Início / Notícias / Aplicativos e Software /

Twitter investiga falha “null retweetou” em seus aplicativos

RTs de "null" aparecem em posts patrocinados sem a tag "promovido", mostrando contas que o usuário não segue

Melissa Cruz Cossetti

Por

Notícia
Achados do TB Achados do TB

As melhores ofertas,
sem rabo preso 💰

Se você usa bastante o aplicativo móvel do Twitter pode ter percebido retweets de “null” — em vez do nome da conta que fez o RT. O curioso, é que na maioria dos casos relatados, quem vê esse tipo de tweet não segue nem a conta que publicou o post, nem a que fez o retweet. Isso pode acontecer com anúncio, claro, desde que ele seja sinalizado como “promovido”.

O que é esse “null” e por que aparece no Twitter?

Nas últimas semanas, colecionei alguns screenshots, feitos no Android, de “RTs de null”, no Twitter. Outros contatos também fizeram relatos semelhantes. E, no próprio Twitter, tem bastante gente reclamando do bug. Mas o que faz esse pequeno erro ser tão polêmico? É a falta de transparência: precisamos saber se o que estamos vendo é um anúncio; e quem está nos sugerindo determinado conteúdo (no caso abaixo, é uma empresa de seguros).

Na timeline, aparece “null retweetou” e um tweet de alguém que você não segue. Ao tocar no nome do usuário, aparece a mensagem “usuários não encontrados”, mas quando toca-se para abrir o tweet, o aplicativo mostra o usuário que realmente o promoveu — é outra conta que você não segue.

O correto é “nome do usuário retweetou” e você ter alguma relação com algum deles. E, no caso de anúncio, incluir a tag “promovido”.

Do FAQ do Twitter:

Retweets parecem Tweets normais com o nome e o nome de usuário do autor ao lado dele, porém são identificados pelo ícone Retweet  e o nome da pessoa que retweetou o Tweet. Se você visualizar conteúdo de alguém que não segue na sua timeline, procure a informação Retweetado por no Tweet (a pessoa que retweetou deve ser alguém que você segue).

A assessoria de imprensa do Twitter nos informou que há uma equipe investigando o problema. O microblog reforçou, no entanto, que não houve qualquer alteração nas políticas de anúncios da plataforma, que foram atualizadas pela última vez em 30 de agosto de 2017. Os retweets só são citados uma única vez neste documento.

A seção “Inclusão de conteúdo do usuário nos anúncios” diz: “não inclua o conteúdo de outra pessoa em Twitter Ads sem a permissão dela. Crie seus próprios Tweets ou obtenha permissão dos autores dos Tweets e Retweets usados”.

Até a falha “null retweetou” ser corrigida, o jeito é ficar atento com o conteúdo que aparece na timeline do Twitter. Há relatos sobre o bug em vários idiomas na própria rede social; você pode acompanhá-los em português e em inglês.