Metrô e trem de SP vão aceitar cartão de crédito e débito com NFC na catraca

Projeto-piloto da Autopass e da Secretaria de Transportes Metropolitanos vai colocar máquinas com função contactless no embarque

Giovanni Santa Rosa
Por
Trem da Linha 2 - Verde (Foto: Metrô de São Paulo)
Trem da Linha 2 - Verde (Foto: Metrô de São Paulo)

Andar de trem e metrô em São Paulo vai ficar mais fácil. A Autopass começou um projeto-piloto de pagamento por NFC nas catracas de 12 estações do Metrô, CPTM e ViaMobilidade. Com a tecnologia, será possível entrar usando cartões de crédito e débito, além de smartphones e relógios com carteiras digitais.

A iniciativa vem da Abasp — associação sem fins lucrativos formada por empresas de ônibus, o Metrô e a CPTM para melhorar a bilhetagem — e da Secretaria de Transportes Metropolitanos (STM) de São Paulo.

A estação Barra Funda, da Linha 7, recebeu a nova catraca no último domingo (12).

Até o fim do mês, Jabaquara (Linha 1), Ipiranga (Linha 10) e Consolação (Linha 2) devem passar a ter equipamentos desse tipo.

Já a estação João Dias (Linha 9) aceita pagamento por NFC desde 2021.

Catraca com NFC no Metrô de São Paulo
Catraca com NFC no Metrô de São Paulo (Imagem: Divulgação/Autopass)

A Autopass, empresa contratada pela Abasp, prometeu divulgar em breve a relação completa das estações que receberão as catracas com NFC.

Com os novos equipamentos, será possível embarcar usando cartões de crédito e débito com recurso contactless.

Também vai dar para usar carteiras digitais como Apple Pay, Samsung Pay e Google Pay, seja em smartphones ou smartwatches.

Adesão a crédito e débito ainda é pequena

O novo sistema deverá facilitar a vida de turistas e de passageiros ocasionais, que não vão mais precisar de um app ou das bilheterias para usar o transporte.

Atualmente, as estações de metrô e trem de São Paulo usam bilhetes com QR Code. É possível comprá-los nos totens de atendimento. Uma versão digital é vendida pelo aplicativo Top e por WhatsApp.

Catraca com validador de QR Code (imagem: divulgação/Metrô de São Paulo)
Catraca com validador de QR Code (imagem: divulgação/Metrô de São Paulo)

As catracas também aceitam cartões de transporte usados na Região Metropolitana de São Paulo, como o Cartão Top e o Bilhete Único.

E os ônibus? Um projeto-piloto foi anunciado em 2019, mas até agora, nem todos os veículos aceitam cartões. Uma placa de identificação na porta e no validador informa se dá para pagar no crédito ou no débito.

NFC em ônibus em São Paulo
Validador de catraca em ônibus de São Paulo com suporte a cartões de crédito e débito (Imagem: João Fouyer)

Outra limitação é a falta de integração tarifária. Com o Bilhete Único, é possível entrar em até quatro ônibus no período de três horas pagando apenas uma passagem. Com cartões de crédito ou débito, cada embarque é cobrado separadamente.

Receba mais notícias do Tecnoblog na sua caixa de entrada

* ao se inscrever você aceita a nossa política de privacidade
Newsletter
Giovanni Santa Rosa

Giovanni Santa Rosa

Repórter

Giovanni Santa Rosa é formado em jornalismo pela ECA-USP e cobre ciência e tecnologia desde 2012. Foi editor-assistente do Gizmodo Brasil e escreveu para o UOL Tilt e para o Jornal da USP. Cobriu o Snapdragon Tech Summit, em Maui (EUA), o Fórum Internacional de Software Livre, em Porto Alegre (RS), e a Campus Party, em São Paulo (SP). Atualmente, é autor no Tecnoblog.

Canal Exclusivo

Relacionados