Comparativo: iPhone SE (2022) vs iPhone SE (2020); o que muda?

Terceira geração do iPhone SE atualiza processador para melhorar desempenho; comparativo ajuda você a decidir se as mudanças justificam upgrade

Ana Marques
Por

A Apple fez o lançamento de uma nova geração do iPhone SE em 2022. O modelo promete desempenho aprimorado em relação à versão de 2020, porém, conserva diversas características em design e mais pontos da ficha técnica. Mas, afinal, o que muda entre os celulares? Vale a pena fazer o upgrade? Descubra quais são as diferenças entre os smartphones no comparativo a seguir.

iPhone SE (2022) vs iPhone SE (2020) (Imagem: Guilherme Reis/Tecnoblog)
iPhone SE (2022) vs iPhone SE (2020) (Imagem: Guilherme Reis/Tecnoblog)

Diferenças entre iPhone SE (2022) e iPhone (2020)

Preço de lançamento

Vamos começar pelo ponto crítico: o preço.

Apesar de ter essa proposta de ser um aparelho mais acessível, o iPhone SE (2022) traz o impacto dos aumentos de preço no setor de eletrônicos nos últimos dois anos, e chega ao Brasil por R$ 4.199. Ainda é bem menos do que outros modelos com o A15 Bionic, que custam mais de R$ 6 mil na loja da Apple.

O iPhone SE de 2020 foi lançado por R$ 3.699, e já é encontrado em promoções de varejistas por cerca de R$ 2.500.

Processador e memória RAM

A principal diferença entre as gerações de 2020 e 2022 do iPhone SE fica por conta do chip A15 Bionic, o mesmo presente na linha iPhone 13, e mais poderoso da Apple para smartphones até o momento de publicação deste artigo. A segunda geração vinha com o A13 Bionic, fabricado em 7 nm e menos eficiente do que o modelo atual, feito em 5 nm.

Enquanto o iPhone SE de 2020 trazia 3 GB de memória RAM, a versão de 2022 já chega com 4 GB para lidar melhor com multitarefa e aplicativos mais exigentes.

iPhone SE de 2022 em três cores
iPhone SE de 2022 em três cores (Imagem: Reprodução/Apple)

Com Neural Engine de 16 núcleos, o iPhone SE (2022) também promete melhor desempenho com atividades complexas que envolvem inteligência artificial e aprendizado de máquina.

Na prática, a maneira mais eficiente de avaliar a evolução é nas diversas possibilidades para fotografia que a terceira geração do iPhone SE traz em relação ao seu antecessor. Falaremos mais sobre isso a seguir.

Recursos de câmera

Apesar de ambos os celulares terem o mesmo hardware de câmera (sensor traseiro único de 12 MP e frontal de 7 MP) e filmarem em até 4K @ 60 fps, a Apple aproveita a presença do A15 Bionic para conseguir otimizar fotos e vídeos no iPhone SE (2022).

O aparelho é capaz de fazer imagens com mais detalhes e menor nível de ruído graças ao Deep Fusion, e os usuários podem aproveitar os estilos fotográficos, além do HDR Inteligente 4, para melhores contrastes e iluminação, que não estão presentes no iPhone SE (2020). As selfies em câmera lenta também são um trunfo da versão mais recente.

De todo modo, ambos são capazes de fazer fotos com Modo Retrato, podendo aproveitar também o controle de profundidade, para desfocar o fundo com a intensidade de sua preferência.

iPhone SE (2022) promete fotos com melhores contrastes e iluminação (Imagem: Divulgação/Apple)
iPhone SE (2022) promete fotos com melhores contrastes e iluminação (Imagem: Divulgação/Apple)

Duração de bateria

Com processador mais eficiente, o iPhone SE (2022) também é capaz de aguentar mais tempo longe das tomadas. Segundo a Apple, a bateria deste modelo pode resistir a 15 horas de reprodução de vídeo, enquanto a versão de 2020 rendia duas horas a menos.

Os dois aparelhos são compatíveis com recarga sem fios (padrão Qi) e nenhum deles suporta o MagSafe.

Novo iPhone SE (Imagem: Apple)
iPhone SE 2020 (Imagem: Divulgação/Apple)

Conectividade

Um dos diferenciais mais expressivos do iPhone SE (2022) é o suporte a redes 5G. O smartphone vem “preparado para o futuro”, já que permite conexões nas frequências Sub-6. O iPhone SE (2020) fica limitado ao 4G.

No mais, os dois têm Wi-Fi 6, Bluetooth 5.0 e NFC, para pagamentos por aproximação usando o Apple Pay.

