Controle do Xbox pode ganhar recursos do DualSense, sugere Phil Spencer

CEO da Xbox elogia os recursos de imersão do DualSense e sugere incluir tecnologias parecidas no controle do Series X|S

Murilo Tunholi
Por
• Atualizado há 2 anos e 5 meses
Microsoft promete "maior salto técnico" no próximo Xbox (imagem ilustrativa: divulgação/Microsoft)
Xbox Controller (Imagem: Divulgação/Microsoft)

O atual controle do Xbox Series X|S recebeu poucas melhorias em relação ao modelo usado no Xbox One. Em entrevista ao Kinda Funny Gamescast, na última quarta-feira (14), o CEO da Xbox, Phil Spencer, sugeriu que o console poderia ganhar um novo controle no futuro, com recursos de imersão inspirados no DualSense, do PS5, como retorno tátil e gatilhos adaptáveis.

Na entrevista, Spencer afirmou que, por enquanto, o Xbox não deve ganhar novos acessórios de hardware muito ambiciosos, como óculos de realidade virtual. Porém, segundo o CEO, o controle do Series X|S pode passar por algumas revisões em um futuro próximo.

“Com certeza estamos pensando em diferentes tipos de dispositivos que possam levar os jogos a mais lugares. Provavelmente faremos algumas mudanças no controle. Acho que a Sony fez um bom trabalho com o controle deles, e nós olhamos para isso e achamos que deveríamos fazer alguma coisa”, disse Phil Spencer.

Em janeiro deste ano, a Microsoft chegou a fazer uma pesquisa, na qual perguntou aos donos de Xbox se eles gostariam de ter os recursos do DualSense nos controles do Series X|S. Contudo, o resultado da enquete nunca foi divulgado publicamente. Nada está confirmado, mas é provável que a empresa esteja se preparando para iniciar o projeto de um novo joystick em breve.

Mesmo inovador, o DualSense também tem problemas

O DualSense do PS5 mirou em um design inédito quando comparado aos modelos anteriores do DualShock. O novo controle ainda é equipado com tecnologias que prometem aumentar a imersão em jogos, como retorno tátil, gatilhos adaptáveis, microfone embutido, touchpad e sensores de movimento (giroscópio).

Por outro lado, o controle também é bastante criticado pela curta duração da bateria quando todos os recursos de imersão estão em uso e por ser sujeito a problemas mecânicos, como drift nos analógicos e gatilhos frouxos. Resta esperar para ver se a Microsoft vai se inspirar nos pontos positivos do DualSense, sem repetir os mesmos erros de construção da Sony.

Com informações: VG247, VGC, Kinda Funny Games.

Receba mais notícias do Tecnoblog na sua caixa de entrada

* ao se inscrever você aceita a nossa política de privacidade
Newsletter
Murilo Tunholi

Murilo Tunholi

Ex-autor

Jornalista, atua como repórter de videogames e tecnologia desde 2018. Tem experiência em analisar jogos e hardware, assim como em cobrir eventos e torneios de esports. Passou pela Editora Globo (TechTudo), Mosaico (Buscapé/Zoom) e no Tecnoblog, foi autor entre 2021 e 2022. É apaixonado por gastronomia, informática, música e Pokémon. Já cursou Química, mas pendurou o jaleco para realizar o sonho de trabalhar com games.

Canal Exclusivo

Relacionados