iFood segue Uber Chip e oferece planos de celular para entregadores

Planos para entregadores do iFood são oferecidos pela Supernova, operadora virtual que utiliza rede da Vivo; saiba se vale a pena e confira alternativas

Lucas Braga
Por

O iFood firmou uma parceria com a operadora móvel virtual Supernova, e os entregadores da plataforma de delivery poderão contratar um plano de celular com condições especiais. A iniciativa é similar ao praticado pelo Uber, que oferece o Uber Chip em conjunto com a Surf Telecom.

iFood faz parceria com Supernova e lança plano exclusivo para entregadores
iFood faz parceria com Supernova e lança plano exclusivo para entregadores (Imagem: iFood / Divulgação)

De acordo com o iFood, a parceria faz parte do programa Delivery de Vantagens, que oferece benefícios aos 200 mil entregadores parceiros. Os planos em parceria com a Supernova podem ser encontrados dentro da opção “Perfil” no aplicativo da plataforma.

🏍 Os planos de celular para motoboys do iFood

O Tecnoblog obteve o portfólio de planos da Supernova oferecidos aos entregadores do iFood. Confira os preços:

Pacote de internetPreço mensal
1,5 GBR$ 24,99
4,5 GBR$ 34,99
10,5 GBR$ 49,99
20,5 GBR$ 84,99
30,5 GBR$ 99,99
60,5 GBR$ 199

Todos os planos incluem ligações ilimitadas para qualquer operadora, além de 1.000 SMS e acesso sem descontar da franquia ao Waze e WhatsApp (exceto chamadas de voz e vídeo). Segundo o iFood, o cliente poderá mudar o plano a qualquer momento sem qualquer penalidade.

Ao fim do pacote de internet, é possível comprar adicionais avulsos de 1 GB por R$ 12 e 3 GB por R$ 20. Os planos também incluem acesso a caixa postal e aviso por SMS para ligações perdidas quando o celular estiver desligado ou sem sinal.

🤷‍♂️ Operadora… Supernova?

Pouco conhecida no mercado, a Supernova é uma operadora virtual (MVNO) credenciada que usa a rede da Vivo. Eles oferecem planos mensais sem fidelidade, além de pacotes anuais, com fidelidade e preços menores.

Site da Supernova
Site da Supernova (Imagem: Reprodução)

Ao contrário de operadoras tradicionais como Claro, Oi, TIM e Vivo, a Supernova não possui lojas físicas e vende seus planos pela internet. A empresa afirma ter mais de 50 mil clientes, incluindo pessoas e empresas.

Vale a pena assinar o plano do iFood e Supernova?

Os planos da parceria entre iFood e Supernova não são bons. Honestamente, eu esperava planos mais agressivos com preços menores, como a Uber faz com a Uber Chip, além de acesso sem descontar da franquia ao app para entregadores.

É possível encontrar pacotes mais competitivos nas operadoras tradicionais — especialmente se o cliente aproveitar promoções sazonais, como Semana do Consumidor ou Black Friday.

Confira algumas alternativas, com pacotes e valores válidos para São Paulo (DDD 11):

Claro Prezão

Por R$ 29,90 mensais é possível contratar o Claro Prezão com 6 GB e WhatsApp ilimitado. É possível ter franquia de internet ainda maior se o cliente efetuar recarga pela carteira digital Claro Pay, que dá 3 GB extras.

Claro Flex

A Claro também possui o plano digital Claro Flex, cujo diferencial é dar acesso liberado ao WhatsApp, Waze, Instagram, Facebook, Twitter e Claro Música. Os preços começam em R$ 39,99 por mês com 8 GB de internet.

TIM Pré Top

O pré-pago da TIM é bem confuso, mas quem recarregar R$ 30 terá direito a mais internet do que o pacote de R$ 34,99 da parceria entre Supernova e iFood.

Vivo Pré Turbo

O pré-pago da Vivo tem duas opções quinzenais que podem ser boas alternativas:

  • 3 GB por R$ 14,99
  • 4 GB por R$ 19,99

Com isso, é possível ter um plano mensal com 6 GB mensais por R$ 29,98 ou 8 GB por R$ 39,98. A operadora também concede um bônus de 1 GB para quem acumular pelo menos R$ 35 em recargas.

Pré da Oi

Por ter sido vendida para Claro, TIM e Vivo, a Oi Móvel deve acabar em algum momento. Enquanto isso não acontece, é possível aproveitar o plano pré-pago mais agressivo do Brasil: a recarga de R$ 25 dá direito a 25 GB para usar em um mês, com direito a WhatsApp, Instagram e Facebook sem descontar da franquia.

Relacionados

Relacionados