Resistência a impactos

O iPhone SE (2022) promete ser mais resistente a quedas e impactos devido ao revestimento com vidro mais reforçado, o mesmo encontrado na traseira do iPhone 13 e 13 Pro. Vale ressaltar que ele não conta com o Ceramic Shield, que protege a tela da linha iPhone 13.

Sistema operacional no lançamento

Lançado com iOS 13, o iPhone SE (2020) ainda é compatível com o iOS 15, presente no modelo de 2022. Esse fator não deve ser crítico para a sua escolha, considerando a política de atualizações da Apple, que pode resultar em cinco ou até seis anos de iOS novo para celulares.

O que permaneceu igual?

Design e dimensões

O iPhone SE (2022) conserva o corpinho do iPhone SE (2020), que por sua vez já era muito semelhante ao iPhone 8, de 2017. Até mesmo as dimensões são as mesmas: 138,4 x 67,3 x 7,3 mm. É um design ultrapassado se comparado ao resto da indústria de smartphones, que agora se atém a telas grandes e bordas extremamente finas, para maior imersão.

Até mesmo o botão Home é mantido, e com isso, o Touch ID, o que pode agradar a muitos usuários que preferem este método biométrico para autenticação. Em compensação, o Face ID, para reconhecimento facial, não está presente em nenhum dos dois modelos.

Tela

Ambos os smartphones também compartilham a mesmas especificações de tela. É um painel Retina HD de 4,7 polegadas, com tecnologia IPS LCD e resolução 1334 x 750 pixels. Para quem prefere as telinhas para usar o celular confortavelmente com apenas uma mão, pode ser uma boa escolha.

Entretanto, você abre mão de características presente em telas OLED, que entregam cores mais vivas e melhores contrastes.

Armazenamento

Tanto o iPhone SE (2022) quanto o iPhone SE (2020) foram lançados com as mesmas três opções de armazenamento: 64 GB, 128 GB ou 256 GB. Como estes aparelhos não contam com expansão de memória via microSD, a dica é ficar atento para buscar a versão que mais vai comportar o seu perfil de uso. Pessoas que salvam muitos vídeos e aplicativos pesados no telefone devem preferir o modelo de 128 GB ou superior.

Resistência à água

Por fim, a resistência à água e poeira (IP67) presente no iPhone SE (2020) continua a mesma do iPhone SE de 2022. De acordo com a fabricante, é possível submergir os smartphones em uma profundidade de até um metro por até 30 minutos.

Ficha técnica: iPhone SE (2022) vs iPhone SE (2020)

iPhone SE (2022)iPhone SE (2020)
LançamentoMarço de 2022Abril de 2020
Preço de lançamentoa partir de R$ 4.199a partir de R$ 3.699
Tela4,7” Retina HD, IPS LCD, resolução 1334 x 750 pixels, True Tone4,7” Retina HD, IPS LCD, resolução 1334 x 750 pixels, True Tone
ProcessadorA15 Bionic (CPU de 6 núcleos, GPU de 4 núcleos), Neural Engine de 16 núcleosA13 Bionic (CPU de 6 núcleos, GPU de 4 núcleos), Neural Engine de 8 núcleos
Memória RAM4 GB3 GB
Armazenamento64 GB, 128 GB e 256 GB64 GB, 128 GB e 256 GB
Câmera traseiraCâmera grande-angular de 12 MP (f/1,8), Deep Fusion, Estilos fotográficosCâmera grande-angular de 12 MP (f/1,8)
Câmera frontal7 MP (f/2,2), Modo Retrato com controle de profundidade, Estilos fotográficos, Selfies em câmera lenta (1080p a 120 fps), Deep Fusion7 MP (f/2,2), Modo Retrato com controle de profundidade
Vídeo em atéAté 4K @ 60 fpsAté 4K @ 60 fps
BiometriaTouch IDTouch ID
BateriaAté 15 horas de reprodução de vídeoAté 13 horas de reprodução de vídeo
Sistema de fábricaiOS 15iOS 13
Conectividade5G (Sub-6), 4G, 3G, Wi-Fi 6, Bluetooth 5.0 e NFC4G, 3G, Wi-Fi 6, Bluetooth 5.0 e NFC
Resistência à águaSim, IP67 (profundidade máxima de um metro por até 30 minutos)Sim, IP67 (profundidade máxima de um metro por até 30 minutos)
Dimensões138,4 x 67,3 x 7,3 mm138,4 x 67,3 x 7,3 mm
Peso144 g148 g
CoresMeia-noite, estelar e vermelhoPreto, branco e vermelho

Com informações: Apple (1 e 2)

Relacionados

Relacionados