Notícias Aplicativos e Software

Instagram remove botão IGTV da interface principal do app

Rede social diz que quase ninguém tocava no ícone

André Fogaça
Por

As melhores ofertas,
sem rabo preso

O Instagram removeu o botão que levava o usuário ao conteúdo veiculado pelo IGTV a partir da tela inicial de seu aplicativo principal. O motivo é bem simples: pouca gente tocava no local, mesmo com o botão recheado de contraste e cores para chamar atenção.

instagram-igtv-pixabay

A situação é ainda pior para o aplicativo do IGTV, que foi lançado em junho de 2018 e até agora menos de 1% de todos os usuários da rede social fizeram download. O objetivo deste app, que depois foi incorporado dentro do próprio Instagram, é de permitir vídeos mais longos e que podem ter até uma hora de duração – de pé, na vertical, mas no ano passado o Instagram liberou vídeos na horizontal por lá.

Em entrevista para a imprensa americana, o Instagram afirma que as pessoas que assistem o que é publicado no IGTV fazem isso a partir do feed do app principal, que é apenas uma prévia do que está do outro lado do botão. Alguns acompanham vídeos na aba IGTV que existe na busca interna da rede social, ou então dentro da página de perfil de outros usuários.

Botão do IGTV estava aqui

Botão estava aqui

O desinteresse pelos vídeos longos no Instagram pode estar ligado diretamente com quem produz o conteúdo, já que esta é uma das poucas redes sociais que não compartilha parte do lucro de anúncios com os criadores. Seus concorrentes como YouTube e Facebook fazem isso, atraindo mais criadores famoso que atraem a audiência.

Se você quer continuar assistindo os vídeos do IGTV e não quer baixar outro app só para isso, agora precisa tocar na lupa que fica na barra inferior e escolher o IGTV, na lista de tipos de conteúdo.

Com informações: TechCrunch.

André Fogaça

Ex-autor

André Fogaça é jornalista e escreve sobre tecnologia há mais de uma década. Cobriu grandes eventos nacionais e internacionais neste período, como CES, Computex, MWC e WWDC. Foi autor no Tecnoblog entre 2018 e 2021, e editor do Meio Bit, além de colecionar passagens por outros veículos especializados.

Mais Populares

Responde

Relacionados

Em destaque