções.

A câmera com lente teleobjetiva do Galaxy S21, por outro lado, tem 64 megapixels. Ainda que precise de mais testes para comprovar, esta é uma diferença que pode conferir algumas vantagens ao tirar fotos com zoom. Mas a variante FE possui câmera frontal de 32 MP enquanto a edição convencional tem 10 MP.

Mesmo assim, é importante observar que a resolução não diz tudo sobre a câmera. Os 32 MP permitem capturar fotos maiores, o que é interessante para quem pensa em cortá-las posteriormente. No entanto, é preciso realizar testes mais aprofundados para apontar a qualidade do conjunto fotográfico. Para fins de referência, o Galaxy S21, mesmo com seus 10 MP, deve agradar em selfies, como conta Paulo Higa em seu review.

Além disso, o Galaxy S21 FE filma em até 4K a 60 quadros por segundo (qps) enquanto o Galaxy S21 grava vídeos em até 8K a 24 qps. Não é um recurso que vai ser utilizado pela maioria dos consumidores (ocupa muito espaço no telefone e 24 quadros por segundo não entregam a fluidez dos 60 fps), mas é uma perfumaria interessante — e pode ser útil para quem trabalha com audiovisual.

Galaxy S21 FE possui câmera tripla de 12 megapixels (Imagem: Paulo Higa/Tecnoblog)
Galaxy S21 FE possui câmera tripla de 12 megapixels (Imagem: Paulo Higa/Tecnoblog)

Bateria levemente maior e menos RAM

O celular da Samsung lançado no começo de 2022 também leva uma pequena vantagem em relação à bateria. O smartphone vem com um componente de 4.500 mAh. Já o S21 tem uma peça de 4.000 mAh. Em comum, a dupla ainda possui sistema de carregamento reverso (Wireless PowerShare) e recarga sem fio.

Os usuários brasileiros, no entanto, levam menos memória RAM para casa ao comprar o Galaxy S21 FE. Isto porque o celular está à venda no Brasil apenas com 6 GB. Enquanto isso, o Galaxy S21 segue disponível nas lojas com 8 GB.

Ou seja, o S21 tende a aguentar mais aplicativos abertos simultaneamente do que o S21 FE.

O que não muda entre o Galaxy S21 e o Galaxy S21 FE?

Galaxy S21Galaxy S21 FE
ProcessadorExynos 2100Exynos 2100
Armazenamento128 GB128 GB
Cartão microSD?nãonão
Samsung Pay?simsim

Edição brasileira com o processador Exynos 2100

Ainda assim, há semelhanças na ficha técnica. É o caso do processador Exynos 2100, um chip octa-core que marca presença em toda a linha Galaxy S21 comercializada no Brasil. Em alguns países, a Samsung vende os quatro celulares (S21, S21+, S21 Ultra e S21 FE) com o processador Qualcomm Snapdragon 888.

Há outros pontos em comum na ficha técnica que merecem o destaque. É o caso do suporte ao 5G e ao Wi-Fi 6. Os celulares ainda têm Bluetooth 5.0, NFC para pagamentos por aproximação com o Samsung Pay e GPS. Ambos também contam com porta USB-C e não possuem entrada dedicada para fones de ouvido (3,5 mm).

Samsung Galaxy S21 (foto) e S21 FE não têm entrada para cartão de memória microSD (Imagem: Paulo Higa/Tecnoblog)
Samsung Galaxy S21 (foto) e S21 FE não têm entrada para cartão de memória microSD (Imagem: Paulo Higa/Tecnoblog)

128 GB de espaço, mas sem microSD

Outra semelhança fica pelo armazenamento. No Brasil, a Samsung optou por vender somente a edição do Galaxy S21 FE com 128 GB. O mesmo acontece com o Galaxy S21, que está disponível no comércio nacional com a mesma quantidade de memória interna.

A ausência da entrada para cartão de memória também é ponto em comum. Em 2021, a Samsung removeu a entrada para inserir o microSD nos celulares da linha Galaxy S21. Um ano depois, a decisão permaneceu de pé e também foi levada para o Galaxy S21 FE.

Samsung Galaxy S21 FE possui porta USB-C (imagem: Paulo Higa/Tecnoblog)
Samsung Galaxy S21 FE possui porta USB-C (imagem: Paulo Higa/Tecnoblog)

Cara de um, focinho do outro

Como foi dito anteriormente, a dupla é tão parecida que é fácil de confundi-los. Os dois modelos têm a parte de trás de plástico e com a mesma base que abriga o conjunto fotográfico triplo. A tela plana com bordas finas e um furo para abrigar a câmera frontal também entram na lista de semelhanças entre os dois modelos.

Os dois também têm certificação IP68 e diversas opções de cores. É possível encontrar o Galaxy S21 nas opções branco, cinza, rosa e violeta. Já no caso do Galaxy S21 FE, a Samsung comercializa o celular nas cores branco, preto, violeta e verde.

Samsung Galaxy S21 foi lançado com Android 11 de fábrica (Imagem: Paulo Higa/Tecnoblog)
Samsung Galaxy S21 foi lançado com Android 11 de fábrica (Imagem: Paulo Higa/Tecnoblog)

E aí, qual comprar?

Os dois celulares têm tantas características em comum que chega a ser um pouco difícil apontar as diferenças. Ainda assim, isto não significa que os dois são iguais. Como podemos ver, há dissemelhanças em pontos específicos, como a versão do Android, quantidade de memória RAM e afins. Mas, afinal, qual comprar?

Olhando apenas para a ficha técnica, o Galaxy S21 tende a ser uma opção levemente mais potente. Isto porque o celular tem memória RAM de 8 GB, o que tende a auxiliar na execução de muitas tarefas ao mesmo tempo. Além disso, por estar há cerca de um ano no mercado e com a chegada do Galaxy S22 esperada para fevereiro de 2022, este modelo também tende a ser encontrado com preços menores em um primeiro momento.

O Galaxy S21 FE é um modelo mais novo, e possivelmente receberá atualização por mais tempo. Também há a vantagem em relação à tela levemente maior que não chega a ser tão grande como o Galaxy S21+, o que pode ser um incremento bem-vindo para algumas pessoas. O outro lado é que o smartphone possui algumas especificações inferiores, como a câmera com lente teleobjetiva de 8 megapixels. Ou seja, ele é quase que completamente parecido, mas não é igual.

O Galaxy S21 chegou ao Brasil em fevereiro de 2021 por R$ 5.999. Já o Galaxy S21 FE é uma opção mais recente, lançada em janeiro de 2022, com o preço sugerido de R$ 4.499. Portanto, deve levar um tempo até o smartphone de 2022 ser encontrado no varejo com valores mais acessíveis.

Esse conteúdo foi útil?

Bruno Gall De Blasi

Bruno Gall De Blasi é jornalista e cobre tecnologia desde 2016. Sua paixão pelo assunto começou ainda na infância, quando descobriu "acidentalmente" que "FORMAT C:" apagava tudo. Antes de seguir carreira em comunicação, fez Ensino Médio Técnico em Mecatrônica com o sonho de virar engenheiro. Entrou para o Tecnoblog em 2020 e também escreveu para o TechTudo e iHelpBR.

Mais Populares

Responde

Relacionados

Em destaque