Notícias Aplicativos e Software

iPadOS 16 fica parecido com macOS graças a novos recursos de multitarefa

Apresentada na WWDC 2022, nova versão do sistema operacional para iPad se afasta do iOS e passa a se inspirar no macOS Ventura para melhorar funções de multitarefa

Murilo Tunholi
Por

As melhores ofertas,
sem rabo preso

A Apple aproveitou a WWDC 2022 para apresentar o iPadOS 16, versão atualizada do sistema operacional para seus tablets. Para deixar o iPad ainda mais parecido com um notebook, a empresa fez mudanças na interface e aprimorou o recurso de multitarefas no update. A ideia da Maçã é aproximar o sistema do novo macOS Ventura, enquanto se afasta cada vez mais do iOS.

iPadOS 16
iPadOS 16 (Imagem: Felipe Ventura/Tecnoblog)

Com as mudanças do iPadOS 16, a Apple promete facilitar o processo de alternar entre aplicativos em tempo real. Os usuários ainda poderão ver com mais clareza os apps abertos, pois será possível escolher várias formas diferentes de organizá-los na tela por meio do novo Stage Manager.

O recurso de Stage Manager permite aos usuários mudarem as janelas dos aplicativos para o tamanho que quiserem. Com isso, é possível manter diversos programas sobrepostos na mesma tela em vez de apenas dois, como acontece no iPadOS 15.

Ao ativar o Stage Manager, os apps ficam organizados em uma coluna na lateral do display, com um aplicativo principal aberto no meio da tela. Com apenas um clique, dá para alternar entre os programas livremente, auxiliando na produtividade.

Os iPad Pro e Air com chip Apple M1 ainda podem ser conectados a monitores externos para usar o Stage Manager em resoluções de até 6K. Nesse modo, o iPad também funciona como uma tela secundária, permitindo aos usuários arrastarem e soltarem arquivos e apps entre os dois displays.

iPad com iPadOS 16 sendo usado como tela secundária do macOS (Imagem: Divulgação/Apple)
iPad com iPadOS 16 sendo usado como tela secundária do macOS (Imagem: Divulgação/Apple)

Produtividade de computador no iPad

A ideia do iPadOS 16 é levar ferramentas poderosas de produtividade do macOS ao iPad. Um desses recursos será o Freeform, que irá permitir trabalhar de forma cooperativa com colegas pelo dispositivo.

O recurso vai funcionar como uma tela em branco, em que várias pessoas poderão rabiscar e fazer anotações com o Apple Pencil. Além disso, haverá opções para incluir links, documentos, vídeos e áudios no mural.

Os usuários de iPad ainda terão acesso a mais funções que, até então, eram exclusivas de desktops. A atualização irá trazer, por exemplo, botões adicionais de “desfazer” e “refazer” em todo o sistema, barras customizáveis, opções de mudar a extensão de arquivos, ver o tamanho das pastas no app Arquivos, entre outras novidades.

iPadOS 16 recebe melhorias em aplicativos

O iPadOS 16 também vai incluir atualizações em aplicativos e softwares inéditos, como o app Tempo. No tablet, será possível ver a meteorologia em tempo real, com mais informações na tela do que na versão para iPhone, como mapas de intensidade de chuvas.

Já os aplicativos de Fotos, Mensagens, Mail e Safari irão receber todas as novidades e melhorias apresentadas pela Apple para o iOS 16 e macOS Ventura na WWDC 2022.

Quais iPads são compatíveis com iPadOS 16?

O iPadOS 16 chega para os seguintes modelos:

  • iPad Pro (todos os modelos);
  • iPad Air (a partir da terceira geração);
  • iPad (a partir da quinta geração);
  • iPad Mini (a partir da quinta geração).

Vale mencionar que o recurso de usar o iPad como segunda tela para dispositivos com macOS só funciona em modelos Pro e Air equipados com o chip Apple M1. O resto das funções chega para as demais versões do aparelho.

Quando acontece o lançamento do iPadOS 16?

Ainda não há previsão exata de lançamento para o iPadOS 16. É provável que a versão estável da atualização fique disponível a partir do segundo semestre de 2022, perto da estreia da nova geração de iPads. No ano passado, o iPadOS 15 chegou em 20 de setembro.

Quando começa o iPadOS 16 Beta?

O iPadOS 16 Beta começa a ser liberado primeiro para desenvolvedores a partir desta segunda-feira (6). Enquanto isso, o público que quiser testar as novidades do sistema terá que esperar até julho para baixar a primeira versão prévia.

Murilo Tunholi

Jornalista, atua como repórter de videogames e tecnologia desde 2018. Tem experiência em analisar jogos e hardware, assim como em cobrir eventos e torneios de esports. Antes do Tecnoblog, passou pela Editora Globo (TechTudo) e Mosaico (Buscapé/Zoom). É apaixonado por gastronomia, informática, música e Pokémon. Já cursou Química, mas pendurou o jaleco para realizar o sonho de trabalhar com games.

Mais Populares

Responde

Relacionados

Em destaque