Notícias Computador

Intel diz que PCs superam 100% dos Macs em desempenho durante jogos

Em apresentação que reforça rivalidade contra Apple, Intel se apega a games para posicionar PCs como superiores a Macs

Emerson Alecrim
Por

As melhores ofertas,
sem rabo preso

Além de anunciar alguns chips na Computex 2021 durante o último domingo (30), a Intel aproveitou o evento para, mais uma vez, cutucar a Apple. Em uma apresentação dirigida à imprensa, a companhia enfatizou que computadores Windows equipados com seus chips são muito mais interessantes para jogos do que “100% dos laptops Macs”.

MacBook Pro (2020) com Apple M1 (Imagem: Paulo Higa/Tecnoblog)

MacBook Pro (2020) com Apple M1 (imagem: Paulo Higa/Tecnoblog)

No evento, a Intel destacou que boa parte dos jogos mais populares do mercado não roda no macOS, detalhe que, por si só, já seria uma grande desvantagem do ecossistema da Apple.

Mas a Intel foi além. A companhia apresentou vários testes, de comparativos entre jogos disponíveis para ambas as plataformas a benchmarks baseados em emulação. Todos tinham um único objetivo: ressaltar a superioridade em jogos dos PCs com chip Intel em relação aos Macs.

Em um dos testes, a empresa rodou Valheim no Parallels para provar que jogos para Windows até podem ser emulados ou rodar em uma máquina virtual no Mac, mas que esse tipo de solução degrada bastante o desempenho do game.

Os testes principais compararam o desempenho de um notebook com processador Intel Core i5-11400H e GPU Nvidia GeForce RTX 3060 com um MacBook Pro de 16 polegadas. Atenção para este detalhe: o MacBook testado conta com chip Intel Core i9-9980HK acompanhado de uma GPU AMD Radeon Pro 5600M.

Nesse comparativo, a Intel mostrou que o notebook com Core i5 foi superior ao MacBook em todos os jogos e benchmarks, inclusive quando o laptop da Apple executou o Windows 10 por meio do Boot Camp.

Em relação ao macOS, o laptop com Core i5 apresentou desempenho 1,9 superior ao MacBook Pro em Total War: Three Kingdoms; em Civilization VI: Gathering Storm, o mesmo notebook foi 3,5 vezes superior.

MacBook Pro versus notebook com Core i5 em jogos (imagem: reprodução/Intel)

MacBook Pro versus notebook com Core i5 em jogos (imagem: reprodução/Intel)

A Apple já havia deixado claro o plano de basear toda a linha Mac nos chips M1 e sucessores. Mas, como esse é um trabalho progressivo, havia expectativa de que a companhia mantivesse a parceria com a Intel por algum tempo.

Porém, a apresentação da Intel com os comparativos, detalhada que é, sugere que as relações entre as duas companhias foram cortadas de vez.

Macs com processador Intel continuarão sendo vendidos por mais algum tempo, a exemplo do próprio MacBook Pro de 16 polegadas. Mas as investidas marqueteiras da Intel indicam que, como esperado, as duas empresas não fecharão mais novos contratos de fornecimento de chips.

Com informações: MacRumors.

Emerson Alecrim

Repórter

Emerson Alecrim cobre tecnologia desde 2001 e entrou para o Tecnoblog em 2013, se especializando na cobertura de temas como hardware, sistemas operacionais, negócios e transportes. Formado em ciência da computação, seguiu carreira em comunicação, sempre mantendo a tecnologia como base. Participa do Tecnocast, já passou pelo TechTudo e mantém um site chamado Infowester.