Início / Notícias / Aplicativos e Software /

Microsoft Excel enfim desativa macros em formato velho (e inseguro)

Macros do Microsoft Excel 4.0 são desabilitadas por padrão para garantir mais segurança aos usuários do editor de planilhas

Bruno Gall De Blasi

Por

Notícia
Achados do TB Achados do TB

As melhores ofertas,
sem rabo preso 💰

Microsoft desabilitou as macros do Microsoft Excel 4.0 (XLM) por padrão depois de quase 30 anos. A medida entrou em vigor após a companhia anunciar o encerramento do formato antigo usado de 1992 até a liberação do Excel 5.0, em 1993. A nova política tende a garantir mais segurança aos usuários do editor de planilhas para evitar que arquivos maliciosos ataquem os dispositivos com malwares. 

Microsoft Excel desativa macros em formato já ultrapassado (Imagem: Reprodução)
Microsoft Excel desativa macros em formato já ultrapassado (Imagem: Reprodução)

A medida foi anunciada em outubro do ano passado. Na ocasião, a Microsoft enviou e-mails aos usuários do Microsoft 365 informando a mudança: “estamos introduzindo uma alteração nas configurações de macro da Central de Confiabilidade do Excel para fornecer uma experiência mais segura para os usuários por padrão”, afirmaram. “Esse novo comportamento desabilitará as macros do Excel 4.0.”

Outros detalhes foram revelados na semana passada. No dia 19, uma publicação em um blog da Microsoft afirmou que a política já está valendo desde a versão 16.0.14527.20000, compilada em setembro de 2021, ou mais recente. Confira a linha do tempo de liberação da atualização para as builds 2110 ou superior:

  • Canal Atual: liberado desde outubro de 2021;
  • Canal Empresarial Mensal: liberado desde dezembro de 2021;
  • Canal Empresarial Semestral (Preview): preparado em janeiro, mas será liberado a partir de março de 2022;
  • Canal Empresarial Semestral: chegará em julho de 2022.

“Conforme planejado, agora tornamos essa configuração o padrão ao abrir macros do Excel 4.0 (XLM)”, afirmaram. “Isso ajudará nossos clientes a se protegerem contra ameaças de segurança relacionadas”. A companhia ainda afirmou que os administradores também têm a opção de controlar o formato antigo nos registros ou através das configurações de políticas do Windows.

Central de Confiabilidade de macros ganha opção para ativar e desativar formato do Excel 4.0 (Imagem: Reprodução/Microsoft)
Central de Confiabilidade de macros ganha opção para ativar e desativar formato do Excel 4.0 (Imagem: Reprodução/Microsoft)

Macros do Microsoft Excel 4.0 são desativadas

A política restringe o uso das macros do Excel 4.0. Em uma página de suporte, a Microsoft encoraja a migração para a versão mais recente do Visual Basic for Applications (VBA). “Migrar suas macros permite tirar proveito das melhorias no modelo de objeto de programação do VBA”, afirmaram. A companhia ainda lembra que, ao abrir macros XLM com as macros desabilitadas, o app emite o seguinte aviso:

“Devido às configurações de segurança, as macros foram desabilitadas. Para executar macros, você precisa reabrir essa workbook e, em seguida, optar por habilitar macros. Para obter mais informações sobre a habilitação de macros, clique em Ajuda.”

Mas isto não significa o fim absoluto da versão antiga do recurso. A Microsoft disponibilizou, em julho, uma opção para ativá-la e desativá-la na Central de Confiabilidade: “Ativar macros do Excel 4.0 quando macros VBA estiverem habilitadas” (em tradução livre). Todavia, é importante ressaltar que esta alternativa pode trazer riscos aos usuários.

É o que aponta um artigo do MalwareBytes Labs de outubro. A empresa de segurança digital informa que “os invasores sempre gostaram das macros do Office porque elas fornecem um método simples e confiável para espalhar malware usando recursos legítimos e sem depender de nenhuma vulnerabilidade ou exploração”. E por ser uma versão obsoleta, obviamente, é realmente melhor evitar o uso se possível.

Com informações: Bleeping Computer, Microsoft (1 e 2) e Malwarebytes Lab