Início / Notícias / Celular /

Motorola Razr vai ganhar nova geração em 2022, confirma executivo

Se 2022 será, enfim, o ano dos dobráveis, não sabemos. Mas a Motorola vai continuar na disputa com um novo modelo da linha Razr

Por

A Motorola já tem planos para sua linha de smartphones dobráveis em 2022. Segundo um executivo da Lenovo, o Razr de 2022, ou Motorola Razr 3, está a caminho — e deve chegar em breve com melhorias em desempenho. Mas as novidades não param por aí: enquanto o design deve se manter na mesma linha do icônico V3, a companhia estaria planejando alguns ajustes. Veja, a seguir, o que sabemos até agora.

Motorola Razr
Motorola Razr (Imagem: Divulgação/Motorola)

Razr de 2022 será “mais potente”

De acordo com uma publicação de Chen Jin, executivo do departamento mobile da empresa, o Razr de 2022 terá maior performance. É claro, isso é o mínimo esperado para uma próxima geração do celular dobrável.

Entretanto, ele também deu algumas pistas do que mais pode ser diferente neste modelo. Chen Jin citou melhorias na interface do sistema — talvez algo específico para telas flexíveis? Quem sabe! — e no design do aparelho. Não há muitas pistas além disso.

Concorrência de peso

Em 2019, a Motorola apresentou seu primeiro celular dobrável. O lançamento, porém, ficou para 2020. Apesar das expectativas em torno do que parecia uma grande aposta em algo inovador e nostálgico ao mesmo tempo, tivemos uma pandemia no meio do caminho e as coisas não saíram da melhor forma possível.

De lá para cá, a Samsung também foi construindo, aos poucos, seu caminho no mercado de dobráveis, com o (Z) Fold e depois com o Z Flip. E depois de ver tanto comercial de TV, banner em paradas de ônibus e stands de shopping com os produtos dobráveis da marca, eu duvido que você ainda olhe pra eles com os mesmos olhos de dois anos atrás, ou de um ano, que seja. Estão, sim, mais familiares. Pelas mãos da sul-coreana.

É aí que entra o grande desafio da Motorola e de mais empresas que desejem disputar esse mercado com a Samsung a partir do ano que vem. As portas, aparentemente, foram abertas, mas a concorrência não vai ser tão fácil.

Com informações: Android Authority