Vivo Play deve comercializar IPTV para concorrer com DirecTV Go e Claro Box

Serviço de IPTV e conteúdo on demand, Vivo Play era exclusivo dos clientes da TV por assinatura, mas será ofertado a quem tem um celular Pós ou Controle

Giovanni Santa Rosa
Por

Ver TV pela internet de um jeito legalizado é bem mais fácil hoje do que há alguns anos. Mais uma empresa deve apostar neste filão: a Vivo. Em sua loja de aplicativos, o Vivo Play apareceu listado para assinatura por clientes de planos Pós e Controle. Ele chegaria para concorrer com outros serviços de IPTV como DirecTV Go e Claro Box.

Loja da Vivo
Loja da Vivo (Imagem: Lucas Braga / Tecnoblog)

A nova assinatura do Vivo Play apareceu na Vivo App Store, loja de aplicativos da Vivo. A descrição do serviço diz que “Cliente Pós e Controle agora pode aproveitar Pacotes de canais ao vivo por a partir de R$29,90/mês”.

Não há informações sobre quais seriam esses pacotes. Ao clicar em continuar, aparece um erro 404, de página não encontrada. O link “Entenda seu serviço” leva para um PDF que diz que “o Vivo Play é um serviço exclusivo para clientes Vivo TV”. De fato, hoje o produto é exclusivo para assinantes da TV a cabo.

Vivo Play apareceu na loja de aplicativos da operadora
Vivo Play apareceu na loja de aplicativos da operadora (Imagem: Reprodução/Tecnoblog)

Na tarde desta terça-feira (1º), o link para o item na loja de aplicativos deixou de funcionar. Em seu lugar, aparece uma mensagem: “Este serviço não é compatível com seu dispositivo”.

O Tecnoblog entrou em contato com a Vivo para saber mais sobre o serviço, mas a empresa não enviou um posicionamento.

A Vivo App Store já oferece assinaturas de outros serviços de streaming, como Amazon Prime Video, Disney+, HBO Max e Globoplay.

Vivo Play entra na disputa de IPTV

A chegada do Vivo Play para clientes da telefonia celular da empresa traz mais uma opção para quem quer ver TV pela internet. Outras operadoras têm produtos semelhantes.

A Claro, por exemplo, tem sua Claro Box TV. O aparelho funciona de um jeito bem parecido com a TV por assinatura, mas totalmente pela internet. Além dos canais ao vivo, ele tem suporte a serviços de streaming como Netflix, Globoplay e Prime Video, assinados à parte. Os pacotes começam em R$ 29,90 mensais e há uma taxa de adesão de R$ 399,90.

Parte frontal do Claro Box TV indica compatibilidade com 4K (Imagem: Lucas Braga/Tecnoblog)
Claro Box TV é decente, mas exigência da caixinha pesa no preço (Imagem: Lucas Braga/Tecnoblog)

A mesma empresa disponibiliza o pacote Top Streaming com mais de 100 canais no Claro Now, mas o serviço só está disponível para clientes de telefonia móvel, banda larga ou TV por assinatura. Ele custa R$ 59,90 mensais.

A Oi também oferece seu serviço próprio de IPTV dentro do aplicativo Oi Play. Os planos custam de R$ 4,90 a R$ 19,90 mensais e incluem canais ao vivo, conteúdo sob demanda e aluguel de filmes. O pacote mais caro também dá acesso ao Paramount+.

Outra competidora neste ramo não é uma operadora de telefonia, mas sim a DirecTV com seu DirecTV Go. Ele tem mais de 70 canais, além de filmes e séries on demand, e custa R$ 69,90 por mês.

Relacionados

Relacionados