PicPay agora permite envio de fotos, vídeos e áudio pelo chat do app

Chat privado do PicPay recebe novas funções de envio de fotos, vídeo e áudios; empresa promete segurança "equivalente a de uma instituição financeira"

Bruno Ignacio
Por

O PicPay, aplicativo de pagamentos digitais, revelou nesta quinta-feira (30) que seu app agora permite o envio de fotos, vídeos e mensagens de voz através de seu chat integrado. O recurso de bate-papo foi lançado em abril deste ano e se demonstrou bem popular entre os usuários. Somente em agosto, 13,4 milhões de transações foram acompanhadas de mensagens privadas. Agora, a empresa busca expandir o serviço.

Demonstração do novo recurso de envio de fotos através do chat do PicPay (Imagem: Divulgação/ PicPay)
Demonstração do novo recurso de envio de fotos através do chat do PicPay (Imagem: Divulgação/ PicPay)

A funcionalidade de chat do PicPay possibilita que usuários se comuniquem dentro do app, para solicitar pagamentos e organizar divisão de contas, por exemplo. Agora, as novas funções de envio de fotos, vídeos e áudios através das mensagens privadas devem facilitar a comunicação enquanto evita que o usuário tenha que trocar de aplicativo para isso.

Luiz Fernando Diniz, diretor de Social da companhia, destacou em comunicado à imprensa que as novidades devem simplificar a experiência das pessoas com o PicPay.

“A maioria dos pagamentos tem uma conversa por trás, seja antes ou após a transação, para combinar o jantar ou avisar quanto ficou a divisão da conta para cada um. Por isso, estamos investindo em simplificar essa experiência e aproximá-la do que as pessoas já estão acostumadas”

Luiz Fernando Diniz, diretor de Social do PicPay

PicPay investe em recursos sociais desde 2013

O aplicativo de pagamentos vem trabalhando em recursos de interação entre usuários desde 2016, quando lançou seu feed, no qual é possível compartilhar suas atividades e visualizar as movimentações de contatos no app.

Conforme afirmou o PicPay em comunicado, o chat privado reforça o posicionamento da empresa como um produto “Social+”, que reúne ferramentas de interação social dentro do ecossistema de pagamentos. A primeira função do tipo chegou ainda em 2013, quando o app passou a permitir o envio de mensagens junto a transações realizadas.

A empresa destacou também que, tratando-se de um aplicativo financeiro, a prioridade no desenvolvimento de recursos de interação e comunicação é a segurança e privacidade dos usuários. O PicPay promete que todas as funções de chat seguem “padrões de segurança ainda mais altos do que mensagerias convencionais, com barreiras sólidas, equivalentes às de uma instituição financeira”.

Relacionados

Relacionados