Apple registra possíveis nomes para o sistema operacional de seu headset VR

Dos cinco títulos, um está mais próximo de se tornar oficial, de acordo com especialistas; produto deverá ter bateria externa e chip M2

Ricardo Syozi
Por
Realidade virtual (Imagem: Unsplash / Hammer & Tusk)

O aguardado headset de realidade virtual da Apple pode ser oficializado nos primeiros dias de junho durante o evento WWDC 2023. Além dos rumores ao redor do gadget, uma questão que surgiu é sobre o nome do sistema operacional do aparelho. A maçã aumentou ainda mais os burburinhos ao registrar cinco nomenclaturas relacionadas a isso, aumentando as chances de vermos o produto nas próximas semanas.

Até segunda ordem, o headset de realidade virtual da Apple deverá ser nomeado de Reality Pro e será anunciado no início de junho. Para esquentar ainda mais as conversas, a companhia realizou o registro de cinco nomes diferentes para o sistema operacional do dispositivo. São eles:

  • xrOS;
  • realityOS;
  • realOS;
  • realityproOS;
  • xrProOS.

Segundo o Bloomberg, a palavra escolhido pela empresa é a xrOS, que seria mais próximo dos já conhecidos macOS, iOS e iPadOS. A Apple registrou esse título em janeiro através de uma empresa fantasma (shell company). Porém, como ela fez o registro de outros nomes posteriormente, ainda não dá para apostar todas as fichas.

Também vale apontar a palavra “pro” em duas das cinco nomenclaturas. Pensando no histórico da maçã, não seria surpreendente se ela lançasse uma versão mais robusta do headset de realidade virtual. Algo que ela faz com iPhone, iPad, MacBook e, até mesmo, o Apple Watch.

Por fim, além de ter registrado os cinco títulos, o único que recebeu uma wordmark (marca comercial com texto estilizado representando a empresa ou produto) é o xrOS. Ou seja, ele é o que estaria mais próximo de uma definição. Especialistas sugerem que ele significa “eXtended Reality”. Vamos ter que esperar o WWDC23 para termos certeza.

Tim Cook durante a WWDC22 no Apple Park
Tim Cook durante a WWDC22 no Apple Park (Imagem: Divulgação / Apple)

Headset VR poderá ter bateria externa e chip M2

Já faz um bom tempo que os entusiastas e profissionais esperam pelo anúncio oficial do projeto de realidade virtual da maçã. Os rumores não param, sempre com algum jornalista apontando alguma possível novidade ainda não confirmada.

Uma das mais recentes é que o headset VR da Apple teria uma bateria externa do tamanho de um iPhone. De acordo com Mark Gurman do Bloomberg, o dispositivo terá dois conectores um USB-C para transferência de dados e um magnético para a bateria.

Além disso, espera-se que o aparelho gaste bastante energia, já que ele poderá ser lançado com duas telas com resolução 4K e o processador M2. Este chip é o que move outros gadgets da marca, como o MacBook Air e o iPad Pro.

Você está empolgado para o headset de realidade virtual da Apple? Qual o preço que acredita que o produto terá?

Com informações: 9to5Mac.

Receba mais sobre Apple na sua caixa de entrada

* ao se inscrever você aceita a nossa política de privacidade
Newsletter
Ricardo Syozi

Ricardo Syozi

Repórter

Ricardo Syozi é jornalista apaixonado por tecnologia e especializado em games atuais e retrôs. Já escreveu para veículos como Nintendo World, WarpZone, MSN Jogos, Editora Europa e VGDB. Possui ampla experiência na cobertura de eventos, entrevistas, análises e produção de conteúdos no geral. Entrou para o Tecnoblog em 2021.

Relacionados