Motorola Razr 50 Ultra recebe homologação da Anatel

Futuro dobrável da Motorola recebe aprovação e já pode ser vendido no Brasil. Documentos confirmam suporte a recarga rápida de 68 W.

Giovanni Santa Rosa Everton Favretto
Por e
• Atualizado há 1 semana
Renderizações do Razr 50 e do Razr 50 Ultra
Renderizações do Razr 50 e do Razr 50 Ultra (Imagem: Reprodução /Evan Blass)

O Motorola Razr 50 Ultra, smartphone dobrável da marca que deve ser lançado nos próximos meses, foi homologado junto à Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) e pode ser vendido no Brasil. A documentação inclui a certificação das duas baterias que serão usadas no modelo.

O Tecnoblog identificou o aparelho no sistema da Anatel. Por lá, consta o código XT2451-3, o mesmo que já apareceu nas certificações de órgãos de outros países, como o Tenaa e o 3C da China, a TDRA da União Europeia e o BIS da Índia.

Documento de homologação do Razr 50 Ultra junto à Anatel
Modelo XT2451-3 já apareceu em documentos de outros países e corresponde ao Razr 50 Ultra (Imagem: Reprodução / Tecnoblog)

A documentação lista duas unidades fabris para o aparelho: uma em Wuhan, na China, e a fábrica da Flextronics, em Jaguariúna (SP).

A Motorola também certificou as duas baterias que serão usadas no Razr 50 Ultra, identificadas pelos modelos QR10 e QR30. Isso pode parecer estranho, mas smartphones dobráveis geralmente usam duas baterias, uma em cada parte do aparelho. Infelizmente, não há informações sobre a capacidade delas.

Razr 50 Ultra terá suporte a carregamento de 68 W

O certificado da Anatel confirma que o Razr 50 Ultra terá suporte a carregamento de 68 W, informação que já havia aparecido em documentos de homologação de outros países. Isso coloca o aparelho como a recarga mais rápida entre os dobráveis lançados até agora. O Razr 40 Ultra tinha suporte a recarga de até 30 W.

Rumores apontam que o aparelho virá com o chip Snapdragon 8S Gen 3, da Qualcomm. Ele é uma versão mais básica do 8 Gen 3, SoC de topo de linha da empresa.

Entre outras especificações, o Razr 50 Ultra deve ter tela interna pOLED de 6,9 polegadas com taxa de atualização de 165 Hz, tela externa de 4 polegadas e duas câmeras de 50 megapixels.

Motorola Razr 50 na Tenaa
Agência chinesa homologou o Razr 50 “básico” (Imagem: Reprodução / Tenaa)

O Motorola Razr 50 Ultra terá um irmão básico, com chip mais simples (rumores apontam para um MediaTek Dimensity 7300X), tela externa menor (3,6 polegadas), tela interna com 120 Hz de taxa de atualização e recarga de 33 W, entre outras diferenças.

Se a marca repetir a estratégia do ano passado, os aparelhos devem ser lançados antes dos dobráveis da Samsung. O Galaxy Z Flip 6 e o Z Fold 6 são esperados para julho.

Com informações adicionais: 91mobiles, GSMArena

Receba mais sobre Motorola Razr 50 Ultra na sua caixa de entrada

* ao se inscrever você aceita a nossa política de privacidade
Newsletter
Giovanni Santa Rosa

Giovanni Santa Rosa

Repórter

Giovanni Santa Rosa é formado em jornalismo pela ECA-USP e cobre ciência e tecnologia desde 2012. Foi editor-assistente do Gizmodo Brasil e escreveu para o UOL Tilt e para o Jornal da USP. Cobriu o Snapdragon Tech Summit, em Maui (EUA), o Fórum Internacional de Software Livre, em Porto Alegre (RS), e a Campus Party, em São Paulo (SP). Atualmente, é autor no Tecnoblog.

Everton Favretto

Everton Favretto

Assistente de Conteúdo

Everton Favretto é bacharel em Tecnologias Digitais pela UCS e caça homologações da Anatel para o Tecnoblog. Gosta de telefones (velhos e novos) e está sempre pronto para falar de aviões. Consegue identificar um modelo de 737 olhando para a fotografia dele e tem um Raspberry Pi Zero W na sacada só para rastrear as aeronaves por ADS-B.

Canal Exclusivo

Relacionados