Xiaomi apaga enquete em que sugeria Redmi Note 10 sem tela OLED

Xiaomi disponibiliza enquete sobre tela de Xiaomi Redmi Note 10 no Twitter e remove questionário pouco após sua publicação

Bruno Gall De Blasi
Por
• Atualizado há 2 anos
Xiaomi Redmi Note 9
Xiaomi Redmi Note 9 (Imagem: Divulgação/Xiaomi)

A Xiaomi abriu uma enquete sobre o Redmi Note 10 nesta segunda-feira (15). Pelo Twitter, a companhia queria saber se os consumidores preferiam uma tela LCD de 120 Hz ou um painel AMOLED no sucessor do Redmi Note 9. A empresa, no entanto, apagou o questionário depois que grande parte do público optou pela segunda alternativa.

O questionamento veio ao ar no perfil Redmi India (@RedmiIndia). Na publicação, a empresa perguntou “se você escolhesse apenas uma das duas especificações a seguir em seu próximo smartphone da série Redmi Note 10, quais seriam?”. Em seguida, disponibilizou uma enquete sobre o assunto.

A lista de respostas trazia duas opções aos usuários da rede social. A primeira, “Melhor LCD + 120 Hz” (em tradução livre), fazia referência a uma tela LCD com taxa de atualização de 120 Hz. A segunda, “AMOLED”, era possivelmente relacionada a um display com a tecnologia e frequência inferior, de 60 Hz.

Entre as quase 9 mil respostas registradas, 88% do público escolheu a segunda opção, enquanto ainda restava 21 horas para que a votação fosse encerrada. Mas, pouco após a publicação, a Xiaomi removeu a enquete, sugerindo que o celular pode trazer tela LCD de 120 Hz em vez de painel AMOLED, conforme observou o Android Authority.

Enquete da Xiaomi sobre o Redmi Note 10 (Imagem: Reprodução/Android Authority)

Enquete da Xiaomi sobre o Redmi Note 10 (Imagem: Reprodução/Android Authority)

O que esperar da linha Redmi Note 10?

Esta, porém, não é a primeira vez que possíveis detalhes da linha Redmi Note 10 surgem antes de seu lançamento. No começo de janeiro, informações de bastidores apontavam para a presença de uma tela LCD de 120 Hz no Redmi Note 10 Pro, além de bateria de 5.020 mAh e processador Qualcomm Snapdragon 732G.

Ainda de acordo com Ishan Agarwal, o Redmi Note 10 deve chegar às lojas em modelos com memória RAM de até 6 GB e armazenamento de 64 GB. A edição com o selo Pro, por sua vez, deve trazer até 8 GB de RAM e até 128 GB de espaço.

Espera-se que os celulares sejam anunciados em março. Em junho, o Redmi Note 9 e Note 9 Pro chegaram ao Brasil com preços sugeridos entre R$ 2.699 e R$ 4.199.

Com informações: Android Authority (1 e 2)

Receba mais notícias do Tecnoblog na sua caixa de entrada

* ao se inscrever você aceita a nossa política de privacidade
Newsletter
Bruno Gall De Blasi

Bruno Gall De Blasi

Repórter

Bruno Gall De Blasi é jornalista e cobre tecnologia desde 2016. Sua paixão pelo assunto começou ainda na infância, quando descobriu "acidentalmente" que "FORMAT C:" apagava tudo. Antes de seguir carreira em comunicação, fez Ensino Médio Técnico em Mecatrônica com o sonho de virar engenheiro. Entrou para o Tecnoblog em 2020 e também escreveu para o TechTudo e iHelpBR.

Relacionados