Xiaomi 13 e 13 Pro são lançados com novas lentes Leica e Snapdragon 8 Gen 2

Novos smartphones premiums da marca chinesa receberam atualizações em seus conjuntos de câmeras; celulares possuem suporte para Dolby Atmos

Felipe Freitas
Por

A Xiaomi apresentou neste último domingo os smartphones Xiaomi 13 e Xiaomi 13 Pro, seus novos celulares premiums. Na China, os modelos já estão em pré-venda, com as entregas iniciando nesta quarta-feira (14). 

Xiaomi 13 Pro (Imagem: Divulgação/Xiaomi)
Xiaomi 13 Pro (Imagem: Divulgação/Xiaomi)

Como divulgado anteriormente, o Xiaomi 13 e 13 Pro serão equipados com o chip Qualcomm Snapdragon 8 Gen 2, revelado em novembro. Seguindo o anúncio de especificações não surpreendentes, estes smartphones terão um conjunto de câmeras feito em parceria com a Leica.

Xiaomi 13 — novas câmeras no conjunto traseiro

A Xiaomi não trouxe grandes evoluções em seu premium “base”. Os destaques entre as novidades no Xiaomi 13 estão em suas câmeras. O sensor teleobjetivo saiu de 5 MP (f/2.4) para 10 MP (f/2.0) no novo smartphone. Esta nova câmera tem zoom óptico de 3,2x e estabilizador óptico de imagem (OIS) — diminuindo as tremidas na hora de registrar fotos. 

A lente ultra-angular agora tem 12 MP, no Xiaomi 12 era de 13 MP (uma mudança indiferente). Seu ângulo de captura é de 120º e possui uma abertura de f/2,2. 

O sensor principal (angular) continua com 50 MP, contando com os mesmos recursos de OIS e PDAF, este é a tecnologia que permite com que a câmera foque mais rápido no objeto a ser fotografado. 

Xiaomi 13 (Imagem: Divulgação/Xiaomi)
Xiaomi 13 (Imagem: Divulgação/Xiaomi)

Todas as três câmeras traseiras têm lentes fabricadas pela Leica, uma das principais fabricantes deste tipo de equipamento no mundo. A câmera de selfie (em punch hole na tela) tem 16 MP, mesma configuração usada no 13 Pro. 

A bateria de 4.500 mAh é a mesma do Xiaomi 12, com suporte para carregamento rápido de 67 W com fio e 50 W sem fio.

A tela AMOLED do Xiaomi 13 tem as mesmas configurações da versão Pro, só mudando o tamanho e resolução — 6,36 polegadas com Full HD+ no modelo base e 6,73 polegadas com Quad HD+ no 13 Pro.

A tela possui taxa de atualização de 120 Hz, brilho máximo de 1.900 nits, HDR 10+, Dolby Vision e suporte para HLG. Na parte de som, o Xiaomi 13 e Xiaomi 13 Pro contam com Dolby Atmos.

Xiaomi 13 Pro usa sensor Sony IMX989 do 12S Ultra

Xiaomi 13 Pro (Imagem: Divulgação/Xiaomi)
Xiaomi 13 Pro (Imagem: Divulgação/Xiaomi)

A configuração de câmeras do Xiaomi 13 Pro continua com três câmeras de 50 MP, mas o sensor principal agora é o Sony IMX989 medindo 1 polegada. Esse equipamento é usado no Xiaomi 12S Ultra, mas o diferencial também está em contar com lentes Leica.

As outras câmeras (teleobjetiva e ultra-angular) contam com foco automático, entretanto a teleobjetiva usa a tecnologia PDAF, mais avançada. 

Tanto o Xiaomi 13 quanto o Xiaomi 13 Pro conseguem filmar em 8K a 24 fps. Ainda é possível filmar em 4K 24 fps, 30 fps ou 60 fps. Gravando em 1080p, é possível chegar a 960 fps.

Será interessante ver os resultados das imagens do Xiaomi 13 e 13 Pro com o novo Snapdragon 8 Gen 2. A Qualcomm promete que seu chip será capaz de identificar mais facilmente os elementos de uma cena, como o céu, mar ou grama. Com isso, os ajustes de imagem devem ser mais precisos.

A bateria do Xiaomi 13 Pro tem 4.820 mAh, suporte para carregamento rápido com fio de 120 W e 50 W sem fio. 

As configurações de memória dos dois smartphones são as seguintes: 

  • 8 GB + 128 GB
  • 8 GB + 256 GB
  • 12 GB + 256 GB
  • 12 GB + 512 GB

Xiaomi 13 e 13 Pro: preço e disponibilidade

Os smartphones serão lançados na China nesta quarta-feira (14). Ainda não há previsão do lançamento dos dispositivos em outros mercados. 

O preço do Xiaomi 13 (8 GB + 128 GB) começa a partir de 3.999 Yuans (R$ 3.004,64). Já o modelo Xiaomi 13 Pro com a mesma configuração de memória sai por 4.999 Yuans (R$ 3.755,99). A versão mais cara deste modelo (12 GB + 512 GB) custa 6.299 Yuans (R$ 4.732,74).

Com informações: Gizmochina e GSM Arena

Relacionados

Relacionados