Início / Notícias / Aplicativos e Software /

Prévia do Windows 11 expulsa PCs incompatíveis e sugere instalar Windows 10

Aviso do Windows Update recomenda a instalação da versão anterior do sistema caso computador não seja elegível ao Windows 11

Bruno Gall De Blasi

Por

Notícia
Achados do TB Achados do TB

As melhores ofertas,
sem rabo preso 💰

Windows 11 possui alguns requisitos mínimos para ser instalado. Durante as versões experimentais do software, porém, a Microsoft abriu mão de algumas exigências para que os usuários e os desenvolvedores pudessem testá-lo antes do lançamento oficial ao público. Agora, a companhia está retirando os computadores sem compatibilidade da prévia do sistema operacional e sugerindo a reinstalação do Windows 10

PCs da Acer com Windows 11 (Imagem: Divulgação)
Notebooks com Windows 11 (Imagem: Divulgação)

O relato partiu de uma captura de tela publicada no Twitter nesta terça-feira (31). O BetaWiki revelou uma imagem com uma notificação do Windows Update que começou a aparecer aos participantes dos canais Beta e Dev nesta semana. O alerta informa que o computador não é compatível com o Windows 11 e recomenda a reinstalação do Windows 10.

“Seu PC não atende aos requisitos mínimos de hardware para Windows 11”, diz a notificação. “Seu dispositivo não está qualificado para ingressar no Programa Windows Insider no Windows 11. Instale o Windows 10 e participe do Programa Windows Insider no Canal Release Preview”.

Aviso na prévia do Windows 11 sobre compatibilidade do sistema (Imagem: Reprodução/BetaWiki/Twitter)

Windows 11 chegará aos usuários a partir de outubro

A notificação começou a surgir na mesma semana em que a data de lançamento do sistema veio a público. Nesta terça-feira (31), a Microsoft anunciou que o Windows 11 será disponibilizado a partir de outubro ao público. O software chegará aos usuários elegíveis através de uma atualização gratuita via Windows Update.

O update chegará primeiro aos computadores mais novos. “Esperamos que todos os dispositivos qualificados recebam a atualização gratuita para o Windows 11 até meados de 2022”, informaram. “Se você tiver um PC com Windows 10 qualificado para a atualização, o Windows Update avisará quando estiver disponível”.

Aos PCs não compatíveis, a companhia também recomendou o uso do Windows 10. O suporte do sistema está previsto para durar até 14 de outubro de 2025.

O que é TPM e por que ele é exigido no Windows 11( Imagem: Leandro Kovacs/Tecnoblog)
Chip TPM faz parte dos requisitos mínimos do sucessor do Windows 10 (Imagem: Leandro Kovacs/Tecnoblog)

Sistema requer TPM 2.0 e mais para ser instalado

A nova versão do sistema operacional da Microsoft será liberada através de uma atualização gratuita. Ainda assim, é preciso atender a alguns critérios para que o software seja instalado no computador, como a presença do módulo de segurança TPM 2.0. Confira os requisitos mínimos do Windows 11 a seguir:

  • Processador compatível de 1 GHz ou superior com dois ou mais núcleos (64 bits);
  • Memória RAM de 4 GB ou mais;
  • Armazenamento de 64 GB ou mais;
  • Tela com resolução HD (720p) maior que 9 polegadas;
  • Chip gráfico (GPU) compatível com DirectX 12 ou superior e driver WDDM 2.0;
  • Compatibilidade com UEFI, Secure Boot e TPM 2.0.

Vale lembrar que nem todos os processadores são compatíveis com o sistema operacional. No caso da Intel, por exemplo, é preciso ter um chip da linha Core i3 a partir da oitava geração. Saiba se o Windows 11 oferece suporte ao seu processador

Com informações: BetaWiki (Twitter)The Verge e XDA-Developers