Notícias Celular

YouTube exibe stories no feed de alguns usuários no Brasil

YouTube ganha seção Histórias no feed principal do app para Android; são fotos e vídeos na vertical como no Instagram Stories

Felipe Ventura
Por

As melhores ofertas,
sem rabo preso

O YouTube está exibindo uma seção “Histórias” para alguns usuários no Brasil. A novidade aparece no feed principal dentro do aplicativo para Android. É algo semelhante ao Instagram Stories, com fotos e vídeos na vertical, mas eles não expiram em 24 horas — em vez disso, tudo permanece guardado no canal. O recurso vem sendo testado há cerca de um ano.

Alguns usuários relatam no Twitter que a seção Histórias começou a aparecer esta semana no app para Android. Elas ficam no meio do feed principal, não fixos na parte superior como no Instagram Stories, e incluem canais que você não segue.

Mesmo que a seção Histórias não apareça para você, é possível acessar as stories de um canal através do celular. Basta ir até o canal e selecionar a aba Histórias: elas ficam organizadas em coleções e não desaparecem após 24 horas.

Apenas alguns criadores de conteúdo podem publicar stories no YouTube; não é uma função disponível para todo mundo. Eles podem postar imagens ou vídeos de até 30 segundos com adesivos, filtros, música e texto, e podem linkar vídeos do canal.

Dentro de uma história, os usuários em geral têm um botão para se inscrever no canal, além de um campo para deixar comentários públicos:

O YouTube claramente se inspirou no Instagram Stories que, por sua vez, pegou o recurso do Snapchat. Ele era chamado anteriormente de Momentos (Reels). A empresa disse no ano passado: “nós constatamos que os criadores de conteúdo queriam ter a flexibilidade de criar vários Momentos que não expirassem. Por isso, disponibilizaremos essa opção”.

A seção Histórias apareceu no seu celular? O que você achou?

https://twitter.com/oibbtudobomm/status/1062826304859525120

Obrigado, Izaias!

Felipe Ventura

Felipe Ventura fez graduação em Economia pela FEA-USP, e trabalha com jornalismo desde 2009. Começou no TB em 2017 como editor de notícias, ajudando a cobrir os principais fatos de tecnologia, e hoje coordena um time de editores-assistentes e a rotina das editorias. Sua paixão pela comunicação começou em um estágio na editora Axel Springer na Alemanha. Foi repórter e editor-assistente no Gizmodo Brasil.

Mais Populares

Responde

Relacionados

Em destaque