Início / Notícias / Cultura /

Netflix planeja taxa extra para usuários que compartilham suas contas

Você compartilha sua conta Netflix com amigos ou familiares fora da sua residência? Bom, a Netflix agora quer cobrar US$ 2,99 a mais para isso

Bruno Ignacio

Por

Notícia
Achados do TB Achados do TB

As melhores ofertas,
sem rabo preso 💰

Em janeiro, a Netflix anunciou mais um aumento de preço para seus planos em alguns países (dessa vez o Brasil ficou de fora), mas a gigante do streaming já quer encarecer ainda mais o serviço. Nesta quarta-feira (16), a empresa anunciou que vai testar a aplicação de uma taxa adicional para o compartilhamento de contas com pessoas que não vivem no mesmo endereço.

Melhor streaming de 2021 - Imagem de divulgação netflix
Netflix (Imagem/ Reprodução)

Segundo o diretor de inovação de produtos da Netflix, Chengyi Long, esse teste ocorrerá no Chile, Costa Rica e Peru. Nesses lugares, novos recursos surgirão para “adicionar um membro extra” e para “transferir perfis” entre contas. Claro, haverá um custo para isso. Variando entre as moedas locais, a taxa adicional para incluir um usuário de fora da sua casa para uma “subconta” será em média de US$ 2,99, ou cerca de R$ 15.

Em uma postagem no blog da Netflix, Long afirmou:

“Sempre facilitamos para as pessoas que moram juntas compartilharem sua conta Netflix, com recursos como perfis separados e transmissões simultâneas em nossos planos Padrão e Premium. Embora tenham sido muito populares, eles também criaram alguma confusão sobre quando e como a Netflix pode ser compartilhada.”

O executivo explicou então que, como resultado dessa “confusão”, as contas estão sendo compartilhadas entre pessoas de diferentes endereços, e não necessariamente de uma mesma família. Ele argumenta que isso acaba “impactando nossa capacidade de investir em bons e novos programas e filmes para nossos assinantes”.

Netflix cobrará US$ 2,99 por membro adicional

Netflix testa cobrança por membro adicional na conta fora do mesmo endereço (Imagem: Divulgação/Netflix)
Netflix testa cobrança por membro adicional na conta fora do mesmo endereço (Imagem: Divulgação/Netflix)

Por isso, a Netflix definiu um novo plano de ação para ser testado nos países citados “ao longo das próximas semanas”, mas sem determinar exatamente o período de duração. Serão dois novos recursos a serem implementados:

  • Adicionar um membro extra: assinantes dos planos Padrão e Premium poderão adicionar até duas subcontas para compartilhar sua assinatura com quem não mora no mesmo endereço. Cada uma contará com um perfil próprio na plataforma e login e senhas diferentes. O acréscimo por membro adicional será de cerca de US$ 2,99.
  • Transferir perfil para uma nova conta: assinantes dos planos Básico, Padrão e Premium poderão permitir que as pessoas que compartilham sua conta transfiram informações de perfil para uma nova conta ou uma subconta de membro extra, mantendo dessa maneira o histórico de visualizações, a “Minha lista” e as recomendações personalizadas.

Em janeiro, os preços de todos os pacotes de assinatura da Netflix subiram cerca de 11% nos Estados Unidos, Canadá e Austrália. A última atualização de valores no Brasil ocorreu em julho de 2021, quando os planos aumentaram em até 22%.

Tratando-se de um teste, não sabemos se a nova medida será efetivamente implementada no mundo todo, e nem se os valores permanecerão os mesmos. No entanto, a Netflix parece determinada em aumentar suas fontes de renda para financiar cada vez mais produções grandiosas e caras.

Além disso, esse novo recurso teste também está alinhado com a repressão ao compartilhamento de senhas e aos esforços para aprimorar a segurança dos usuários. No ano passado, a empresa experimentou outra ferramenta de verificação de identidade para impedir que usuários não autorizados usassem contas de outras pessoas.

Com informações: Netflix, The Verge