Início / Notícias / Computador /

Chips Intel de 12ª para notebooks chegam com promessa de superar Apple M1

Na CES 2022, Intel anuncia processadores Core de 12ª geração para notebooks nas séries H, P e U; confira as diferenças entre cada uma

Por

Era outubro de 2021 quando a Intel anunciou os primeiros chips Core de 12ª geração. Na ocasião, seis modelos foram apresentados, todos focados em desktops de alto desempenho. Agora, com a CES 2022, a companhia anuncia os processadores Core de 12ª geração para notebooks, em três séries: H, P e U.

Intel promete ter os melhores processadores para jogar no notebook
Intel promete ter os melhores processadores para jogar no notebook (Imagem: Reprodução / Intel)

Todos os chips anunciados nesta terça-feira (4) pertencem à família Alder Lake (Alder Lake-H, Alder Lake-P e Alder Lake-U). A característica mais notável desses processadores está na combinação de núcleos de alto desempenho com núcleos de alta eficiência (econômicos no consumo de energia).

Com essa abordagem, que existe há anos em chips de arquitetura Arm, a Intel tenta fazer a nova geração garantir alto desempenho sem, no entanto, demandar alto consumo de energia.

Os testes independentes é que vão confirmar se as expectativas serão atendidas, mas a empresa afirma, por exemplo, que o Core i9-12900HK consegue ser mais rápido que o Apple M1 Max e o Apple M1 Pro em ferramentas como Premiere Pro e AutoCAD.

Note que o Core i9-12900HK — o modelo mais avançado desta leva — é um chip Alder Lake-H. A série H é focada justamente em alto desempenho e, com efeito, vai abastecer o segmento de notebooks gamer.

Intel Core de 12ª geração da série P
Core de 12ª geração da série P (Imagem: Reprodução / Intel)

A série P, por sua vez, é voltada a notebook leves ou ultraportáteis, mas que também demandam performance. Já a série U deve atender ao segmento de laptops focados em autonomia e, portanto, baixo consumo de energia.

Estes são os chips da série H; repare que a letra no final do nome indica a série de cada modelo:

ModeloNúcleosThreadsClock (GHz)Boost (GHz)Cache L3Consumo / turbo (W)Gráficos
Core i9-12900HK14 (6P + 8E)202,5 (P) /
1,8 (E)
Até 5,024 MB45 / 11596 EU
Core i9-12900H14 (6P + 8E)202,5 (P) /
1,8 (E)
Até 5,024 MB45 / 11596 EU
Core i7-12800H14 (6P + 8E) 202,4 (P) /
1,8 (E)
Até 4,824 MB45 / 11596 EU
Core i7-12700H14 (6P + 8E) 202,3 (P) /
1,7 (E)
Até 4,724 MB45 / 11596 EU
Core i7-12650H10 (6P + 4E)162,3 (P) /
1,7 (E)
Até 4,724 MB45 / 11564 EU
Core i5-12600H12 (4P + 8E)162,7 (P) /
2 (E)
Até 4,518 MB45 / 9580 EU
Core i5-12500H12 (4P + 8E)162,5 (P) /
1,8 (E)
Até 4,518 MB45 / 9580 EU
Core i5-12450H8 (4P + 4E)122,0 (P) /
1,5 (E)
Até 4,412 MB45 / 9580 EU

Na tabela, os núcleos “P” (de Performance) correspondem aos de alto desempenho; assim, os núcleos “E” são os de eficiência (Efficient).

Talvez você tenha reparado que, ao contrário das gerações anteriores, a quantidade de threads não equivale ao dobro de núcleos. A explicação para isso é simples: os núcleos Performance têm dois threads cada; cada núcleo Efficient tem somente um.

Além da promessa de mais desempenho, os novos chips chegam com suporte a tecnologias atuais, como tem que ser. Entre elas estão Wi-Fi 6E e Thunderbolt 4.

Os primeiros notebooks baseados nos chips Core de 12ª geração sendo anunciados já nesta CES. Entre eles está o Dell XPS 13 Plus.

Intel Core de 12ª geração da série P
Processadores Intel Core de 12ª geração da série P (Imagem: Reprodução / Intel)

Colaborou: Felipe Ventura.